Escolha uma Página

Guia de Marketing Digital
Aprende os conceitos do básicos ao avançado de Marketing Digital neste guia especial!

Lição # 1 – Você realmente sabe o que é Marketing digital?

Entrar no marketing digital pode parecer como tomar um mergulhar no desconhecido para muitos proprietários de pequenas empresas, especialmente se você não passar todo o seu tempo online.

Mas relaxe. Ninguém começa sabendo tudo, ninguém tem todas as respostas antes de começar e, melhor ainda, começar é provavelmente mais barato e mais rápido do que você pode pensar.

Falando em orçamento, há muito que você pode fazer no campo do marketing digital sem gastar um centavo – mas quando se trata de alcançar novos públicos certo, é aí que um pouco de orçamento pode ajudar acelerando o processo. Cada parte do seu marketing digital é uma ótima oportunidade para aprender alguma coisa – então tudo se resume a começar pequeno, testar, aprender e crescer ao longo do tempo.

Nesta matéria, vamos guiá-lo pelas formas de fácil acesso para começar – desde tirar o máximo proveito dos motores de busca (Google) para fazer os seus primeiros anúncios online. Os principais canais serão familiares para você – Facebook, Google, e-mail e seu próprio site – mas forneceremos as etapas necessárias para você se sentir confiante de que está testando e investindo da maneira certa para você e para o crescimento do seu negócio.

Apenas o que é Marketing Digital, bem como alguns dos benefícios?

O Marketing Digital são as ações que são utilizadas na promoção de um produto ou serviço, ele se propagou muito rápido por sua facilidade e baixo custo de divulgação quando se trata de atingir o público-alvo. Os profissionais de marketing podem chegar a um público amplo com custo pequeno se comparar com a publicidade em outras mídias como Radio de Televisão chamado de mídias tradicional. Outra vantagem é que o Marketing Digital permite que os clientes explorem e comprem produtos e serviços no momento em que ele decide, as informações estão ali mais acessíveis.

Consequentemente, as grandes empresas têm cada vez mais se voltado para internet e isso esta começando a inflacionar os anúncios na internet. Vemos também que as estratégias e funis de vendas vem se tornado mais inteligente e eficazes, atraindo os clientes de um modo que pode transmitir resultados rapidamente.

O esquema e a eficácia total das campanhas de marketing dependem dos objetivos de negócios e do conhecimento correto. As empresas na Internet também possuem a vantagem de avaliar estatísticas de forma fácil e barata. Quase todas as informações são cruzadas e analisadas pela equipe de Marketing Digital podem ser decifradas, medidas e examinadas quase tudo hoje em dia.

As empresas na Internet também têm uma variedade de opções de publicidade. Os anunciantes podem usar vários métodos: pagamento por boleto, por pix, por cartão, este são os mais comuns, mas ainda existe moedas digitais e pagamento com serviços.

Consequentemente, os profissionais de marketing podem decidir quais mensagens ou ofertas são mais atraentes para os espectadores. Os resultados das campanhas publicitárias podem ser medidos e rastreados de uma só vez porque as campanhas publicitárias de marketing on-line geralmente exigem que os usuários cliquem em um anúncio, visitem um site e executem um ato direcionado.

Esse tipo de rastreamento não pode ser alcançado por meio do marketing de outdoor, onde uma pessoa, na melhor das hipóteses, estará interessada e, em seguida, tomará a decisão de obter mais informações em um momento diferente. O que o Marketing Digital NÃO trata é agravar seus amigos e parentes para comprar seus produtos ou ouvi-lo tentar recrutá-los para sua oportunidade de negócio.

Não vou deixar você dormir com a definição técnica do que é Marketing digital, pois para nossos objetivo é ensinar você o que precisa entender sobre o que é Marketing Digital para ALAVANCAR o seus negócios.

FALA MUITO…

Você vê, um indivíduo conquistado muitos clientes e muitas vendas na internet. Ai logo você pensar vou fazer a mesma coisa. Mas quando você tenta fazer os resultados não aparecem, as pessoas não compram os seus produtos. E a pergunta é você está fazendo o marketing corretamente – então porque a é tão VENDA DIFÍCIL para você?

Você deve perceber que o Marketing Digital depende de muitas coisas para dar certo. A função principal é fazer com que as pessoas tenham vontade de comprar um produto ou contratar um serviço. Veja o exemplo das maiores ‘marcas’ do mundo – Nike, Coca Cola, Macdonald, Apple – iPhone, Victoria’s Secret, etc… Elas fala por si, você vê um comercial, um anuncio e tem o desejo de consumir.

Portanto, o segredo do marketing digital está na oferta, oferecer produtos que resolvam problemas, que despertem o desejo, seu anuncio tem que fazer um boa promessa (logico que seu produto cumpra o que promete) conhecer o máximo do seu produto também faz parte do marketing,

Veja este exemplo do vídeo da POLISHOP

 

O marketing sempre foi sobre conectar-se com seu público no lugar certo e na hora certa. Hoje, isso significa que você precisa conhecê-los onde eles já estão passando tempo: na internet.

Na Fullweb, falamos muito sobre o  marketing digital como uma maneira realmente eficaz de atrair, engajar e encantar os clientes online. Mas ainda recebemos muitas perguntas de pessoas sobre como fazer marketing digital. Então, resolvemos escrever estas 55 dicas para ajudar você a compreender melhor o que marketing digital e com tirar o melhor proveito.

Nesta primeira parte são as primeira 10 dias basicas, para quem est ainiciando

O que é marketing digital?

Por que o marketing digital é importante?

Tipos de Marketing Digital

O que faz um profissional de marketing digital?

Inbound Marketing x Marketing Digital: Qual é?

O marketing digital funciona para todas as empresas?

Como fazer marketing digital

Exemplos de marketing digital

Então, como você define o marketing digital hoje?

 

O que é marketing digital?

O marketing digital, também chamado de marketing online, refere-se a todos os esforços de marketing que ocorrem na internet. As empresas aproveitam os canais digitais, como mecanismos de pesquisa, mídias sociais, e-mail e outros sites para se conectar com clientes atuais e potenciais. Isso também inclui a comunicação por meio de mensagens de texto ou multimídia.

Um profissional de marketing de entrada experiente pode dizer que marketing de entrada e marketing digital são praticamente a mesma coisa, mas existem algumas pequenas diferenças. E em conversas com profissionais de marketing e empresários nos EUA, Reino Unido, Ásia, Austrália e Nova Zelândia, aprendi muito sobre como essas pequenas diferenças estão sendo observadas em todo o mundo.

Como uma empresa define marketing digital?

Nesta fase, o marketing digital é vital para o seu negócio e reconhecimento da marca. Parece que todas as outras marcas têm um site. E se não o fizerem, pelo menos têm presença nas mídias sociais ou estratégia de anúncios digitais. O conteúdo e o marketing digital são tão comuns que os consumidores agora esperam e confiam nele como uma maneira de aprender sobre as marcas. Como o marketing digital tem tantas opções e estratégias associadas, você pode ser criativo e experimentar uma variedade de táticas de marketing com orçamento limitado.

O marketing digital é definido pelo uso de inúmeras táticas e canais digitais para se conectar com os clientes onde eles passam grande parte do tempo: online. Os melhores profissionais de marketing digital têm uma visão clara de como cada campanha de marketing digital apoia seus objetivos gerais. E, dependendo dos objetivos de sua estratégia de marketing, os profissionais de marketing podem apoiar uma campanha maior por meio dos canais gratuitos e pagos à sua disposição.

Um profissional de marketing de conteúdo, por exemplo, pode criar uma série de postagens de blog que geram leads de um novo e-book que a empresa criou recentemente. O profissional de marketing de mídia social da empresa pode ajudar a promover essas postagens de blog por meio de postagens pagas e orgânicas nas contas de mídia social da empresa . Talvez o profissional de e-mail marketing crie uma campanha de e-mail para enviar a quem baixar o e-book mais informações sobre a empresa. Falaremos mais sobre esses profissionais de marketing digital específicos em um minuto.

Por que o marketing digital é importante?

O marketing digital ajuda você a alcançar um público maior do que poderia por meio de métodos tradicionais e segmentar os clientes em potencial com maior probabilidade de comprar seu produto ou serviço. Além disso, geralmente é mais econômico do que a publicidade tradicional e permite que você avalie o sucesso diariamente e gire como achar melhor.

Existem alguns benefícios importantes do marketing digital:

  • Você pode concentrar seus esforços apenas nos clientes em potencial com maior probabilidade de comprar seu produto ou serviço.
  • É mais econômico do que os métodos de marketing tradicionais.
  • O marketing digital equilibra o campo de atuação em seu setor e permite que você concorra com marcas maiores.
  • O marketing digital é mensurável.
  • É mais fácil adaptar e mudar uma estratégia de marketing digital.
  • O marketing digital pode melhorar sua taxa de conversão e a qualidade de seus leads.
  • Você pode envolver o público em todas as etapas com o marketing digital.
  • Vamos mergulhar neles agora.

 

  1. Você pode concentrar seus esforços apenas nos clientes em potencial com maior probabilidade de comprar seu produto ou serviço.

Se você colocar um anúncio na TV, em uma revista ou em um outdoor, terá controle limitado sobre quem vê o anúncio. Claro, você pode medir certos dados demográficos – incluindo os leitores típicos da revista, ou os dados demográficos de um determinado bairro – mas ainda é um tiro no escuro.

 

O marketing digital, por outro lado, permite identificar e segmentar um público altamente específico e enviar mensagens de marketing personalizadas e de alta conversão para esse público.

 

Por exemplo, você pode aproveitar os recursos de segmentação de mídia social para exibir anúncios de mídia social para um determinado público com base em variáveis ​​como idade, sexo, localização, interesses, redes ou comportamentos. Como alternativa, você pode usar estratégias de PPC ou SEO para veicular anúncios para usuários que demonstraram interesse em seu produto ou serviço ou que pesquisaram palavras-chave específicas relacionadas ao seu setor.

 

Em última análise, o marketing digital permite que você conduza a pesquisa necessária para identificar sua persona de comprador e permite refinar sua estratégia de marketing ao longo do tempo para garantir que você alcance os clientes em potencial com maior probabilidade de comprar. O melhor de tudo é que o marketing digital ajuda você a comercializar para subgrupos dentro de seu público-alvo maior. Se você vende vários produtos ou serviços para diferentes compradores, isso é especialmente útil.

 

  1. É mais econômico do que os métodos de marketing de saída.

O marketing digital permite que você acompanhe as campanhas diariamente e diminua a quantidade de dinheiro que você está gastando em um determinado canal se ele não estiver demonstrando alto ROI. O mesmo não pode ser dito para as formas tradicionais de publicidade. Não importa o desempenho do seu outdoor – ele ainda custa o mesmo, independentemente de converter ou não para você.

 

Além disso, com o marketing digital, você tem controle total sobre onde escolhe gastar seu dinheiro. Talvez, em vez de pagar por campanhas de PPC, você opte por gastar dinheiro em software de design para criar conteúdo de alta conversão no Instagram. Uma estratégia de marketing digital permite que você gire continuamente, garantindo que você nunca desperdice dinheiro em canais que não têm um bom desempenho.

 

Em geral, o marketing digital é uma solução mais econômica e oferece oportunidades únicas para garantir que você obtenha o melhor retorno possível.

 

Por exemplo, se você trabalha para uma pequena empresa com um orçamento limitado , pode tentar investir em mídias sociais, blogs ou SEO – três estratégias que podem oferecer um alto ROI mesmo com um gasto mínimo.

 

  1. O marketing digital equilibra o campo de atuação em seu setor e permite que você concorra com marcas maiores.

Se você trabalha para uma pequena empresa, provavelmente é difícil competir com as principais marcas do seu setor, muitas das quais têm milhões de dólares para investir em comerciais de televisão ou campanhas nacionais. Felizmente, existem muitas oportunidades para superar os grandes players por meio de iniciativas estratégicas de marketing digital.

 

Por exemplo, você pode identificar certas palavras-chave de cauda longa relacionadas ao seu produto ou serviço e criar conteúdo de alta qualidade para ajudá-lo a classificar nos mecanismos de pesquisa para essas palavras-chave. Os mecanismos de pesquisa não se importam com qual marca é maior – em vez disso, os mecanismos de pesquisa priorizarão o conteúdo que melhor ressoa com o público-alvo.

 

  1. O marketing digital é mensurável.

O marketing digital pode fornecer uma visão abrangente do início ao fim de todas as métricas que podem ser importantes para sua empresa, incluindo impressões, compartilhamentos, visualizações, cliques e tempo na página. Esse é um dos maiores benefícios do marketing digital. Embora a publicidade tradicional possa ser útil para determinados objetivos, sua maior limitação é a mensurabilidade.

 

Ao contrário da maioria dos esforços de marketing offline, o marketing digital permite que os profissionais de marketing vejam resultados precisos em tempo real. Se você já colocou um anúncio em um jornal, sabe como é difícil estimar quantas pessoas realmente abriram a página e prestaram atenção ao seu anúncio. Não há maneira infalível de saber se esse anúncio foi responsável por alguma venda.

 

Por outro lado, com o marketing digital, você pode medir o ROI de praticamente qualquer aspecto de seus esforços de marketing.

 

aqui estão alguns exemplos:

 

Tráfego do site

Com o marketing digital, você pode ver o número exato de pessoas que visualizaram a página inicial do seu site em tempo real usando o software de análise digital , disponível em plataformas de marketing como HubSpot.

 

Você também pode ver quantas páginas eles visitaram, qual dispositivo eles estavam usando e de onde vieram, entre outros dados de análise digital .

 

Essa inteligência ajuda você a priorizar em quais canais de marketing gastar mais ou menos tempo, com base no número de pessoas que esses canais estão direcionando ao seu site. Por exemplo, se apenas 10% do seu tráfego for proveniente de busca orgânica, você sabe que provavelmente precisará gastar algum tempo em SEO para aumentar essa porcentagem.

 

Com o marketing offline, é muito difícil saber como as pessoas estão interagindo com sua marca antes de interagir com um vendedor ou fazer uma compra. Com o marketing digital, você pode identificar tendências e padrões no comportamento das pessoas antes que elas cheguem ao estágio final da jornada do comprador, o que significa que você pode tomar decisões mais informadas sobre como atraí-las para o seu site logo no topo do funil de marketing.

 

Desempenho de conteúdo e geração de leads

 

Imagine que você criou uma brochura de produto e a postou nas caixas de correio das pessoas – essa brochura é uma forma de conteúdo, embora offline. O problema é que você não tem ideia de quantas pessoas abriram sua brochura ou quantas pessoas a jogaram direto no lixo.

 

Agora imagine que você tinha esse folheto em seu site. Você pode medir exatamente quantas pessoas visualizaram a página onde ela está hospedada e pode coletar os detalhes de contato de quem fez o download usando formulários. Você não apenas pode medir quantas pessoas estão interagindo com seu conteúdo, mas também está gerando leads qualificados quando as pessoas o baixam.

 

Modelagem de atribuição

Uma estratégia de marketing digital eficaz combinada com as ferramentas e tecnologias certas permite que você rastreie todas as suas vendas até o primeiro ponto de contato digital de um cliente com sua empresa.

 

Chamamos isso de modelagem de atribuição e permite identificar tendências na maneira como as pessoas pesquisam e compram seu produto, ajudando você a tomar decisões mais informadas sobre quais partes de sua estratégia de marketing merecem mais atenção e quais partes de seu ciclo de vendas precisam ser refinadas .

 

 

Conectar os pontos entre marketing e vendas é extremamente importante – de acordo com o Aberdeen Group, as empresas com forte alinhamento de vendas e marketing atingem uma taxa de crescimento anual de 20%, em comparação com um declínio de 4% na receita para empresas com mau alinhamento. Se você puder melhorar a jornada do seu cliente ao longo do ciclo de compra usando tecnologias digitais, é provável que isso reflita positivamente nos resultados de sua empresa.

 

  1. É mais fácil adaptar e mudar uma estratégia de marketing digital.

Muito trabalho vai para o desenvolvimento de uma estratégia de marketing. Geralmente, você seguirá com essa estratégia até a conclusão, permitirá que ela entre em vigor e, em seguida, julgue seus resultados. No entanto, nem sempre as coisas saem conforme o planejado. Você pode perceber no meio do caminho que um cálculo estava errado, uma suposição estava incorreta ou o público não reagiu como era esperado. Ser capaz de girar ou ajustar a estratégia ao longo do caminho é altamente benéfico porque evita que você tenha que recomeçar completamente.

 

Poder mudar sua estratégia facilmente é um grande benefício do marketing digital. Adaptar uma estratégia de marketing digital é muito mais fácil do que outras formas mais tradicionais de marketing, como mala direta ou publicidade em outdoors. Por exemplo, se um anúncio on-line não estiver sendo exibido conforme o esperado, você poderá ajustá-lo ou pausá-lo rapidamente para obter melhores resultados.

 

  1. O marketing digital pode melhorar sua taxa de conversão e a qualidade de seus leads.

Como o marketing digital simplifica a medição de seus esforços de marketing, isso também simplifica a melhoria da sua taxa de conversão . Ser capaz de medir a eficácia de cada tática ajuda a desenvolver melhores estratégias. Refinar continuamente seus métodos melhora sua taxa de conversão. Investir em marketing online garante que tudo seja otimizado para a maior quantidade de conversões.

 

Além disso, nem todos os leads oferecem o mesmo valor para o seu negócio. O marketing digital oferece uma oportunidade para você atingir um público específico que gerará leads de maior qualidade e com maior probabilidade de se tornarem clientes. Conectar sua empresa com os leads mais valiosos melhorará diretamente sua taxa de conversão.

 

  1. Você pode envolver o público em todas as etapas com marketing digital.

É essencial começar a envolver seu público o mais cedo possível. Fazer uma conexão no primeiro estágio da jornada do comprador ajuda a impulsionar o lead pelo funil do cliente. O uso do marketing digital permite que você faça isso do início ao fim e em todos os pontos intermediários.

 

Os canais online permitem que você acompanhe toda a jornada de compra de seus clientes. Compreender e analisar como os clientes estão se movendo e operando é importante para a conversão de leads. O marketing digital permite que você os acompanhe nesse processo. E, mesmo que eles não convertam nos estágios iniciais, isso pelo menos ajuda a garantir que eles tenham feito uma conexão com sua empresa.

 

Tipos de Marketing Digital

Otimização para mecanismos de busca (SEO)

Marketing de conteúdo

Marketing de mídia social

Pagamento por clique (PPC)

Marketing afiliado

Publicidade nativa

Automação de Marketing

Marketing de email

Relações públicas on-line

Marketing de entrada

Conteúdo patrocinado

Marketing de mecanismo de pesquisa (SEM)

Marketing de mensagens instantâneas

Aqui está um rápido resumo de algumas das táticas de marketing digital mais comuns e os canais envolvidos em cada uma delas.

 

  1. Otimização para mecanismos de pesquisa (SEO)

Este é o processo de otimizar seu site para “classificar” mais alto nas páginas de resultados dos mecanismos de pesquisa, aumentando assim a quantidade de tráfego orgânico (ou gratuito) que seu site recebe. Os canais que se beneficiam do SEO incluem sites, blogs e infográficos.

 

Existem várias maneiras de abordar o SEO para gerar tráfego qualificado para o seu site. Esses incluem:

 

SEO na página: esse tipo de SEO se concentra em todo o conteúdo que existe “na página” ao olhar para um site. Ao pesquisar palavras-chave para seu volume de pesquisa e intenção (ou significado), você pode responder a perguntas para os leitores e ter uma classificação mais alta nas páginas de resultados do mecanismo de pesquisa (SERPs) que essas perguntas produzem.

SEO fora da página: esse tipo de SEO se concentra em todas as atividades que ocorrem “fora da página” ao procurar otimizar seu site. “Qual atividade fora do meu próprio site pode afetar minha classificação?” Você pode perguntar. A resposta é links de entrada, também conhecidos como backlinks. O número de editores vinculados a você e a “autoridade” relativa desses editores afetam a classificação de suas palavras-chave importantes. Ao fazer networking com outros editores, escrever guest posts nesses sites (e vincular de volta ao seu site) e gerar atenção externa, você pode ganhar os backlinks necessários para mover seu site para todas as SERPs certas.

SEO técnico: esse tipo de SEO se concentra no back-end do seu site e em como suas páginas são codificadas. Compressão de imagem, dados estruturados e otimização de arquivos CSS são todas as formas de SEO técnico que podem aumentar a velocidade de carregamento do seu site – um importante fator de classificação aos olhos de mecanismos de pesquisa como o Google.

Para um exemplo real de como implementar o SEO com sucesso em sua estratégia de marketing digital, confira nosso estudo de caso no Canva aqui:

 

 

  1. Marketing de Conteúdo

Este termo denota a criação e promoção de ativos de conteúdo com o objetivo de gerar reconhecimento de marca, crescimento de tráfego, geração de leads e clientes.

 

Quer aprender e aplicar o marketing de conteúdo ao seu negócio? Confira a página de recursos de treinamento de marketing de conteúdo gratuito da HubSpot Academy .

 

Os canais que podem desempenhar um papel na sua estratégia de marketing de conteúdo incluem:

 

Postagens de blog: escrever e publicar artigos em um blog da empresa ajuda você a demonstrar sua experiência no setor e gera tráfego de pesquisa orgânica para sua empresa. Em última análise, isso oferece mais oportunidades para converter visitantes do site em leads para sua equipe de vendas.

E-books e whitepapers: E- books, whitepapers e conteúdo semelhante de formato longo ajudam a educar ainda mais os visitantes do site. Também permite que você troque conteúdo por informações de contato de um leitor, gerando leads para sua empresa e movendo as pessoas pela jornada do comprador.

Infográficos: Às vezes, os leitores querem que você mostre, não conte. Infográficos são uma forma de conteúdo visual que ajuda os visitantes do site a visualizar um conceito que você deseja ajudá-los a aprender.

Conteúdo de áudio ou visual: a televisão e o rádio são canais populares para o marketing digital. Criar conteúdo que possa ser compartilhado online como um vídeo ou ouvido no rádio pelos ouvintes pode ampliar muito seu público potencial.

Perplexo? Baixe mais de 150 modelos de criação de conteúdo clicando abaixo:

 

modelos de conteúdo

  1. Marketing de mídia social

Essa prática promove sua marca e seu conteúdo nos canais de mídia social para aumentar o reconhecimento da marca, direcionar o tráfego e gerar leads para o seu negócio.

 

Se você é novo em plataformas sociais, pode usar ferramentas como HubSpot para conectar canais como LinkedIn e Facebook em um só lugar. Dessa forma, você pode agendar facilmente conteúdo para vários canais de uma só vez e monitorar análises da plataforma também.

 

Além de conectar contas sociais para fins de postagem, você também pode integrar suas caixas de entrada de mídia social ao HubSpot, para que possa receber suas mensagens diretas em um só lugar.

 

Os canais que você pode usar no marketing de mídia social incluem:

 

Facebook

Twitter

LinkedIn

Instagram

Snapchat

Pinterest

Muitos profissionais de marketing usarão essas plataformas de mídia social para criar uma campanha viral . Fazer parceria com um criador de conteúdo popular ou participar de uma tendência que está ressoando atualmente com um grande público é uma estratégia de marketing viral. O objetivo é criar algo que possa ser compartilhado na esperança de que se espalhe organicamente em um canal de mídia social.

 

Não sabe como começar com o marketing de mídia social? Baixe nosso calendário de conteúdo de mídia social gratuito para colocar sua estratégia social em funcionamento.

 

calendário de conteúdo de mídia social

  1. Pagamento por clique (PPC)

O PPC é um método de direcionar tráfego para seu site pagando a um editor toda vez que seu anúncio é clicado. Um dos tipos mais comuns de PPC é o Google Ads, que permite que você pague pelos principais slots nas páginas de resultados do mecanismo de pesquisa do Google a um preço “por clique” dos links que você colocar. Outros canais onde você pode usar o PPC incluem:

 

Anúncios pagos no Facebook : aqui, os usuários podem pagar para personalizar um vídeo, postagem de imagem ou apresentação de slides, que o Facebook publicará nos feeds de notícias de pessoas que correspondem ao público da sua empresa.

Campanhas do Twitter Ads: aqui, os usuários podem pagar para colocar uma série de postagens ou crachás de perfil nos feeds de notícias de um público específico, todos dedicados a atingir uma meta específica para o seu negócio. Esse objetivo pode ser o tráfego do site, mais seguidores no Twitter, engajamento no tweet ou até mesmo downloads de aplicativos.

Mensagens patrocinadas no LinkedIn: aqui, os usuários podem pagar para enviar mensagens diretamente para usuários específicos do LinkedIn com base em seu setor e experiência.

O PPC pode ser difícil de entender no começo, então criamos um guia amigável para iniciantes para você começar. Faça o download abaixo:

 

Nova frase de chamariz

  1. Marketing de afiliados

Este é um tipo de publicidade baseada em desempenho em que você recebe comissão por promover produtos ou serviços de outra pessoa em seu site. Os canais de marketing de afiliados incluem:

 

Hospedagem de anúncios em vídeo por meio do Programa de Parcerias do YouTube .

Postar links de afiliados de suas contas de mídia social.

Isso faz parte da onda relativamente nova do marketing de influenciadores . Criar uma campanha com o uso de influenciadores pode ser uma forma altamente eficaz de marketing de afiliados. Encontrar os criadores de conteúdo certos pode levar sua campanha digital para o próximo nível.

  1. Publicidade nativa

A publicidade nativa refere-se a anúncios que são principalmente direcionados a conteúdo e apresentados em uma plataforma ao lado de outros conteúdos não pagos. As postagens patrocinadas pelo BuzzFeed são um bom exemplo, mas muitas pessoas também consideram a publicidade em mídia social “nativa” – publicidade no Facebook e publicidade no Instagram, por exemplo.

 

  1. Automação de Marketing

Automação de marketing refere-se ao software que serve para automatizar suas operações básicas de marketing. Muitos departamentos de marketing podem automatizar tarefas repetitivas que fariam manualmente, como:

 

Boletins informativos por e- mail: a automação de e-mail não permite apenas que você envie e-mails automaticamente para seus assinantes. Também pode ajudá-lo a reduzir e expandir sua lista de contatos conforme necessário, para que seus boletins sejam enviados apenas para as pessoas que desejam vê-los em suas caixas de entrada.

Agendamento de postagem de mídia social: se você deseja aumentar a presença de sua organização em uma rede social, precisa postar com frequência. Isso torna a postagem manual um processo um pouco indisciplinado. As ferramentas de agendamento de mídia social enviam seu conteúdo para seus canais de mídia social para você, para que você possa passar mais tempo focando na estratégia de conteúdo.

Fluxos de trabalho de nutrição de leads: gerar leads e convertê-los em clientes pode ser um processo longo.

Rastreamento e relatórios de campanhas: as campanhas de marketing podem incluir várias pessoas diferentes, e-mails, conteúdo, páginas da web, telefonemas e muito mais. A automação de marketing pode ajudá-lo a classificar tudo em que você trabalha pela campanha que está veiculando e, em seguida, acompanhar o desempenho dessa campanha com base no progresso de todos esses componentes ao longo do tempo.

  1. E-mail Marketing

As empresas usam o e-mail marketing como forma de comunicação com seu público. O e-mail é frequentemente usado para promover conteúdo, descontos e eventos, bem como direcionar as pessoas para o site da empresa. Os tipos de e-mails que você pode enviar em uma campanha de marketing por e-mail incluem:

 

Boletins de assinatura de blogs.

E-mails de acompanhamento para visitantes do site que baixaram algo.

E-mails de boas-vindas ao cliente.

Promoções de férias para membros do programa de fidelidade.

Dicas ou e-mails de séries semelhantes para nutrir o cliente.

Saiba mais sobre e-mail marketing com nosso guia gratuito:

 

Nova frase de chamariz

  1. Relações públicas on-line

RP online é a prática de garantir a cobertura online conquistada com publicações digitais, blogs e outros sites baseados em conteúdo. É muito parecido com o PR tradicional, mas no espaço online. Os canais que você pode usar para maximizar seus esforços de relações públicas incluem:

 

Divulgação de repórteres nas redes sociais: conversar com jornalistas no Twitter, por exemplo, é uma ótima maneira de desenvolver um relacionamento com a imprensa que produz oportunidades de mídia conquistadas para sua empresa.

Envolver avaliações online de sua empresa: quando alguém avalia sua empresa online, seja essa avaliação boa ou ruim, seu instinto pode ser não tocá-la. Pelo contrário, as avaliações envolventes da empresa ajudam você a humanizar sua marca e a fornecer mensagens poderosas que protegem sua reputação.

Envolvendo comentários em seu site ou blog pessoal: Da mesma forma que você responderia às avaliações de sua empresa, responder às pessoas que estão lendo seu conteúdo é a melhor maneira de gerar conversas produtivas em seu setor.

Se você não tiver uma equipe de relações públicas dedicada, pode ser difícil começar. Felizmente, nós temos você coberto. Baixe nosso kit PR gratuito abaixo:

 

Nova frase de chamariz

  1. Inbound Marketing

O marketing de entrada refere-se a uma metodologia de marketing na qual você atrai, envolve e encanta os clientes em todas as etapas da jornada do comprador. Você pode usar todas as táticas de marketing digital listadas acima, em uma estratégia de inbound marketing, para criar uma experiência do cliente que funcione com o cliente, não contra ele. Aqui estão alguns exemplos clássicos de inbound marketing versus marketing tradicional:

 

Blogging vs. anúncios pop-up

Marketing de vídeo versus publicidade comercial

Listas de contatos de e-mail versus spam de e-mail

  1. Conteúdo Patrocinado

Com o conteúdo patrocinado , você, como marca, paga a outra empresa ou entidade para criar e promover conteúdo que discuta sua marca ou serviço de alguma forma.

 

Um tipo popular de conteúdo patrocinado é o marketing de influenciadores. Com esse tipo de conteúdo patrocinado, uma marca patrocina um influenciador em seu setor para publicar postagens ou vídeos relacionados à empresa nas redes sociais.

 

Outro tipo de conteúdo patrocinado pode ser uma postagem de blog ou artigo escrito para destacar um tópico, serviço ou marca.

 

  1. Marketing de mecanismo de pesquisa (SEM)

Quando um lead em potencial está procurando um produto ou negócio relacionado ao seu, é uma ótima oportunidade de promoção. Publicidade paga e SEO são duas ótimas estratégias para promover sua empresa para capitalizar esses leads futuros. O marketing do mecanismo de pesquisa é outra maneira de aumentar o tráfego do site, colocando anúncios pagos nos mecanismos de pesquisa. Os dois serviços SEM mais populares são o Bing Ads e o Google Ads . Esses anúncios pagos se encaixam perfeitamente no topo das páginas de resultados dos mecanismos de pesquisa, proporcionando visibilidade instantânea. Este também é um exemplo de publicidade nativa eficaz .

 

  1. Marketing de mensagens instantâneas

O marketing de seus produtos por meio de plataformas de mensagens é uma maneira rápida de alcançar potenciais clientes, mesmo para quem não ofereceu seu número de celular. É uma maneira simples de informar seu público sobre vendas instantâneas, novos produtos ou atualizações sobre seus pedidos. Se seus clientes tiverem dúvidas ou precisarem de mais informações, também é uma maneira conveniente de se conectarem ao atendimento ao cliente. Você pode optar por enviar mensagens diretamente para um celular por SMS ou por meio de mensagens em plataformas como Facebook Messenger ou WhatsApp.

 

O que faz um profissional de marketing digital?

Os profissionais de marketing digital são responsáveis ​​por impulsionar o reconhecimento da marca e a geração de leads por meio de todos os canais digitais – gratuitos e pagos – à disposição de uma empresa. Esses canais incluem mídias sociais, o próprio site da empresa, classificações de mecanismos de pesquisa, e-mail, publicidade gráfica e o blog da empresa.

 

O profissional de marketing digital geralmente se concentra em um indicador-chave de desempenho (KPI) diferente para cada canal, para que possa medir adequadamente o desempenho da empresa em cada um. Um profissional de marketing digital responsável pelo SEO, por exemplo, mede o “tráfego orgânico” de seu site. Em pequenas empresas, um generalista pode possuir muitas das táticas de marketing digital descritas acima ao mesmo tempo. Em empresas maiores, essas táticas contam com vários especialistas que se concentram em apenas um ou dois canais digitais da marca.

 

Veja alguns exemplos desses especialistas:

 

Gerente de SEO

Principais KPIs: Tráfego orgânico

Em suma, os gerentes de SEO fazem com que a empresa seja classificada no Google. Usando uma variedade de abordagens para otimização de mecanismos de pesquisa, essa pessoa pode trabalhar diretamente com criadores de conteúdo para garantir que o conteúdo que eles produzem tenha um bom desempenho no Google – mesmo que a empresa também publique esse conteúdo nas mídias sociais.

 

Especialista em Marketing de Conteúdo

Principais KPIs: Tempo na página, tráfego geral do blog, assinantes do canal do YouTube

Especialistas em marketing de conteúdo são os criadores de conteúdo digital. Eles frequentemente acompanham o calendário de blogs da empresa e criam uma estratégia de conteúdo que também inclui vídeo. Esses profissionais geralmente trabalham com pessoas de outros departamentos para garantir que os produtos e campanhas que a empresa lança sejam apoiados com conteúdo promocional em cada canal digital.

 

Gerente de mídia social

Principais KPIs: Seguimentos, Impressões, Compartilhamentos

O papel de um gerente de mídia social é fácil de deduzir do título, mas quais redes sociais ele gerencia para a empresa depende do setor. Acima de tudo, os gerentes de mídia social estabelecem um cronograma de postagem para o conteúdo escrito e visual da empresa. Esse funcionário também pode trabalhar com o especialista em marketing de conteúdo para desenvolver uma estratégia para qual conteúdo postar em qual rede social.

 

(Observação: de acordo com os KPIs acima, “impressões” refere-se ao número de vezes que as postagens de uma empresa aparecem no feed de notícias de um usuário.)

 

Coordenador de Automação de Marketing

Principais KPIs: taxa de abertura de e-mail, taxa de cliques da campanha, taxa de geração de leads (conversão)

O coordenador de automação de marketing ajuda a escolher e gerenciar o software que permite que toda a equipe de marketing entenda o comportamento de seus clientes e meça o crescimento de seus negócios. Como muitas das operações de marketing descritas acima podem ser executadas separadamente umas das outras, é importante que haja alguém que possa agrupar essas atividades digitais em campanhas individuais e acompanhar o desempenho de cada campanha.

 

Inbound Marketing x Marketing Digital: Qual é?

O inbound marketing é uma metodologia que usa ativos de marketing digital para atrair, engajar e encantar os clientes online. O marketing digital, por outro lado, é simplesmente um termo abrangente para descrever táticas de marketing online de qualquer tipo, independentemente de serem consideradas inbound ou outbound.

 

O marketing digital é frequentemente comparado ao marketing de entrada , mas não diferencia os métodos de ‘inbound’ e ‘outbound’. É mais um termo abrangente para todo o marketing que envolve comunicação digital, enquanto o inbound marketing é mais uma estratégia.

 

As táticas de saída digital visam colocar uma mensagem de marketing na frente do maior número possível de pessoas no espaço online – independentemente de ser relevante ou bem-vinda. Por exemplo, os banners extravagantes que você vê no topo de muitos sites tentam empurrar um produto ou promoção para pessoas que não estão necessariamente prontas para recebê-lo.

 

Por outro lado, os profissionais de marketing que empregam táticas de entrada digital usam conteúdo online para atrair seus clientes-alvo para seus sites, fornecendo ativos que são úteis para eles. Um dos ativos de marketing digital de entrada mais simples e poderosos é um blog , que permite que seu site capitalize os termos que seus clientes ideais estão procurando.

 

O marketing digital funciona para todas as empresas?

O marketing digital pode funcionar para qualquer empresa em qualquer setor. Independentemente do que sua empresa vende, o marketing digital ainda envolve a construção de personas para identificar as necessidades do seu público e a criação de conteúdo online valioso. No entanto, isso não quer dizer que todas as empresas devam implementar uma estratégia de marketing digital da mesma maneira.

 

Marketing Digital B2B

Se sua empresa é business-to-business (B2B), seus esforços de marketing digital provavelmente serão centrados na geração de leads online, com o objetivo final de alguém falar com um vendedor. Por esse motivo, o papel da sua estratégia de marketing é atrair e converter leads da mais alta qualidade para seus vendedores por meio de seu site e suporte aos canais digitais.

 

Além do seu site, você provavelmente optará por concentrar seus esforços em canais focados nos negócios, como o LinkedIn, onde seu público-alvo passa o tempo online.

 

Marketing Digital B2C

Se sua empresa é business-to-consumer (B2C), dependendo do preço de seus produtos, é provável que o objetivo de seus esforços de marketing digital seja atrair pessoas para seu site e torná-las clientes sem precisar falar com um vendedor.

 

Por esse motivo, é provável que você se concentre menos em ‘leads’ no sentido tradicional e mais propenso a se concentrar na construção de uma jornada de compra acelerada, desde o momento em que alguém acessa seu site até o momento em que faz uma compra . Isso geralmente significa que o seu produto apresenta em seu conteúdo mais alto no funil de marketing do que em um negócio B2B, e você pode precisar usar call-to-action (CTAs) mais fortes.

 

Para empresas B2C, canais como Instagram e Pinterest geralmente podem ser mais valiosos do que plataformas focadas em negócios como o LinkedIn.

 

Que tipos de conteúdo digital devo criar?

O tipo de conteúdo que você cria depende das necessidades do seu público em diferentes estágios da jornada do comprador. Você deve começar criando personas de comprador (use esses modelos gratuitos ou experimente makemypersona.com ) para identificar quais são os objetivos e desafios do seu público em relação ao seu negócio. Em um nível básico, seu conteúdo online deve ter como objetivo ajudá-los a atingir essas metas e superar seus desafios.

 

Em seguida, você precisará pensar em quando é mais provável que eles estejam prontos para consumir esse conteúdo em relação ao estágio em que estão na jornada do comprador. Chamamos isso de mapeamento de conteúdo.

 

Com o mapeamento de conteúdo, o objetivo é segmentar o conteúdo de acordo com:

 

As características da pessoa que vai consumi-lo (é aí que entram as buyer personas).

Quão perto essa pessoa está de fazer uma compra (ou seja, seu estágio de ciclo de vida).

Em termos de formato do seu conteúdo, há muitas coisas diferentes para experimentar. Aqui estão algumas opções que recomendamos usar em cada etapa da jornada do comprador:

 

Estágio de Conscientização

Postagens no blog. Ótimo para aumentar seu tráfego orgânico quando combinado com uma forte estratégia de SEO e palavras-chave.

Infográficos. Muito compartilhável, o que significa que eles aumentam suas chances de ser encontrado nas mídias sociais quando outras pessoas compartilham seu conteúdo. (Confira estes modelos de infográfico gratuitos para começar.)

Vídeos curtos. Novamente, eles são muito compartilháveis ​​e podem ajudar sua marca a ser encontrada por novos públicos, hospedando-os em plataformas como o YouTube.

Fase de consideração

E-books. Ótimo para geração de leads, pois geralmente são mais abrangentes do que um post de blog ou infográfico, o que significa que é mais provável que alguém troque suas informações de contato para recebê-lo.

Relatórios de pesquisa. Novamente, esta é uma peça de conteúdo de alto valor que é ótima para geração de leads. Relatórios de pesquisa e novos dados para o seu setor também podem funcionar para o estágio de conscientização, pois geralmente são captados pela mídia ou imprensa do setor.

Webinars. Como são uma forma de conteúdo de vídeo mais detalhada e interativa, os webinars são um formato de conteúdo de estágio de consideração eficaz, pois oferecem conteúdo mais abrangente do que uma postagem de blog ou um vídeo curto.

Fase de Decisão

Estudos de caso. Ter estudos de caso detalhados em seu site pode ser uma forma eficaz de conteúdo para quem está pronto para tomar uma decisão de compra, pois ajuda a influenciar positivamente a decisão deles.

Depoimentos. Se os estudos de caso não forem adequados para o seu negócio, ter depoimentos curtos em seu site é uma boa alternativa. Para marcas B2C, pense em depoimentos de forma um pouco mais flexível. Se você é uma marca de roupas, elas podem assumir a forma de fotos de como outras pessoas estilizaram uma camisa ou vestido, tiradas de uma hashtag da marca onde as pessoas podem contribuir.

Como fazer marketing digital

Defina seus objetivos.

Identifique seu público-alvo.

Estabeleça um orçamento para cada canal digital.

Encontre um bom equilíbrio entre estratégias digitais pagas e gratuitas.

Crie conteúdo envolvente.

Otimize seus ativos digitais para dispositivos móveis.

Faça uma pesquisa de palavras-chave.

Itere com base nas análises que você mede.

  1. Defina seus objetivos.

Quando você está começando com o marketing digital, é fundamental que você comece identificando e definindo seus objetivos, pois você criará sua estratégia de maneira diferente dependendo desses objetivos. Por exemplo, se seu objetivo é aumentar o reconhecimento da marca, convém prestar mais atenção em alcançar novos públicos por meio das mídias sociais.

 

Como alternativa, talvez você queira aumentar as vendas de um produto específico – se for esse o caso, é mais importante que você se concentre em SEO e na otimização de conteúdo para atrair compradores em potencial para seu site. Além disso, se o seu objetivo é vender, você pode testar campanhas de PPC para direcionar o tráfego por meio de anúncios pagos.

 

Seja qual for o caso, é mais fácil moldar uma estratégia de marketing digital depois de determinar os maiores objetivos da sua empresa.

 

  1. Identifique seu público-alvo.

Já mencionamos isso antes, mas um dos maiores benefícios do marketing digital é a oportunidade de atingir públicos específicos – no entanto, você não pode aproveitar esse benefício se não tiver identificado primeiro seu público-alvo.

 

Obviamente, é importante observar que seu público-alvo pode variar dependendo do canal ou das metas que você tem para um produto ou campanha específico.

 

Por exemplo, talvez você tenha notado que a maioria do seu público do Instagram é mais jovem e prefere memes engraçados e vídeos rápidos – mas seu público do LinkedIn tende a ser profissionais mais velhos que procuram conselhos mais táticos. Você vai querer variar seu conteúdo para atrair esses diferentes públicos-alvo.

 

Se você está começando do zero, fique à vontade para dar uma olhada em Como encontrar seu público-alvo .

 

  1. Estabeleça um orçamento para cada canal digital.

Como com qualquer coisa, o orçamento que você determina realmente depende de quais elementos de marketing digital você deseja adicionar à sua estratégia.

 

Se você está se concentrando em técnicas de entrada como SEO, mídia social e criação de conteúdo para um site preexistente, a boa notícia é que você não precisa de muito orçamento. Com o inbound marketing, o foco principal é criar conteúdo de alta qualidade que seu público vai querer consumir, que a menos que você esteja planejando terceirizar o trabalho, o único investimento que você vai precisar é o seu tempo.

 

Você pode começar hospedando um site e criando conteúdo usando o CMS da HubSpot . Para aqueles com um orçamento apertado, você pode começar a usar o WordPress hospedado no WP Engine, usando um simples do StudioPress e construindo seu site sem código usando o Elementor Website Builder for WordPress .

 

Com técnicas de saída, como publicidade online e compra de listas de e-mail, há, sem dúvida, alguma despesa. O que custa se resume ao tipo de visibilidade que você deseja receber como resultado da publicidade.

 

Por exemplo, para implementar o PPC usando o Google AdWords, você fará lances contra outras empresas do seu setor para aparecer no topo dos resultados de pesquisa do Google para palavras-chave associadas ao seu negócio. Dependendo da competitividade da palavra-chave, isso pode ser razoavelmente acessível ou extremamente caro, e é por isso que é uma boa ideia focar na construção de seu alcance orgânico também.

 

  1. Encontre um bom equilíbrio entre estratégias digitais pagas e gratuitas.

Uma estratégia de marketing digital provavelmente precisa de aspectos pagos e gratuitos para ser realmente eficaz.

 

Por exemplo, se você gastar tempo criando personas de comprador abrangentes para identificar as necessidades de seu público e se concentrar na criação de conteúdo on-line de qualidade para atraí-los e convertê-los, é provável que você veja bons resultados nos primeiros seis meses, apesar do anúncio mínimo gastar.

 

No entanto, se a publicidade paga fizer parte da sua estratégia digital, os resultados poderão ser ainda mais rápidos.

 

Em última análise, é recomendável se concentrar na construção de seu alcance orgânico (ou ‘gratuito’) usando conteúdo, SEO e mídias sociais para um sucesso sustentável a longo prazo.

 

Em caso de dúvida, experimente os dois e repita seu processo à medida que aprende quais canais – pagos ou gratuitos – apresentam melhor desempenho para sua marca.

 

  1. Crie conteúdo envolvente.

Depois de conhecer seu público e ter um orçamento, é hora de começar a criar conteúdo para os vários canais que você usará. Esse conteúdo pode ser postagens de mídia social, postagens de blog, anúncios PPC, conteúdo patrocinado, boletins de marketing por e-mail e muito mais.

 

Obviamente, qualquer conteúdo que você criar deve ser interessante e envolvente para seu público, porque o objetivo do conteúdo de marketing é aumentar o reconhecimento da marca e melhorar a geração de leads.

 

  1. Otimize seus ativos digitais para dispositivos móveis.

Outro componente-chave do marketing digital é o marketing móvel. Na verdade, o uso de smartphones como um todo responde por 69% do tempo gasto consumindo mídia digital nos EUA, enquanto o consumo de mídia digital baseado em desktop representa menos da metade – e os EUA ainda não são os maiores fãs do celular em comparação com outros países.

 

Isso significa que é essencial otimizar seus anúncios digitais, páginas da web, imagens de mídia social e outros ativos digitais para dispositivos móveis. Se sua empresa possui um aplicativo móvel que permite que os usuários se envolvam com sua marca ou comprem seus produtos, seu aplicativo também se enquadra no guarda-chuva do marketing digital.

 

Aqueles que interagem com sua empresa online por meio de dispositivos móveis precisam ter a mesma experiência positiva que teriam no computador. Isso significa implementar um design de site compatível com dispositivos móveis ou responsivo para tornar a navegação amigável para quem usa dispositivos móveis. Também pode significar reduzir o tamanho dos formulários de geração de leads para criar uma experiência sem complicações para as pessoas que baixam seu conteúdo em movimento. Quanto às suas imagens de mídia social, é importante sempre ter um usuário móvel em mente ao criá-las, pois as dimensões da imagem são menores em dispositivos móveis e o texto pode ser cortado.

 

Há muitas maneiras de otimizar seus ativos de marketing digital para usuários móveis e, ao implementar qualquer estratégia de marketing digital, é extremamente importante considerar como a experiência será traduzida em dispositivos móveis. Ao garantir que isso esteja sempre em primeiro lugar, você estará criando experiências digitais que funcionam para o seu público e, consequentemente, alcançam os resultados esperados.

 

  1. Conduza a pesquisa de palavras-chave.

O marketing digital tem tudo a ver com atingir públicos-alvo por meio de conteúdo personalizado – tudo isso não pode acontecer sem uma pesquisa eficaz de palavras-chave.

 

A realização de pesquisas de palavras-chave é fundamental para otimizar seu site e conteúdo para SEO e garantir que as pessoas possam encontrar sua empresa por meio de mecanismos de pesquisa. Além disso, a pesquisa de palavras-chave de mídia social também pode ser útil para comercializar seus produtos ou serviços em vários canais sociais.

 

Mesmo que você não tenha um estrategista de SEO em tempo integral, você ainda vai querer realizar uma pesquisa de palavras-chave. Tente criar uma lista de palavras-chave de alto desempenho relacionadas a seus produtos ou serviços e considere variações de cauda longa para oportunidades adicionais.

 

  1. Itere com base nas análises que você mede.

Por fim, para criar uma estratégia de marketing digital eficaz a longo prazo, é vital que sua equipe aprenda a dinamizar com base em análises.

 

Por exemplo, talvez depois de alguns meses você descubra que seu público não está mais interessado em seu conteúdo no Instagram – mas eles adoram o que você está criando no Twitter. Claro, essa pode ser uma oportunidade para reexaminar sua estratégia do Instagram como um todo, mas também pode ser um sinal de que seu público prefere um canal diferente para consumir conteúdo de marca.

 

Como alternativa, talvez você descubra que uma página da Web mais antiga não está recebendo o tráfego que costumava receber. Você pode considerar atualizar a página ou se livrar dela completamente para garantir que os visitantes encontrem o conteúdo mais recente e relevante para suas necessidades.

 

O marketing digital oferece às empresas oportunidades incrivelmente flexíveis para crescimento contínuo, mas cabe a você aproveitá-las.

 

Estou pronto para experimentar o marketing digital. O que agora?

Se você já está fazendo marketing digital, é provável que esteja alcançando pelo menos alguns segmentos do seu público online. Sem dúvida, você pode pensar em algumas áreas de sua estratégia que poderiam melhorar um pouco.

 

É por isso que criamos um guia passo a passo para ajudá-lo a construir uma estratégia de marketing digital realmente eficaz, seja você um iniciante completo ou um pouco mais de experiência.

 

Em seguida, vamos ver alguns exemplos de marketing digital que certamente o inspirarão. Exemplos de marketing digital

Campanha Reconstruir o Mundo da Lego: Campanha Dove’s Real Beauty

#InTheMorningChallenge de Jennifer Lopez

 

Este é um ótimo exemplo de campanha de marketing digital porque diz algo sobre a marca. Nesta campanha, a Lego se posiciona sobre importantes questões globais como forma de se conectar com seu público.

 

Nos dias de hoje, está se tornando cada vez mais importante para as empresas discutir questões globais e mostrar alinhamento com seus clientes dessa maneira. A principal jogada dessa campanha é ajudar a compartilhar a história e as mensagens da marca.

 

Dado que 89% dos clientes compram de marcas que compartilham seus valores, essa foi uma boa jogada para a marca de brinquedos.

 

  1. Campanha de selfie reversa da Dove

exemplos de marketing digital: pomba

 

 

À medida que continuamos a aprender como as mídias sociais estão afetando as crianças, especialmente as meninas, Dove decidiu enviar uma mensagem. A campanha Reverse Selfie mostra o inverso do que uma adolescente fez para se preparar para uma selfie e photoshop a imagem. O objetivo é aumentar a conscientização de como as mídias sociais podem impactar negativamente a autoestima.

 

Este é um excelente exemplo de como o conteúdo de marketing pode ser quando você conhece seu público intimamente. Ao conhecer seu público de mulheres reais, muitas delas pais, a Dove conseguiu trazer luz a uma consequência muitas vezes esquecida do crescimento das mídias sociais.

 

  1. #InTheMorningChallenge de Jennifer Lopez

 

exemplos de marketing digital: jennifer lopez

 

 

Nesta campanha de mídia social, Jennifer Lopez criou um desafio de dança para promover sua nova música. Com este desafio, os fãs fariam a mesma dança em seus pijamas e roupas de fantasia.

 

Esta foi uma campanha de mídia social bem-sucedida, pois o vídeo teve mais de 13 milhões de visualizações e mais de 5.000 postagens.

 

Usar as mídias sociais é uma ótima maneira de envolver seu público e levá-los a participar com sua marca um a um.

 

Integre o marketing digital à sua estratégia

Qualquer oportunidade em que você possa se conectar ao seu público é uma oportunidade de converter um lead ou adquirir um cliente. O marketing digital cria muito mais dessas oportunidades, permitindo que você alcance potenciais compradores por meio de uma ampla variedade de canais. Sejam plataformas de mídia social, sites, mensagens de texto ou qualquer meio online, é uma maneira inestimável de promover sua empresa, serviço ou produto.

Lembrar!

Escolha seu mercado com sabedoria e concentre-se em seu mercado-alvo. Lance seu produto ou sua oportunidade para pessoas que já estão em sintonia com a ideia e você acabará perdendo menos tempo.

Lição # 2 – Sua lista está matando você?

Crie Sua lista de contato 

Tenho más notícias – seu banco de dados de contatos de marketing por e-mail se degrada com o tempo.

Os endereços de e-mail de seus contatos mudam à medida que eles mudam de uma empresa para outra, desativam sua comunicação por e-mail ou abandonam um endereço que usavam apenas para preencher formulários em sites.

Como profissional de marketing, é seu trabalho garantir que você esteja constantemente adicionando novos contatos às suas listas de e-mail para que possa continuar gerando crescimento. Embora a compra de e-mails seja uma opção, nem sempre é a melhor maneira de fazer isso.

vou te revela a estratégias de alta qualidade para ajudá-lo a aumentar sua lista de e-mail para garantir que você tenha um grande público de assinantes ansiosos para ouvir o que você tem a dizer e propensos a fazer compras e contribuir para o crescimento do seu negócio.

Como aumentar sua lista de e-mail usando e-mail
1. Crie conteúdo de e-mail exclusivo.
Quer manter seus assinantes atuais e ajudá-los a aumentar sua lista? Crie conteúdo de e-mail exclusivo . Se seus e-mails forem divertidos, informativos e valiosos, os destinatários sempre ficarão ansiosos para recebê-los e estarão mais propensos a encaminhá-los para suas redes. Isso ajuda você a ganhar exposição e obter assinantes adicionais.

2. Incentive os assinantes a compartilhar e encaminhar seus e-mails.
Inclua botões de compartilhamento social e um botão “E-mail para um amigo” em seus e-mails de marketing. Ao fazer isso, você terá acesso aos amigos, colegas e redes dos destinatários para expandir sua lista de contatos. Na parte inferior de seus e-mails, inclua um CTA “Inscrever-se” como um link simples baseado em texto para que as pessoas que recebem os e-mails encaminhados também possam participar facilmente.

3. Segmente suas listas de e-mail por buyer persona.
Os destinatários de e-mail são mais propensos a clicar em e-mails que atendem a seus interesses específicos, portanto, vale a pena considerar usar vários tipos de assinaturas de e-mail para enviar conteúdo direcionado a diferentes segmentos de seu público .

Se você criar vários tipos de assinantes direcionados, aumentará a chance de os visitantes assinarem um deles. Na verdade, os profissionais de marketing que usaram campanhas segmentadas notaram um aumento de 760% na receita .

4. Revigore uma lista de e-mail obsoleta com uma campanha opt-in.
Você tem uma lista mais antiga que suspeita estar em grande parte deteriorada? Crie uma mensagem de aceitação envolvente e envie-a para sua lista antiga e incentive os contatos a participar novamente, se desejarem, mas também prometendo remover todos os contatos que não responderem.

Embora possa parecer contra-intuitivo remover pessoas da sua lista de e-mail para aumentá-las, enviar e-mails para contatos que você sabe que estão engajados pode melhorar sua capacidade de entrega e aumentar as chances de seu e-mail ser compartilhado com pessoas de fora do banco de dados atual.

5. Adicione um link opt-in às assinaturas de seus funcionários.
Assinaturas de e-mail com hiperlinks podem levar as pessoas a uma página de destino onde podem se inscrever em sua lista de e-mails. Além disso, se você já estiver em uma conversa natural por e-mail com eles, assinar mais e-mails pode ser um próximo passo natural.

6. Crie uma nova oferta de geração de leads.
Crie uma nova oferta de geração de leads fechada , como um e- book gratuito e hospede-a em uma página de destino que solicite aos visitantes que forneçam seu e-mail para fazer o download.

7. Crie uma ferramenta ou recurso online gratuito que exija inscrição.
Ferramentas online gratuitas facilitam a vida de seus usuários, especialmente se tudo o que eles precisam fazer é se inscrever com seu endereço de e-mail. Por exemplo, criamos algumas ferramentas gratuitas, como o Website Grader , para coletar endereços de e-mail.

8. Crie conteúdo bônus adicional.
Nem todo conteúdo fechado vale a pena para um visitante do site. Às vezes, para ganhar o interesse deles, você precisa primeiro fornecer conteúdo gratuito. Você pode começar com uma postagem de blog que oferece conselhos para iniciantes sobre um assunto e, em seguida, oferecer conteúdo bônus adicional com dicas mais avançadas que eles podem acessar enviando seu endereço de e-mail por meio de uma página de destino .

Como aumentar sua lista de e-mail usando as mídias sociais
9. Promova um concurso online.
Use suas contas de mídia social para hospedar um sorteio gratuito que requer informações de contato para entrar. Você pode incentivar seus seguidores a clicar no seu site e se inscrever usando seus endereços de e-mail.

10. Promova uma oferta de geração de leads no Twitter.
Crie uma campanha no Twitter para promover um e-book ou recurso gratuito para seus seguidores que exija o uso de um endereço de e-mail para resgate.

11. Use o Pinterest para promover conteúdo visual fechado.
O Pinterest hospeda conteúdo visual que incentiva os visitantes a se inscreverem para ver mais conteúdo. Use isso a seu favor e promova seu conteúdo visual fechado na plataforma, para que os usuários estejam ansiosos para aprender mais com você e enviar seus e-mails para obter mais informações de alta qualidade.

12. Faça do seu boletim informativo por e-mail o tema da foto da capa do seu perfil.
Suas fotos de capa do perfil do Facebook são um ótimo lugar para chamar a atenção para algo específico, especialmente seu boletim informativo por e-mail. Se você criar um gráfico de alta qualidade que destaque e chame a atenção para seu valor, poderá atrair os usuários a enviar seus e-mails para obter mais benefícios do conteúdo que você oferece.

Se você fizer isso, também deve considerar aproveitar nossa próxima dica, tornando mais fácil para os usuários enviarem seus e-mails sem problemas quando você chamar a atenção deles.

13. Adicione um botão de apelo à ação no topo da página do Facebook do seu negócio.
O valor dessa técnica de criação de lista está no destino: adicione um botão de CTA à sua página do Facebook que vincule os usuários à sua página de destino de inscrição ou a um recurso em destaque fechado que exija acesso por e-mail. Adicionamos CTAs à nossa página do Facebook da HubSpot Academy, conforme exibido na imagem abaixo.

Além disso, colocar um botão de CTA de inscrição em seu perfil torna mais fácil para os usuários, pois eles não precisarão sair do Facebook e acessar seu site – eles simplesmente clicam no link e você os leva até lá.

14. Compartilhe visualizações de newsletters em seu perfil.
Criar uma postagem no Facebook que mostre um trecho de seu boletim informativo por e-mail é uma ótima maneira de atrair seu público e incentivá-lo a participar de sua lista de e-mail. Eles terão uma prévia do que você tem a oferecer, ficarão ansiosos para saber mais e se inscreverão para continuar gerando valor para o seu negócio. Nesta postagem, você pode incluir um link para sua página de inscrição para uma inscrição fácil e rápida.

15. Promova conteúdo através do Facebook que requer um endereço de e-mail para acesso.
Promova conteúdo em suas postagens do Facebook que incentivem o envio de e-mail para acesso. Esse conteúdo pode ser algo como um e-book fechado, participando de um sorteio ou concurso ou até mesmo dizendo que os assinantes de e-mail têm acesso antecipado a novos produtos.

Certifique-se de adicionar botões de compartilhamento social às suas páginas de destino e de agradecimento para incentivar seus leads a compartilhar em suas redes.

Como aumentar sua lista de e-mail usando o YouTube
16. Adicione recursos de engajamento aos seus vídeos do YouTube.
As telas finais , também chamadas de encerramentos de vídeo, são uma ferramenta que o YouTube oferece aos criadores para direcionar os espectadores a realizar ações adicionais após a conclusão de um vídeo, como clicar em um link para seu site ou assistir a outro vídeo em seu canal. Como eles são usados ​​para gerar mais engajamento de seus espectadores, vale a pena considerar adicionar hiperlinks à sua página de destino de inscrição em seus cartões finais para aumentar sua lista de e-mail.

Esta dica é útil se você criou um vídeo informativo com conteúdo principalmente de nível superficial. Uma visão mais avançada é fornecida em uma oferta fechada ou em seu boletim informativo por e-mail.

17. Use seu cabeçalho e imagens para promover seu boletim informativo por e-mail.
Capture leads colocando um link para sua página de destino de inscrição no cabeçalho do canal. Esta imagem está na frente e no centro do seu perfil, e se o seu banner for chamativo , bem desenhado e chamar a atenção para a sua oferta de conteúdo, os usuários serão atraídos por ele, o que coloca o link do CTA em sua linha direta de visão.

18. Promova seus e-mails nas descrições de seus vídeos.

Suas descrições de vídeo do YouTube falam sobre o conteúdo de seus vídeos, para que os espectadores saibam o que estão prestes a assistir. Cada uma de suas descrições provavelmente conterá elementos exclusivos, mas vale a pena conectar o link da página de destino de inscrição de e-mail em cada uma delas.

Essa dica pode ser especialmente útil se você criar vídeos de estilo de instruções e puder atrair os usuários a se inscreverem para obter conteúdo e instruções mais informativos clicando no link em sua descrição.

19. Adicione um call to action à sua biografia do Instagram.

Sua biografia do Instagram é um ótimo lugar para compartilhar informações com seu público, como um CTA que chama a atenção para sua lista de e-mail e um link para seu formulário de inscrição.

O texto do seu CTA deve atrair os usuários explicando os benefícios que eles obtêm ao se inscrever, como obter informações de bônus, acesso a ofertas exclusivas ou um boletim informativo geral de negócios. Colocar o link diretamente na sua biografia também reduz o esforço do cliente, pois ele pode simplesmente clicar e se inscrever em uma janela pop-up dentro do aplicativo.

20. Compartilhe postagens que levem os usuários a clicar no link de e-mail de apelo à ação em sua biografia.

Embora você não possa compartilhar postagens que digam diretamente “Dê-nos seu e-mail”, certamente pode ver o sucesso ao compartilhar postagens que atraem os usuários a compartilhar suas informações de contato.

Por exemplo, você pode anunciar um sorteio e informar aos usuários que eles podem participar clicando no link da sua biografia e enviando seus endereços de e-mail. Em outro caso, se você postar um vídeo informativo sobre como usar seus produtos, poderá atrair os usuários a se inscreverem, pois seus e-mails oferecerão mais conteúdo informativo sobre como usar seus produtos.

21. Use o recurso de deslizar para cima para compartilhar sua página de destino.

Se você tiver um perfil comercial do Instagram e mais de 10 mil seguidores, poderá adicionar um link clicável às suas histórias que os usuários podem acessar deslizando para cima na história.

Esse recurso é uma excelente oportunidade para compartilhar um link para sua página de inscrição ou outra oferta em seu site que coleta endereços de e-mail em troca de valor, como uma avaliação gratuita. Você também pode usar esse recurso para vincular a algo como uma postagem de blog informativa com uma oferta de geração de leads que seu público ficará animado em se inscrever.

22. Adicione um botão de e-mail ao seu perfil comercial.
Uma maneira mais direta de obter e-mails de usuários é adicionar um botão de e-mail à sua página comercial. Essa ferramenta é usada principalmente para necessidades de serviço, para que os clientes possam entrar em contato com você para consultas de suporte. Ainda assim, oferece a oportunidade de nutrir ainda mais os leads, perguntando se os clientes desejam optar por receber mais e-mails.

Aqui está um guia sobre como adicionar um ao seu perfil.

Como aumentar sua lista de e-mail usando o LinkedIn
23. Envie os leitores para uma página inicial para inscrição por e-mail.
Depois de conversar no LinkedIn, você pode compartilhar links para suas páginas de inscrição. Você está permitindo que os usuários continuem a interação que você acabou de ter, pois seu e-mail fornecerá a eles mais informações e conteúdo de alta qualidade relacionados ao seu negócio.

Você pode enviar esses links em mensagens de InMail, tópicos de comentários e mensagens diretas pessoais 1:1.

24. Poste sobre seu boletim informativo por e-mail.
Se você tiver um boletim informativo por e-mail, poderá postar trechos de seu conteúdo no LinkedIn e informar aos usuários que, se eles se inscreverem, terão acesso a todo o artigo e a todos os boletins a partir daí.

25. Publique links para ofertas fechadas.
Quando você compartilha uma postagem no LinkedIn que contém informações de alta qualidade das quais seu público pode se beneficiar, complete-a incentivando os usuários a se inscreverem em sua lista de e-mail. Se o que você disse ressoou com eles, eles reconhecerão que receber e-mails seus dará a eles acesso adicional ao conteúdo de alta qualidade que você oferece.

Você também pode fazer isso em discussões de grupo do LinkedIn apropriadas e relevantes – apenas esteja atento ao tópico que está sendo discutido para garantir que sua oferta seja uma adição bem-vinda à conversa.

Como aumentar sua lista de e-mail em seu site
26. Peça feedback aos visitantes do site
As pessoas gostam de oferecer feedback sobre as informações que lhes dizem respeito. Nas páginas do seu site, inclua um formulário que pergunte aos visitantes quais dúvidas eles podem ter sobre sua empresa e colete endereços de e-mail para acompanhá-los.

27. Reduza o tamanho dos seus formulários de captura de leads
É tentador coletar o máximo possível de informações sobre um usuário imediatamente, mas adicionar muitos campos às suas páginas de destino e formulários de captura de leads pode afastar as pessoas. Reduza o tamanho de seus formulários para apenas dois ou três campos – você pode coletar mais informações deles assim que iniciar uma conversa.

28. Link para ofertas em seu site que capturam inscrições de e-mail
Crie CTAs que vinculem suas ofertas em seu site que capturem inscrições de e-mail. Alguns locais importantes a serem considerados incluem a página inicial do seu site, a página ‘Sobre nós’ e a página ‘Fale conosco’.

29. Teste A/B em uma cópia de campanha diferente
Você pode estar fazendo todas as coisas certas para gerar leads – páginas de destino, conteúdo fechado, concursos e muito mais, mas não está vendo o sucesso que está procurando. O problema pode ser que o design ou a cópia em si não estejam gerando o engajamento que você precisa.

Teste A/B diferentes aspectos de suas campanhas de criação de lista com diferentes versões do mesmo conteúdo. Isso inclui o texto da frase de chamariz, a cor da oferta fechada e até mesmo onde esses formulários de inscrição são colocados em seu site. Às vezes, uma pequena mudança pode gerar centenas de conversões a mais.

30. Crie um blog que os leitores possam assinar.
Se você ainda não blog, você deveria. As postagens do blog ajudam você a aumentar sua classificação nos mecanismos de pesquisa e a gerar assinantes do blog para atualizar para campanhas de e-mail mais acionáveis ​​ao longo do tempo.

31. Faça um blog convidado para outros sites e compartilhe um apelo à ação.
Existem muitos sites e editores por aí que atendem ao seu público – e porções maiores dele. O guest blogging para esses sites ajuda você a expandir sua lista de contatos por meio da exposição a um novo público.

Ao criar conteúdo de guest blogging, inclua um CTA para que os leitores assinem o blog de seus sites ou o boletim informativo por e-mail.

32. Inclua avaliações de clientes em suas páginas de destino de inscrição.
Uma coisa é você dizer às pessoas para se inscreverem em uma campanha, mas outra coisa é seus clientes mais felizes dizerem isso também. As avaliações dos clientes são a prova social que incentiva as pessoas a participar de algo, e você deve publicar essas avaliações em seu site, especialmente nas páginas de destino com formulários de inscrição. Incluir avaliações agregará valor genuíno ao seu conteúdo quando as pessoas estiverem em dúvida sobre o envio de informações de contato.

Como aumentar sua lista de e-mail com um parceiro
33. Faça uma promoção em um site parceiro ou boletim informativo por e-mail.
Semelhante ao guest blogging, os sites de parceiros podem ajudá-lo a atingir um novo público. Use esta fonte de parceiro para direcionar os visitantes ao seu site, onde você já está compartilhando formulários de inscrição.

34. Faça uma oferta de co-marketing com um parceiro.
Criar um ebook ou webinar com um parceiro pode dividir o trabalho de criação de conteúdo e permitir que você compartilhe o público de um negócio semelhante. Depois de liberar seu conteúdo, divida os leads gerados com seu parceiro.

Criar um ebook ou webinar com um parceiro pode dividir o trabalho de criação de conteúdo e permitir que você compartilhe o público de um negócio semelhante. Se o conteúdo for fechado, você coletará endereços de e-mail de um novo público para nutrir.

Como aumentar sua lista de e-mail com marketing tradicional
35. Colete endereços de e-mail em uma feira.
Eventos offline, como feiras, são oportunidades de crescimento altamente antecipadas para profissionais do seu setor. Demonstre seu produto mais recente em uma conferência apropriada e colete inscrições pessoalmente.

Quando estiver de volta ao escritório, importe essas inscrições para seu banco de dados de contatos e envie um e-mail de boas-vindas que confirme a adesão à sua lista.

36. Organize seus próprios eventos offline e presenciais.
Meetups, seminários, hackathons, painéis educacionais e suas conferências colocam você na frente e no centro de um evento de networking. Aqueles que comparecem são muitas vezes mais qualificados para serem contatados porque vieram ao seu evento. Aproveite a oportunidade para coletar endereços de e-mail dos participantes e envie um e-mail de boas-vindas e incentive o opt-in.

37. Organize um webinar online.
Os webinars são a oportunidade perfeita para falar sobre seu setor e acessar o público de líderes de opinião com os quais você pode se apresentar. A melhor parte? Normalmente, os webinars são registrados por e-mail, então você tem e-mails de público para adicionar à sua lista para nutrir ainda mais no momento do registro.

38. Adicione códigos QR ao seu anúncio gráfico.
Incorpore um código QR em seu material de marketing de impressão para que as pessoas possam digitalizar para obter mais informações sobre o conteúdo da impressora. Você pode configurá-lo para que seus códigos exijam endereços de e-mail para acessar conteúdo adicional para que você possa aumentar sua lista.

39. Colete e-mails na loja.
Se você tem uma loja física onde interage com os clientes cara a cara, lance uma assinatura da loja na qual eles podem se inscrever por e-mail no caixa. Você pode criar uma campanha de e-mail destinada aos clientes que chegam, o que pode ajudá-lo a manter contato e recompensar a fidelidade ao seu produto.

Os exemplos acima são todas as coisas que você pode fazer para aumentar a lista de e-mail da sua empresa. A melhor maneira de fazer isso é alavancar várias estratégias nesta lista, ajudando você a alcançar seu público de uma ampla variedade de ângulos e aumentar as chances de aumentar sua lista.

À medida que você aumenta sua lista de e-mail com novos contatos opt-in, você poderá alimentá-los com ofertas no meio do funil que permitem converter leads em estágio inicial em leads prontos para vendas.

Lição #3 – Ficar sem dinheiro!

Gerencie seus fundos!

O Marketing Digital é como qualquer outro negócio – você precisa executá-lo lidando com seu dinheiro com sabedoria e construindo-o passo a passo. Roma não foi construída em um dia e se você tentar apressar o processo, você vai se gastar na casa dos pobres e seu negócio de Marketing Digital se tornará uma obrigação financeira!

Alguns networkers, em sua busca incansável de ‘ir até o fim’, renunciam a seus empregos e queimam suas pontes, selando seu destino em um estado de coisas “faça ou morra”. Isso pode parecer uma tentativa digna, mas ninguém respeita um mártir do Marketing Digital que perde tudo na vida porque ele ou ela não era um indivíduo de negócios experiente.

Não gaste, repito, toda a sua receita em produtos (o nível de entrada mais alto, se você não puder pagar), materiais de treinamento e ingressos para seminários enquanto hipoteca sua casa, refinancia seu carro e vende tudo o que não está pregado. Você precisa de receita para sobreviver e, sem ela, não pode levar seu negócio ao nível seguinte.

Em poucas palavras, você não pode ‘Go Diamond’ amanhã se não tiver dinheiro para sacar hoje. Existem muitos líderes de Marketing Digital na indústria que chegam ao topo não pagando suas contas com seus cheques mensais de comissão… Alguns deles mantêm seus empregos diários, enquanto outras pessoas usam um sistema de ‘proposta financiada’ para gerar fluxo de caixa mesmo quando os indivíduos não

Lembre-se, o Marketing Digital paga pouco no início, mas somente depois que seu negócio estiver estável e crescendo, você poderá alcançar riqueza, liberdade e crescimento a uma taxa exponencial! Esse dia chegará, mas antes que isso se concretize, você precisa ser realista e aguentar o hoje… caso contrário, você nunca verá o amanhã.

Lição #4 – Ninguém se importa!

Sem credibilidade, ninguém se importa

No Marketing digital, é muito difícil mostrar aos outros que você é bem-sucedido quando está apenas começando. Você ouvirá muitos fazerem aquela pergunta incômoda: “Então, quanto de renda você está gerando em seu negócio agora?”

Parece bastante irritante, certo? Você não gostaria que as pessoas ficassem quietas e apenas se juntassem ao seu negócio ou comprassem seu produto? Deixe-me compartilhar com você um pequeno segredo – um networker sinceramente bem sucedido nem vai ouvir essa pergunta feita por seus clientes potenciais.

A razão pela qual seus leads farão essa pergunta é porque você não tem, literalmente, nenhuma credibilidade! É o marketing de credibilidade que gera leads e vendas; credibilidade que lhe dá o negócio de referência sempre importante e lucrativo.

Antes de construir um edifício muito grande, você precisa construir a base primeiro. Você pode levar muito tempo lançando a fundação antes de ver um único tijolo colocado, mas é merecedor de todo o tempo do mundo estabelecendo a fundação correta. Construir seu negócio de Marketing Digital é exatamente como esse cenário que acabei de dizer.

A credibilidade pode ser alcançada por meio de depoimentos, estudos ou testes de fontes reconhecidas. Testemunhos podem ser complicados, você precisa saber como usá-los corretamente para ter certeza de acertá-los. Os estudos precisam ser documentáveis ​​(encontráveis) ou feitos por uma terceira parte ou fonte credível reconhecida. Os testes são da mesma família; não basta dizer “estudos provam que…, é preciso dizer” Um estudo de 1998 da Universidade de Boston. Faculdade de Medicina diz…

Indivíduos que não gastam tempo construindo sua credibilidade provavelmente construirão seus negócios em uma base instável. Se você gastar tempo estabelecendo as bases construindo sua credibilidade e estabelecendo seu nome (ou sua marca), descobrirá que construir seu negócio mais tarde é muito mais fácil, pois você não precisa convencer as pessoas repetidamente de que você o que é preciso para levá-los a alcançar o sucesso.

Além do mais, ter uma forte credibilidade exige que seus downlines trabalhem mais para você e para eles mesmos. Se você estiver em um negócio sem credibilidade, seus downlines não o ouvirão nem um pouco, assim como as pessoas não comprarão produtos.

Lição #5 – Você precisa de mais do que motivação!

Mantenha a motivação em perspectiva

A motivação está entre as maiores mentiras do Marketing Digital e a maioria das pessoas, incluindo seus mentores, não reconhecem que a motivação, por si só, não é suficiente para ajudá-lo a ter sucesso em uma pequena empresa.

Eles dizem que você não tem ‘crença’ suficiente. Outras pessoas podem dizer que você não quer o sucesso o suficiente. Mas, na verdade, todos nós suspeitamos, no fundo de nossos corações, que o ‘sistema’ não está funcionando!

Você prefere reconhecer por quê? É porque os indivíduos que estão motivados para ter sucesso, mas não têm um sistema de marketing adequado, vão enfrentar muitas derrotas eventualmente. Se você está dirigindo um carro, precisa de gasolina, não de motivação ou esperança. Você é capaz de se motivar a chegar a algum lugar, mas sem gasolina,

Da mesma forma, mesmo que você tenha todo o combustível do mundo para o seu carro, mas não tenha um roteiro, você se sentirá perdido, nunca chegando a lugar algum… Não se importe se você não está chegando aonde precisa! É hora de cortar a porcaria e examinar a verdade por trás do marketing de rede.

Depois do que verificamos acima, reconhecemos que você precisa obter leads, nutrir seu fluxo de caixa e entregar a oferta certa para as pessoas certas e se concentrar na construção de um funil de marketing automático para obter os melhores resultados em sua internet negócios de comercialização. No final do dia, você precisa de mais do que simplesmente motivação para ter sucesso.

Você precisa entender que gerar receita com Marketing Digital requer um plano sólido e algumas boas ferramentas. Nada acontece por acaso e o sucesso é sempre um processo bem desenhado, bem executado, que não se materializa da noite para o dia. (Líderes com as maiores redes não patrocinam os pesos pesados ​​ou os melhores líderes por acaso, há sempre muito trabalho de fundo acontecendo que você não pode ver, então é tudo sobre o quão duro e inteligente você trabalha…) Além disso, é preciso aprender a ajudar os outros ao longo do caminho, o que acabará por ajudá-los a longo prazo.

Lição nº 6 – Duplicação é a chave!

As pessoas querem que você mostre a eles o caminho

Se por determinação absoluta você negociar com o cold call seu caminho para o sucesso, morder a bala e engolir toda a rejeição abrasiva de estranhos e bater em 1000 portas para vender seus produtos por dinheiro, então você tem minha admiração .

A única parte lamentável sobre o uso do método de marketing de rede da velha escola é esta – você pode ter entranhas de ferro de aço, mas posso apostar que a maioria absoluta dos downlines em sua rede não será capaz de segui-lo pelo longo e estreito caminho .

Coloque claramente:

Se você não tiver um sistema duplicável que seja simples o suficiente para que seus downlines sigam, você será um guarda-florestal solitário. É da natureza humana jogar a toalha facilmente… apenas alguns selecionados prevalecerão acima de todas as probabilidades e lutarão pelo sucesso, mas no marketing de rede, você nunca sobreviverá sozinho. Mas como é imaginável? Você não exige que seu pessoal se sente e faça uma centena de ligações frias todos os dias, não é?

A verdade é – seus downlines não podem ser como você o tempo todo. Eles podem falar como você, mas não há como replicar o carisma, a segurança ou mesmo o estilo que você usa para ‘fechar’ seus clientes potenciais! (Se você é um CEO de uma grande corporação, você não pode pedir ao seu downline de 18 anos para andar e falar como você na frente de seus clientes potenciais, certo?)

Seus downlines, independentemente de quão trabalhadores eles sejam, não poderiam nem ter contatos como você e eles também terão dificuldades para construir seus contatos! Mesmo assim, existe uma maneira de duplicar o processo de geração de leads e é bastante simples reduplicar e obter resultados reproduzíveis dia após dia.

Mais uma vez, exige que você se aventure na rede e construa um sistema de marketing adequado com recursos automatizados. A notícia benéfica é que os ‘robôs’ são mais previsíveis em comparação com os seres humanos. Se as pessoas que você está tentando ensinar são tímidas ou introvertidas, ir na rede para construir seu negócio de Marketing Digital pode ser a verdadeira chave para desvendar os enigmas por trás de como o Marketing Digital funciona!

Lição #7 – Você deve crescer!

Estar estagnado não ajuda

em nada Fala-se muito sobre o crescimento do Marketing Digital e o potencial de crescimento da renda que existe na ‘net’. No entanto, há um grande problema que há uma escassez de conhecimento e, mais significativamente, uma falta de habilidades de aprendizagem.

O Marketing Digital é composto por 3 partes principais: Produtos – Afiliados – Consumidores.

O profissional de marketing, o Afiliado, está em falta. A taxa de atrito é alta e a habitual falta de recursos, financiamento e habilidades de vendas especializadas não são facilmente desenvolvidas. O Marketing Digital é reconhecido como uma força na economia e demonstrando crescente sucesso na aquisição de riqueza de muitas pessoas.

Mas, você deve crescer incessantemente e expandir sua mente. Aprender é fundamental. Se não o fizer, ficará preso às mesmas habilidades e pensamentos e nunca perceberá quando estiver atolado em complacência e rotina.

A atual desaceleração econômica é a principal responsável pela mudança no número de indivíduos para o Marketing Digital que provavelmente estão mal equipados com as habilidades essenciais para competir no mercado muito competitivo da rede.

Percebe-se que novos recrutas podem se juntar como afiliados e obter ajuda prática mínima e os fóruns são postados com pessoas pedindo AJUDA! A deficiência de financiamento é sempre um perigo e isso por si só é difícil de lidar com a pressão do marketing.

Um pedido de ‘mostre-me o que fazer’ não é suficiente. É preciso engolir muitos conselhos de ‘aprender a ganhar’. Provavelmente o conselho é bem intencionado, mas o conselheiro também precisa de ajuda. Então a dança continua .

A linha inferior é… que para ser bem sucedido no Marketing Digital hoje, cabe a você ir atrás e aprender todas as novas habilidades que puder. Cabe a você se tornar um especialista em seu campo para que você possa ajudar outras pessoas no mesmo caminho. Procure aqueles em seu campo que têm um sucesso comprovado. Além disso, busque novas técnicas e ferramentas inovadoras. Ficar à frente do jogo do conhecimento garantirá que você e sua empresa nunca ficar estagnado!

Lição #8 – Não procrastine!

A procrastinação o colocará atrás do jogo!

Adiar as coisas é um assassino, principalmente no que diz respeito ao marketing. Você precisa de um plano e um sistema de gerenciamento de tempo em vigor. Priorize seus trabalhos e mantenha listas de tudo o que precisa ser feito. E não importa o quanto você não sinta vontade de fazer algo, apenas tire isso do caminho e NUNCA deixe para o dia seguinte!

A procrastinação é um problema muito grave e pode nos impedir de alcançar o sucesso que desejamos. Se você procrastinar, provavelmente pode me dar ou me mostrar uma grande lista de deveres que você não conseguiu resolver, ou pelo menos não conseguiu cuidar deles até o último minuto, em que o mal é mais provavelmente já feito.

Embora a procrastinação possa parecer um conceito fácil e até inócuo, ela pode realmente resultar em alguns problemas graves. Então, mesmo que geralmente apenas riamos e façamos disso uma piada… quando o nível de sucesso que você deseja não está sendo alcançado, não é mais motivo de riso.

Eu realmente acredito que a procrastinação periódica deve ser antecipada na vida da mesma forma, quando chega ao ponto de sua vida parar e seus objetivos não estão sendo alcançados, então é hora de dar uma olhada séria no estado das coisas e descobrir como fazer as coisas avançarem.

Todos nós carregamos nossas próprias razões pessoais pelas quais decidimos não cuidar de nossas obrigações. Para alguns de nós, pode ser a única coisa que vejo muito com novos indivíduos que estão tentando se mover online, e isso é… Não estabelecer metas adequadas.

As tarefas e os objetivos que estabelecemos podem parecer muito difíceis e a velha zona de conforto que eu lembro frequentemente nos atrapalha mais uma vez. Decidimos que a dor de realizar essas tarefas aparentemente difíceis será pior do que a dor que estamos vivendo agora.

A maioria de nós determina uma meta semelhante à seguinte… Vou começar a ganhar de 3 a 5 mil dólares por mês e eliminar meu chefe.

Ei, isso soa estranho, mas o único problema com esse tipo de definição de metas é que você não tem etapas de ação definidas para chegar à meta desejada que acabou de definir. Do jeito que eu vejo, você basicamente falou ou escreveu um sonho que você tem. Você não definiu uma meta. Metas são etapas de ação que levam você ao resultado final desejado.

O estabelecimento de metas é algo com o qual muitos novos empreendedores parecem lutar. Você realmente precisa compreender o que é a procrastinação e quão perigoso pode ser para você, por que sua vida está sofrendo por fazer essas escolhas? Ou devo dizer NÃO fazer essas seleções.

Você pode não ser confrontado com decisões dolorosas agora em sua vida, mas posso garantir que há algo em sua vida agora que você deseja mudar para melhor. Há também uma grande chance de que você possa fazer essas mudanças se puder acabar com a procrastinação. Se você realmente está procurando ganhar dinheiro online, posso aconselhar que é hora de alterar alguns de seus hábitos e viver a vida que você merece!

Lição #9 – Evite as Armadilhas!

Dicas para evitar a bagunça

Se você quiser evitar todas as armadilhas vergonhosas dos 97% dos representantes de marketing de rede que não conseguem equilibrar ou patrocinar um representante para salvar suas vidas, essa pode ser uma das lições mais importantes que você aprenderá. Afastar

-se das 7 armadilhas exige que você:

(1) Construa uma credibilidade sólida para si mesmo
(2) Produza um sistema de marketing para seu negócio de marketing na rede
(3) Renderize leads e prospects direcionados
(4) Monetize seus leads e gerar fluxo de caixa para o seu negócio
(5) Estabeleça um relacionamento sólido com seus leads
(6) Entregue a oferta certa assim que eles se aquecerem com você e você estabelecer o relacionamento
(7) Duplique todo este sistema perfeitamente e ajude os outros ao longo do caminho

Veja como você pode alcançar as dicas acima – você deve se concentrar em construir sua credibilidade primeiro. Há uma maneira de conseguir isso, mesmo que você seja um novato em marketing… é lançando seus próprios livros.

Você vê, no Marketing digital, os indivíduos sempre distribuem livros escritos por outras pessoas. Quando alguém lê um livro, isso cria um forte vínculo entre o leitor e o autor e até cria credibilidade em frações de segundo! Na verdade, quando você tem seu próprio livro, em vez de distribuir livros de outros escritores, seus downlines podem distribuir SEU livro, na verdade construindo SEU negócio de Marketing Digital e construindo SEU nome ao mesmo tempo (em vez de outro escritor famoso. ..)

A Internet é o meio completo para fazer circular o seu livro. Em formato digital, as pessoas podem baixar seu livro sem custo de duplicação (sem estoque, sem papel envolvido – apenas um arquivo PDF!)

Centenas, até mesmo milhares de pessoas podem baixar seu livro e saber quem você é! Na verdade, a Internet também é o lugar onde você pode obter infinitas ligações para o seu negócio! Você é capaz de obter uma fonte infinita de tráfego dos motores de busca, blogs, fóruns, Facebook, MySpace e muitos outros sites populares – estamos falando de 1000000s de visitantes online. Então, isso significa posicionar seu negócio na rede onde as pessoas podem encontrá-lo? Naturalmente!

“Por outro lado, nem todo mundo pode compor seu próprio livro, certo?” Sim, eu entendo que nem todo mundo tem a habilidade de escrever como JK Rowling ou Stephen King. E os ghostwriters não são baratos hoje em dia. Existe uma maneira diferente de obter seu próprio livro? Naturalmente – chama-se Private Label Rights (PLR)! Depois de criar um relacionamento forte com seus clientes, eles comprarão suas ofertas imediatamente. E o melhor de tudo, você pode duplicar todo esse sistema sem falhas e ajudar outras pessoas a alcançar o sucesso!

Lição #10 – A razão pela qual as pessoas normais não podem ganhar dinheiro online!

Vamos começar com talento, habilidades ou como preferir chamar. Se você estudar alguns dos sites por aí, você pensaria que tudo o que você precisa fazer é apertar um botão e POOF… a renda vem caindo do céu. Simplesmente não funciona assim. Qualquer negócio, e não importa de que tipo seja, exige trabalho e boa parte desse trabalho exige algum tipo de habilidade ou treinamento ou dinheiro para contratar trabalhadores treinados para fazer o trabalho para você.

Por exemplo, digamos que você gostaria de administrar um simples negócio de marketing onde você escreve artigos para promover produtos afiliados. O modelo para este tipo de marketing é na realidade muito fácil no que diz respeito às etapas envolvidas. No entanto, há muita habilidade e talento necessários para fazer esse modelo funcionar.

Para começar, você tem que ser capaz de escrever. Diferente da opinião popular, nem todos sabem escrever. Sobre os indivíduos não têm absolutamente nenhuma habilidade de composição. O que esses indivíduos vão fazer? Claro, eles podem tentar obter o treinamento. Não há garantia de que eles possam fazer funcionar, principalmente se o inglês não for sua língua materna. Claro, eles podem simplesmente terceirizar a escrita para outra pessoa, mas isso exige dinheiro. E alguns indivíduos não têm nenhum. Isso é um fato da vida que não vai desaparecer.

Antes mesmo de você chegar ao ponto de escrever, há habilidades adicionais que são necessárias, como pesquisa de palavras-chave e pesquisa de nicho. Com certeza você quer descobrir um nicho onde as pessoas estão gastando dinheiro e um produto que comprovadamente vende. Esta não é uma habilidade inata. Ele precisa ser aprendido, assim como tudo o mais.

Mas mesmo que possamos ir além da parte de habilidades da questão, ainda há uma coisa que atrapalha a maioria das pessoas que nunca terão sucesso. Tudo se resume a ética de trabalho. Algumas pessoas simplesmente não estão preparadas para fazer tudo o que é necessário para torná-lo online. Claro, eles dizem que são, mas quando tudo se resume a isso… quando eles vêem quanto trabalho está realmente envolvido… eles desistem. Por quê? Porque é demais para eles.

Certamente, parte da culpa deve ser suportada por essas páginas de vendas com alegações absurdas e promessas vazias. Eles fazem parecer tão simples, quando na verdade… não é. E essa é a dura e fria verdade. Ganhar dinheiro online, independentemente do que alguém lhe diga, não é fácil. Se fosse, todo mundo estaria fazendo isso. Combine isso com a mentalidade de direito que temos no mundo (as filas de loteria são muito longas hoje em dia) e você tem uma receita para a tragédia.

A conclusão é fácil… Algumas pessoas não têm as habilidades, o dinheiro, a disciplina ou o treinamento para fazer isso online! Mas porque você está lendo isso, você e eu sabemos que esse não é o caso – é?

Lição #11 – Não se concentre em ganhar dinheiro!

Esta é a chave

O balanço geral do beisebol e um erro aqui: Acreditamos que nosso propósito nos negócios é ganhar dinheiro quando nosso propósito nos negócios é construir UM NEGÓCIO que dê dinheiro. Essas duas coisas são criações à parte, e quase todos os negócios com os quais trabalho estão totalmente enterrados em ganhar dinheiro, o que os impedirá de ganhar muito dinheiro. Por quê?

Porque as empresas estão em uma batalha incessante para equilibrar 2 coisas: o absolutismo do que é urgente e a precedência do crucial.

As coisas urgentes em nosso negócio vêm voando para nós o dia todo diariamente, induzindo-nos a ser REATIVOS e defensivos em apenas manter os negócios juntos da melhor maneira possível. Entre as maiores coisas que vêm voando para nós diariamente está a necessidade de ganhar dinheiro para cobrir as contas de hoje.

Ficamos tão acostumados com essa força que, mesmo quando ela não está mais lá, e estamos ganhando renda suficiente para comprar uma banheira de hidromassagem por impulso e sair de férias algumas semanas por ano para algum lugar exótico, nunca deixamos esse estilo de negócio . Nós realmente acreditamos que o objetivo é ganhar dinheiro. É um impasse e uma grande razão pela qual a maioria das empresas, se alguma vez crescerem, não o farão por muito tempo.

Por outro lado, as coisas cruciais ficam no canto e sussurram para nós: “Eu sou realmente crucial, mas você está certo, me atender hoje não vai lhe render mais renda hoje”.

Atender às coisas cruciais exige que sejamos PROATIVOS, pois as coisas cruciais quase nunca parecem urgentes. Cuidar da prensagem pode até lhe trazer riquezas (dinheiro), mas cuidar do crucial lhe trará Riqueza (liberdade e capacidade de Escolher o que fazer com seu tempo). Você deseja Riquezas que não tem tempo? utilizar, ou Riqueza que permite ao seu negócio gerar renda enquanto você está de férias?

Uma amostra do crucial: se você parar de ganhar dinheiro por tempo suficiente para escrever as fórmulas que acha que está utilizando, não ganhará mais dinheiro hoje fazendo isso. Mas agora você tem algo que economizará muito dinheiro em retreinamento, qualidade discrepante de produtos ou serviços para seus clientes, estresse, gerenciamento de crises e assim por diante. Mas como não podemos ver uma maneira de nos render renda agora, sempre descobrimos uma maneira de adiar para “mais tarde” (psst… depois nunca chega).

A chave é descobrir um equilíbrio adequado entre ganhar renda agora (reagindo à pressão) e estabelecer UM NEGÓCIO que ganhe renda no futuro, mesmo sem estar lá (atender proativamente ao crucial agora, não “depois”!). Se você está centrado na prensagem, você

A chave é produzir o equilíbrio adequado entre esses 2, para que você possa pagar suas contas agora e garantir que está produzindo um negócio que gera renda sem você no caminho. Não é tão difícil quanto fazemos (e também não demora tanto)!

Lição #12 – Criando Valor!

Um olhar sobre o valor Valor

imperfeito –

Digamos que eu escreva um novo artigo e muitas pessoas me enviem comentários como: “Ótimo artigo. Isso foi incrível! Obrigado por escrevê-lo.” Isso significa que eu produzi valor verdadeiro? Bem, talvez eu tenha produzido alguns. Eu posso ver que alguns indivíduos se sentiram bem, mas isso é uma mudança realmente positiva? Eu diria que não, não de verdade. O efeito provavelmente será de curta duração. Não posso dizer que entreguei muito valor verdadeiro.

Muitos blogueiros escrevem artigos que geram esse tipo de feedback. Você pode ler esse conteúdo e pensar consigo mesmo: “Isso foi legal”. Mas uma semana depois você se esqueceu completamente disso, e nada em sua vida mudou. O único valor que você realmente conseguiu foi talvez um minuto de entretenimento ou distração. Não há muita evidência de alteração positiva real. Criar artigos impactantes é muito ambicioso. Nem sempre sei o que fornecerá valor forte versus valor imperfeito.

O valor recebido depende do leitor caso a caso e também das circunstâncias de sua vida. Alguns indivíduos recebem enorme valor ao reler um artigo antigo que anteriormente não significava muito para eles.

Valor Potente –

Digamos que você esteja andando em uma conferência e alguém o reconheça e diga: “Estou tão feliz por finalmente vê-lo! Tenho que lhe contar nossa história. No início deste ano, li um de seus artigos. Esse artigo me convenceu para fazer grandes mudanças na minha vida. Estou adorando. E nossos clientes também estão gostando. Muito obrigado pelo trabalho que vocês fazem.”

Esse novo negócio é algo tangível. Esta é uma mudança realmente positiva. Esse artigo obviamente forneceu mais do que apenas valor de entretenimento fugaz. Teve um efeito duradouro.

Muitos outros blogueiros chegaram ao ponto em que podem entregar consistentemente um valor fraco também, e é aí que ficam estagnados. Eles continuam recebendo feedback de “bom artigo” em todas as postagens, mas, no entanto, não estão obtendo os resultados desejados. Eles se perguntam o que está faltando, pois o feedback parece indicar que eles estão indo muito bem. A questão é que esses blogueiros nunca fazem a conversão de valor fraco para valor potente. Eles não elevam seus padrões a ponto de produzir afeto em vez de apenas entretenimento.

A Net já está entupida de valor imperfeito. Você pode passar o resto de sua vida assumindo o valor imperfeito que já foi postado – lendo posts de blogs, assistindo a vídeos, etc. É incessante. Mas, finalmente, não é nada valioso. Como você resolve como fornecer valor sólido?

Você começa criando coisas que fornecem pouco ou nenhum valor. Então continue experimentando. Continue tentando coisas diferentes. Busque maneiras de melhorar. Dessa forma, você progredirá para um valor leve e, finalmente, para algum valor potente. Com a prática você vai afinar. Você aprenderá a fornecer mais valor.

O poder de produzir valor potente é o resultado da alta produção originária. Quanto mais você criar material, mais rápido você resolverá como produzir algo bom.

A abordagem mais densa que você pode empregar é ficar parado e não produzir nada. Se você não consegue uma dica de como começar a produzir e entregar algum valor aos indivíduos, você deve estar cego. Se você é realmente sem noção, então seja voluntário. Vá ajudar quem precisa. Você descobrirá rapidamente que, se tiver pulso, será capaz de fornecer valor aos indivíduos.

Se você realmente não sabe o que fazer, apenas vá ao ar livre e ande por aí. Não vá para casa até descobrir algo que possa fazer para tentar produzir valor.

Você descobrirá como fornecer valor potente quando estiver em movimento. Somente o ato de criação permitirá que você resolva como produzir valor potente. Você vai descobrir à medida que avança.

Seu palpite inicial sobre como produzir valor não será perfeito. Liberte-se do mito de que, se você tiver a ideia correta, será um criador de valor de alto nível desde o primeiro dia. Simplesmente não funciona assim.

Cada vez que você produz um valor imperfeito, isso serve como uma experiência de aprendizado. Cada vez que você ouve um feedback como “boa música” – ou pior… talvez sons de críquete – você é capaz de aprender com isso. Você pode dizer: “Bem… isso é péssimo. Vou ter que tentar outra coisa.”

Então aqui está a regra a seguir: Crie mais que zero. É isso genuinamente. A única maneira de estragar tudo é ficar sentado pensando e se sentindo fraco. Essa é a única maneira de bombardear. Não fazer nada é fracasso. Não produzir nada é fracasso. Produzir algo, por mais podre que seja, é sucesso… contanto que você continue melhorando!

Lição #13 – Os compradores são espertos!

Mantenha-os felizes!

A regra de ouro inicial de qualquer negócio é descobrir a demanda. Com programas de marketing, você provavelmente receberá uma variedade de produtos para vender. Verifique a demanda desses tipos de coisas. Você deve tentar ficar longe de itens da moda. Eles venderão como loucos em um minuto, mas você os distribuirá no próximo. Você precisa de itens que você sabe que as pessoas querem e precisam. Dessa forma, seus objetivos de vendas de longo prazo serão alcançados.

Seguir… é não se limitar a apenas um produto. Tente oferecer uma variedade de itens. Muitos programas de marketing oferecem uma escolha, e é melhor ir com eles. Basear seu negócio em um produto pode funcionar no curto prazo. No entanto, alguém finalmente virá com algo melhor e/ou mais barato.

3º, você precisa diferenciar seu negócio de outras pessoas. Você precisa demonstrar o que faz de você e o que você oferece melhor de outras pessoas. O que você oferece que o diferencia de outras empresas? Você deve sempre usar o tato ao discutir sua concorrência. Descartá-los ou ser rude só vai sair pela culatra em você. Fale sobre as vantagens que você oferece e deixe por isso mesmo.

Em seguida, você deve sempre fazer o seu melhor para garantir um atendimento rápido e eficaz aos seus clientes. No entanto, chegará um momento em que haverá uma falha. Você precisa manter seus clientes informados e cientes do que está acontecendo. Acontecem coisas que estão além do seu controle. A maioria dos clientes perdoa muito se eles estão cientes disso. Manter seus clientes no escuro pode resultar em perdê-los para sempre e em toneladas de reembolsos.

Finalmente, mantenha seus compradores felizes. Quanto mais felizes eles são, maior a probabilidade de retornarem. Ofereça incentivos aos seus clientes, como economia na próxima compra. Pode custar-lhe mais’, mas apenas a curto prazo. Manter seus compradores satisfeitos fará com que eles o encaminhem para outras pessoas. Certifique-se de que seus produtos são de alto valor e qualidade também.

Os negócios online são mais fáceis porque minimizam os riscos. Todo o resto é como qualquer outro negócio. Você precisa trabalhar duro para manter seus compradores felizes. Você precisa se diferenciar das outras pessoas e se proteger do pior. Ao seguir os conselhos aqui, você estará dando ao seu negócio a melhor chance possível de sucesso e reduzindo os reembolsos!

Lição #14 – Os melhores produtos não vendem sozinhos!

Dicas de Atenção

Talvez você já tenha ouvido o termo: Construa um produto melhor e eles o comprarão. Bem, por mais capital que pareça, mesmo o melhor produto ainda não venderá se as pessoas não souberem que ele existe. Eles ainda não vão comprá-lo se não descobrirem o valor nele.

Na era de hoje, onde as pessoas são inundadas com mensagens publicitárias dia após dia, você precisa de uma mensagem melhor do que todo mundo para se destacar e ser notado.

  1. Faça o que for preciso para ‘impactar’ seu público

O que você está fazendo para se destacar da multidão? Você precisa se destacar como um polegar dolorido e ter certeza de que é lembrado. O que você está fazendo em sua marca que torna você e seu produto memoráveis? Você não pode ser tímido aqui. Demonstre entusiasmo em seus produtos e serviços. Mostre às pessoas que você ama o que está fazendo. Isso por si só terá um impacto imenso. Ser chamado de cara ou garota que incendeia a sala.

  1. Não é apenas sobre a venda

Você conhece “o cara”? Você sabe, o cara que chega pega seu nome e continua falando por vinte minutos sobre o quão maravilhoso é o produto dele e como todo mundo precisa do produto dele? Sim, aquele gato. Não seja esse cara. Comece estabelecendo um relacionamento

  1. Transforme em experiência

Na era de hoje, mais do que nos últimos vinte anos, as pessoas estão comprando de pessoas, não de empresas. Tenho certeza que você já pegou essa frase antes, mas é mais verdadeira do que nunca. Uma vez que vou a um café, costumo ir mais por causa do ambiente e das pessoas do que pelo café. Eu tenho uma loja que fui por um longo tempo por causa dos indivíduos de lá e de como eles eram amigáveis. Francamente, não gostei muito do java deles. Eu estava lá por causa da sensação que eles me deram. Indivíduos amigáveis. Grandes mesas para o meu computador portátil e um espaço agradável em geral.

  1. Sempre estar promovendo

Como PT Barnum foi chamado de o maior promotor da Terra, você também tem que estar promovendo o tempo todo. Agora eu não quero dizer para sempre estar lançando, mas sempre estar preparado para discutir o que você é capaz de oferecer a outras pessoas. A maior pergunta que você deve fazer às pessoas que conhece é: “Como posso servi-lo?”

Tenha sempre seus cartões de visita à mão. Ofereça conselhos a outras pessoas relacionadas ao que você faz e como elas podem se beneficiar de seus produtos e serviços. Que problema eles têm para o qual você tem a solução? Como você pode economizar tempo, receita ou simplificar sua vida febril? Se você mantiver esses assuntos em mente com o seu negócio e fizer tudo o que puder para se manter à frente de seus clientes potenciais e compradores, você terá salto sobre qualquer outra pessoa em seu setor. Francamente, a maioria das empresas gasta uma tonelada de receita em publicidade e marketing fora de foco que não está se pagando. Essas etapas fáceis por si só vão divulgar seu nome com muito mais facilidade e construir uma reputação melhor para você e sua empresa. O que você está fazendo para se destacar do rebanho em sua indústria?

Lição #15 – Construa Relacionamentos Primeiro!

No mundo do marketing de rede, a conversão de um visitante em comprador é feita por meio de relacionamentos. O objetivo de qualquer site é atrair visitantes. Mas isso é só o começo. Um visitante único é apenas isso, uma chance de venda ou conversão. Quando um visitante é aquele que volta repetidamente, ele é mais do que um visitante, ele se torna um comprador e o comprador tem o potencial de trazer retornos reais.

A questão então se transforma em o que faz esse indivíduo voltar? Naturalmente há o conteúdo que o site oferece para agregar valor que os fará querer voltar. Mas pode ser mais do que isso. O que vai fazer alguém preferir voltar sempre é o sentimento de pertencimento. É aí que a relação começa. A relação que é construída serve como uma ponte entre o comprador e o site.

A coisa inicial no estabelecimento de um relacionamento é a construção da confiança. Muitos sites acumulam endereços de e-mail e informações com a intenção de vender esses dados para outras pessoas com fins lucrativos. Esses dados vendidos são então utilizados como listas e possivelmente como spam. Como um site respeitável, isso deve ser uma doutrina óbvia e o primeiro alicerce da confiança é uma política publicada de que os dados nunca serão vendidos, negociados ou comprometidos de outra forma e rigorosamente aplicados.

A maioria dos clientes deseja ser informado sobre informações atualizadas sobre um assunto de interesse, produtos frescos no mercado e, em geral, notícias. O que eles não querem é a sensação de receber spam. Mesmo nos melhores ambientes, há um excesso de dados e, se o cliente se sentir bombardeado, não construirá uma base benéfica.

É melhor que o site ofereça várias opções de atualização. Como um todo, o e-mail na forma de boletim informativo é o mais comum, mas pode ser a forma de comunicação mais irônica se não for utilizada corretamente. Se o site oferece atualizações diárias, também deve oferecer uma compilação semanal para que o usuário possa obter as mesmas informações, mas apenas uma vez por semana, ou mesmo uma vez por mês.

Ao utilizar o e-mail para comunicação, mantenha os compromissos assumidos. Se o site disser que enviará atualizações uma vez por dia, não envie mais do que isso. Se disser que enviará dicas para facilitar a vida dos usuários, não envie propostas de vendas. Nada vai irritar um comprador do que ser aproveitado!

Lição nº 16 – Fidelizando o cliente!

Mantenha-os leais

Durante meu tempo lidando diretamente com clientes, eu estava construindo a fidelidade do cliente, produzindo clientes que me seguiam em todos os tipos de condições. Eu teria que dizer que a razão número 1 pela qual eu estava estabelecendo a fidelidade do cliente a um nível benéfico foi um resultado direto de como eu pessoalmente conduzi o processo de marketing e a confirmação que obtive de um princípio que usei. O princípio é chamado de “Double Win”, o esquema abreviado é o seguinte;

A única maneira de estabelecer a fidelidade do cliente é empregar o processo de dupla vitória. Isso é alcançado por um profissional de marketing estudando as necessidades do cliente e adaptando sua abordagem para garantir que o produto ou serviço que ele estava comercializando atendesse ou superasse as expectativas do comprador. Isso leva o cliente a ganhar e, como resultado, o profissional de marketing ganha fazendo uma venda e ganhando um cliente que confia nele e, em última análise, indicaria clientes adicionais para ele.

Eu tinha um amigo que durante uma época em que ele estava fazendo vendas cara a cara ele sempre tentava emular esse processo, tentando usar seu conhecimento de calendários de publicidade e adaptá-lo às necessidades dos clientes de uma forma que os beneficiasse, não apenas tentar vendê-los alguns calendários para dar aos seus clientes. Ele nem sempre atingia a marca diretamente com o cliente, mas geralmente eles apreciavam o esforço que ele havia feito e compartilhavam seus pensamentos com ele para que pudessem criar um aplicativo valioso para eles.

Essa abordagem levou o cliente a adquirir um benefício de sua compra, ou seja, manter clientes valiosos e promover novos clientes por exposição e referência. Isso significou que a recessão atingiu eles viram seus calendários como uma ajuda útil para seus negócios e não apenas uma despesa descartável.

O paralelo hoje é a abundância de indivíduos que comercializam na rede por uma razão para prometer um caminho fácil para a riqueza sem nenhum esforço sendo necessário para conseguir isso para que eles possam ter a vitória e sair com a receita, deixando indivíduos descontentes e desencantados em seu velório.

Portanto, a lição seria dar uma olhada deliberada em qualquer programa que você possa estar considerando e avaliar seus benefícios para você e seus futuros compradores. Considere que nada vem fácil e tudo nesta vida que vale a pena exige algum esforço, custo ou sacrifício para realizar. Faça sua pesquisa sobre os indivíduos por trás do programa e tente compreender seus motivos e objetivos. Se isso estiver alinhado com o seu e você se sentir bem, vá em frente e promova-o com total confiança de que você está promovendo um benefício para seus clientes e receberá o benefício de um negócio grande, forte e gratificante enquanto cria clientes fiéis !

Lição #17 – O Funil de Marketing!

Se você está comercializando um produto ou serviço de alto valor e presumivelmente alto lucro, um funil de vendas diretas de várias camadas pode ter grandes benefícios para você e seus resultados.

Um funil de vendas de várias camadas é um exemplo de marketing estratégico que direciona os clientes por meio de uma série de upsells que culminam em seu produto final de alto valor.

Primeiro, reconheça que vender um produto de vários milhares de dólares na rede é algo que acontece diariamente, mas muito raramente é feito imediatamente. Eu sei porque faço isso o tempo todo com a utilização de um modelo de vendas diretas multicamadas.

É uma realidade simples que fazer uma venda para um cliente existente é várias vezes mais fácil do que fazer a mesma venda para um novo cliente em potencial, principalmente se o produto fresco for semelhante ao que o cliente já comprou.

O que não é tão perceptível é que na cabeça do cliente fazer outra compra, um upsell da sua parte, que está no mesmo mundo do preço, é um passo administrável; um ponto de preço em algum lugar aproximadamente 2x a 10x do produto anterior parece funcionar bem.

Então, misturando essas 2 observações, podemos migrar clientes de um produto de nível básico de cinquenta dólares para um produto de nível médio de quatrocentos dólares para um produto de 2.000 dólares com facilidade, pois em cada etapa fornecemos um valor excepcional e mantivemos o próximo “passo” no mesmo domínio de preço que o anterior… este funil de vendas de várias camadas é facilmente modificado para produtos com preços ainda mais altos. Houve quem o tenha usado para vender programas de treinamento de US$ 20.000 facilmente, apenas adicionando um aumento de US$ 9.000 em relação ao produto de US$ 2.000.

Então, por que fazer desta forma? Algumas razões. A 1ª nós já acertamos um pouco, e é porque conseguir vendas repetidas é muito mais fácil de fazer do que conseguir a 1ª venda, desde que você tenha fornecido valor real e tratado bem seus compradores.

Em segundo lugar, e tão crucial quanto, é muito mais fácil otimizar os estágios iniciais do funil de vendas, já que o primeiro passo para se tornar nosso cliente é um produto por menos de US$ 50. Você pode começar a ganhar um pouco de dinheiro enquanto constrói sua base de clientes. E então avance para otimizar os criativos na próxima camada do funil e assim por diante. Este fato por si só permite um plano de otimização muito mais metódico e estratégico, que permitirá lucrar ao chegar ao ponto de fazer a venda de ponta.

Naturalmente, os upsells não serão 100%, mas se você fizer um trabalho hábil de escrever sua cópia de vendas, é fácil fazer upsell de pelo menos um terço de seus clientes ao longo do tempo para cada próximo estágio no pipeline do produto. E já que você está trazendo dinheiro, melhorar cada estágio é muito mais fácil e divertido de fazer!

Lição nº 18 – Use o conteúdo de outras pessoas!

Aproveite

a publicação de um e-book ou relatório geralmente é um projeto demorado que exige uma boa dose de paciência e diligência. Dependendo do seu tamanho, completá-lo pode levar semanas, até meses. O conteúdo de PLR ​​pode ajudar de várias maneiras. Primeiro, use o material para preencher a maior parte do seu produto de informação e polvilhe seus próprios pensamentos ao longo do caminho. 2º, use-o para capítulos ocasionais para adicionar peso ao seu próprio conteúdo. 3º, agrupar um grupo de artigos relacionados para formar um relatório livre; coloque links em todo o seu relatório que incentivem os leitores a comprar seus e-books.

Em alguns mercados, os sites de membros podem sobreviver quase inteiramente com conteúdo PLR (desde que o material seja de alta qualidade). Isso é particularmente verdadeiro se você estiver usando um preço muito baixo ou uma estrutura de preços baseada no acesso vitalício.

Uma observação rápida: tudo o que estou dizendo é sob a suposição de que o conteúdo PLR que você está usando é de alta qualidade. Tem muita gente vendendo material. Algumas delas parecem ter sido escritas por pessoas que têm uma compreensão “menos que perfeita” da língua inglesa. Certifique-se de que o conteúdo que você usa é benéfico, mesmo que isso signifique pagar alguns dólares a mais. Você verá que vale a pena a longo prazo.

Se você não sabe o que é PLR, é essencialmente comprar os direitos de um produto e reivindicar que ele é seu.

Veja o que o PLR pode fazer por você. Você pode:

– Colocar seu nome como o escritor dos livros! Eles são todos seus e você tem todos os direitos para reivindicar a autoria de todos os livros e artigos!
– Venda esses produtos e mantenha 100% dos lucros
– Seja instantaneamente marcado como um especialista em muitos nichos quentes! Nada fica de fora!
– Edite o material – altere os títulos, adicione seus próprios links de afiliados, promova seus próprios produtos, edite-os da maneira que desejar!
– Produza vários fluxos de renda com seus livros! Você tem vinte e oito deles e pode ter vinte e oito fluxos separados de renda entrando!
– Você pode separar o conteúdo em artigos e utilizá-los para direcionar o tráfego valioso dos diretórios do artigo!
– Você pode cortar o livro em partes separadas ou combiná-las para fazer seu próprio livro ultra grande!
– Você pode até mesmo utilizar o conteúdo para produzir seu próprio E-zine ou boletim informativo.

Economize tempo e esforço preciosos!

Quando chegar a hora de preencher uma página ou site, use o conteúdo de outras pessoas através do uso de PLR ​​e você poderá alavancar seus negócios a novas alturas e nunca precisar escrever uma única palavra sua!

Lição #19 – Mercados de Massa vs Nichos!

Essa questão de saber se um profissional de marketing deve optar pelo marketing de nicho ou pelo marketing de massa é discutível.

Existem geralmente 2 filosofias. Um grupo de afiliados argumentaria que o marketing de massa pode atingir um grupo maior de público e, portanto, gerar volumes de vendas. O outro, os profissionais de marketing de nicho atestariam o sucesso do marketing de nicho e a relativa simplicidade para conquistar um nicho. Então, quem está certo e o que deve ser uma escolha para você?

Antes de nos debruçarmos sobre o assunto, precisamos compreender o que é marketing de nicho e marketing de massa. O marketing de nicho centra-se essencialmente na promoção para um mercado pouco apertado. Isso é especialização em jogo e nichos são frequentemente ignorados por grandes players que não se incomodam e não estão interessados ​​nos pequenos volumes de vendas produzidos por meio de nichos. O marketing de massa, por outro lado, tenta atrair a massa geral e fornecer uma variedade de produtos.

Se você é um afiliado, a pergunta que você deve fazer é que tipo de trabalho você está preparado para fazer, e não se o marketing de nicho ou o marketing de massa é melhor. O marketing de nicho se concentra em encontrar pequenos mercados com demanda, mas oferta fraca e, portanto, muito mais fácil de dominar. Ao mesmo tempo, para expandir seu negócio de marketing de afiliados para um amplo, você precisa capturar muitos nichos.

Então, se você é um que prefere variedade e não se importa em tentar e testar novos nichos, então, por todos os meios, capitalize o marketing de nicho. Isso também exige que você pesquise muitos tópicos e assuntos diferentes que são totalmente alheios uns aos outros. Ao mesmo tempo, a atenção deve ser espalhada para lidar com diferentes sites de nicho e você pode enfrentar o aperto do tempo.

“O marketing de massa é para os grandes e para as pessoas que pensam como os grandes.”

Isso é o que você tem vindo a ouvir com muita frequência. Mas os meninos grandes já foram pequenos também. Eles começaram pequenos e lentamente amadureceram em um tamanho a ser considerado. Da mesma forma, se você estiver preparado para trabalhar duro e expandir consistentemente seu negócio de marketing de massa, com o tempo, verá seu negócio florescer. Mas isso exige muita coragem e paciência, que não é o que todo mundo tem.

Uma observação interessante a ser mencionada é que muitos afiliados bem-sucedidos começam com o marketing de nicho primeiro antes de passarem para o marketing de massa. Talvez a gratificação instantânea proporcionada pelo marketing de nicho torne mais agradável começar com esse modo de marketing de afiliados em vez do marketing de massa. Afinal, todo afiliado precisa encontrar alguma renda real entrando em suas contas para se manter motivado.

No entanto, se você quiser entrar no reino do ultra-sucesso, você realmente precisa adaptar uma mentalidade de marketing de massa!

Lição # 20 – Marketing seus pontos fortes!

Dicas de marketing e dinheiro Distribuir

conteúdo é uma maneira poderosa de obter publicidade gratuita, especialmente com anúncios colocados em destaque. Por exemplo, dê permissão a outras pessoas para usar seu artigo em seu site ou em seu e-zine. A caixa do recurso no final do seu artigo funciona como um anúncio. Reciprocamente, você recebe publicidade gratuita. É uma situação ganha/ganha tanto para você quanto para as pessoas que precisam do conteúdo adicional.

Existem muitas formas de conteúdo gratuito. Podem ser artigos, relatórios, notícias, e-books, e-zines, e-mags, cursos virtuais por e-mail, comunicados à imprensa, livros na web e assim por diante.

Você pode dar um passo adiante e tornar a distribuição de conteúdo uma maneira ainda mais robusta de obter publicidade gratuita. Por exemplo, dê seu e-book grátis para uma pessoa e dê a ela o direito de doar da mesma forma. Você vê o que eu estou levando? Vamos supor que apenas vinte pessoas baixem seu e-book. Essas vinte pessoas podem doar seu e-book para mais vinte pessoas. Isso é um total de quatrocentas pessoas que viram seu anúncio no e-book. E só continua crescendo! Certifique-se de que seus anúncios sejam colocados com destaque em seu conteúdo.

Se você continuar criando conteúdo gratuito por um longo período de tempo, ele começará a se expandir. Agora, pegue todo o seu conteúdo gratuito e crie um diretório online. Você pode utilizar seu diretório de conteúdo gratuito como um gerador de tráfego do site. Você pode pedir às pessoas que adicionem o diretório ao site deles vinculando ao seu!

Também certifique-se de comercializar seus pontos fortes. Nossa cultura nos instrui a nos concentrar em nossas fraquezas e depois melhorá-las. Embora a prática seja vital para a melhoria em alguns campos, é mais crucial se concentrar em seus pontos fortes. Ao transformar seus pontos fortes em superforças, seu valioso tempo pode ser gasto em campos onde você se sente bem situado.

Você aprende com seus fracassos, mas aprende muito mais com seus sucessos. Para a mesma racionalidade, utilizamos a frase: “Mantenha seu olho na bola, e “em vez de” Fique de olho na zona de ataque”. Ao centrar sua atenção na bola, você aumenta muito suas chances de atingi-la.

A linha inferior é que existem muitas maneiras de fazer algo incorretamente do que resoluções para fazê-lo corretamente. Quando o sucesso é alcançado, o profissional de marketing deve perceber os processos que produziram suas melhores qualidades e usá-los como base para um modelo de negócios.

Estude algumas dessas perguntas ao planejar novas estratégias de marketing:

– Estou mais confortável na frente de um grupo ou estou melhor pessoalmente?
– Sou um melhor comunicador verbalmente ou no papel?
– Sou um comunicador melhor ao telefone ou pessoalmente?
– O que me faz sentir mais pressionado: prospects que acabaram de ver um anúncio e responderam a ele ou referências que antecipam mais?
– Minhas apresentações são bem recebidas quando trabalho em equipe ou recebo uma resposta mais completa do meu público quando estou apresentando apenas?

Existem inúmeras maneiras de aumentar seus pontos fortes quando você para de se concentrar em suas fraquezas. Ao definir seus pontos fortes de marketing e direcionar seus esforços de marketing para esses ativos, você pode construir um modelo de negócios dinâmico. Comece sempre com esse objetivo em mente!

Lição #21 – A Regra 80-20!

O que os gurus dizem…

Recurso #1: Eles constroem em direção ao seu sucesso

Quando um guru de marketing declara que eles podem ganhar alguns milhares por dia e se você seguir o método deles, você alcançará o mesmo resultado. Bem, você deve entender a afirmação corretamente. Sim, eles estão trazendo esse dinheiro, mas isso não está acontecendo da noite para o dia, eles trabalham duro e tenaz horas no início para obter seu site e renda ao nível atual. Você não pode esperar começar seu negócio hoje e ganhar com sucesso 1000s por dia amanhã ou dentro de alguns dias. Você pode copiar as técnicas utilizadas pelos gurus do marketing para ajudá-lo a atingir seu objetivo no menor período de tempo possível, porque você pode evitar a maioria dos erros que podem desperdiçar seu tempo e esforços se você fizer isso com sua própria técnica.

Recurso #2: Eles formulam e vendem seus próprios produtos

Esses gurus do marketing podem começar a vender outros produtos, mas no final eles formulam e vendem seus próprios produtos. Portanto, você deve ter seu próprio produto para alcançar o sucesso. E, os gurus do marketing não vendem seus produtos apenas por si mesmos, eles permitem que outras pessoas vendam seus produtos em redes de afiliados e distribuam uma grande porcentagem da receita, geralmente de 50% a 75% para seus afiliados. Portanto, para utilizar o poder da rede de afiliados para vender seus produtos, você precisa distribuir voluntariamente um lucro suficiente para seus afiliados para que eles possam cobrir seus custos de marketing e obter um lucro benéfico com isso.

Recurso nº 3: Eles estabelecem sua lista de clientes potenciais e clientes

Os gurus da Internet não vendem ou oferecem seus produtos a seus clientes potenciais ou clientes de uma só vez; eles preferem manter o contato de seus clientes ou prospects para fins de marketing e vendas. É por isso que os visitantes de sua página de vendas geralmente receberão brindes como e-books gratuitos, guias, e-zines ou relatórios informativos em troca de seu e-mail e nome. Psicologicamente, a maioria das pessoas gosta de ter coisas grátis e está disposta a digitar seu contato de e-mail apenas para baixar suas cópias gratuitas. É assim que os empresas do Internet estabelecem uma enorme lista de clientes / prospectos que eles podem utilizar para vender seus produtos futuros.

Recurso #4: Seus nomes dizem valor

Os principais gurus do Marketing Digital são bem conhecidos no mundo do Marketing digital. Seu próprio nome é o compromisso com a qualidade de seus produtos ou dos produtos que estão promovendo. Mais pessoas acreditarão que as técnicas de marketing usadas pelos gurus funcionarão em comparação com as mesmas fórmulas propostas por um profissional de marketing desconhecido. Portanto, você deve trabalhar seu caminho para se tornar um notável comerciante do Internet. Compor avaliações, depoimentos e gerar relatórios e guias gratuitos para ajudar outras pessoas em seus negócios permite que você obtenha exposição e seja percebido como um especialista. Quando seu nome for conhecido no mundo do Marketing digital, seus produtos ou os produtos que você está comercializando serão facilmente vendidos.

Você pode seguir seu caminho de sucesso para atingir seu nível no menor período de tempo possível, evitando os erros potenciais ao longo de seu caminho de sucesso!

Lição #22 – Descubra seu propósito de vida!

Compreender sua realidade é crucial

Quando as pessoas tentam se sentar e escrever uma declaração de propósito ou missão, geralmente não têm clareza suficiente para fazê-lo de forma inteligente. Como exatamente você deve especificar seu propósito? Você deveria apenas conhecê-lo e forçá-lo a sair do seu cérebro? E se você conseguir imaginar muitas missões diferentes que podem se encaixar em você, mas não tem ideia de qual é melhor? E se você não conseguir sonhar com nada que pareça significativo para você? O que então?

Simplesmente porque você pode não ter um propósito pré-codificado, não significa que você não tenha um propósito. Significa apenas que será preciso mais trabalho para especificar seu propósito. Seu propósito não é realmente algo que você descobre. Seria mais exato dizer que seu propósito é algo que você cocria com base em sua relação com a realidade. No entanto, eu não chamaria isso de escolha livre. Pode haver várias opções para você, mas nem todas as opções são igualmente válidas.

O que é necessário é um método inteligente para formular seu propósito, um processo que some, de modo que, quando você chegar à sua resposta final, tenha muita fé de que está certo.

O primeiro processo é conferir com sua inteligência emocional. Paixão e propósito andam de mãos dadas. Depois de expor seu propósito, você geralmente descobrirá que é algo pelo qual é extremamente apaixonado. Emocionalmente, você descobrirá que está correto.

Aqui está o que fazer:

  1. Pegue um pedaço de papel em branco ou abra um processador de texto onde você possa digitar.
    2. Escreva no topo: “Qual é o meu propósito honesto na vida?”
    3. Componha uma resposta (qualquer resposta) que surja em sua cabeça. Não precisa ser uma frase perfeita. Uma frase curta está tudo bem.
    4. Duplique o passo três até escrever a resposta que o faz chorar. Este é o seu propósito.

É isso. Não importa se você é um advogado, um engenheiro ou um homem musculoso. Para alguns indivíduos, este exercício fará todo o sentido. Para outras pessoas, parecerá perfeitamente estúpido. Geralmente, leva de 15 a 20 minutos para limpar seu cérebro de toda a confusão e do treinamento social sobre o que você acha que é seu propósito na vida. As respostas falsas virão de sua mente e de suas memórias. Mas quando o verdadeiro resultado finalmente chegar, parecerá que está vindo para você de outra fonte.

O segundo método é aplicar sua razão e lógica para trabalhar a partir do seu contexto. Quanto mais limpo e exato for o seu contexto, mais fácil será. Para descobrir seu propósito, você essencialmente projeta seu contexto total de realidade em si mesmo. Dada a sua compreensão atual da realidade, onde você se encaixa?

Esta é uma abordagem tão fácil que é simples perder. Tudo o que você está realmente fazendo é visualizar seu contexto geral de vida e lançar essas mesmas qualidades em si mesmo. Essa projeção se torna seu propósito, seu papel na verdade.

Pense em um holograma. Quando você corta um pedaço de um holograma, a imagem original total ainda é mantida dentro do pedaço menor. A realidade é o grande holograma, e você é uma parte dele. Você entra em todos os atributos da realidade. Suas noções sobre a realidade tornam-se suas crenças sobre você mesmo. Se suas noções forem precisas, você terminará com um propósito sensato e realizável.

Essa técnica também o ajudará a descobrir problemas em seu contexto, pois você descobrirá que algo está errado quando projetar uma crença falsa em si mesmo. Acredito que seja útil aplicar ambas as técnicas para definir seu propósito e ver para onde elas o direcionam. Se o seu contexto for saudável, você deverá obter resultados congruentes de ambos os planos de ataque. Suas inteligências emocional e racional vão expressar seu propósito de maneira diferente, mas você deve ver que é basicamente o mesmo.

Lição #23 – Livre-se das influências negativas!

Encontre o lado positivo para ser melhor Você

já se perguntou por que tantas pessoas têm tanta dificuldade em conseguir as coisas que realmente desejam? Bem, a culpa não é dos seus pais, nem do seu cônjuge, nem dos seus vizinhos, nem do sistema econômico, nem do presidente, nem de ninguém nem nada fora de você!

Você já imaginou que deveria haver uma maneira mais fácil? Eu encontrei “o que você acredita é o que você obtém”. Uma declaração simples, mas confiável. Isso vale para todas as facetas de sua vida, incluindo renda, relacionamentos, bem-estar, perda de peso e assim por diante.

Alguns indivíduos passam pelo sofrimento da vida, não reconhecendo que, ao alterar a forma como pensam e o que pensam, podem alterar as condições físicas de seu mundo. Indivíduos escutam perpetuamente os sentimentos de outras pessoas e não seu eu interior e então acabam não seguindo seu verdadeiro caminho. Se você ouvir suficientemente as falas prejudiciais das pessoas, sua mente interior assumirá o hábito de confiar no que essas pessoas negativas dizem! Isso é auto-sabotagem mental!

Altere sua vida começando agora! Mostre à sua mente interior precisamente o que você realmente deseja realizar. Concentre-se no que você quer, explorando o positivo e livre-se do negativo.

Evidencie o melhor da vida para você e para aqueles que você ama.

Experimente esta técnica:

  1. Direcione seus pensamentos para pensar em uma circunstância particular em seu mundo que você gostaria de alterar agora.
  2. Depois disso, concentre-se na forma como você gostaria que ele aparecesse. Produza os detalhes em sua mente e torne os detalhes tão gráficos quanto possível. Torná-lo verdadeiro para você!
  3. Em seguida, em instantes calmos e sempre que puder, concentre-se nessa mudança. Sua mente interior começará a desenvolver o hábito de “visualizar” o que você realmente deseja.
  4. Observe as mudanças físicas em seu mundo produzidas quando suas energias positivas

Comece a manifestar alterações positivas. Você notará indivíduos, idéias, renda, etc. apenas aparecendo para ajudá-lo como que por mágica. Estas são as mudanças positivas que mostram o que eles podem fazer. É tão fácil quanto isso! Fique de olho nos aspectos em constante mudança de sua vida depois de começar a manifestar essas energias positivas.

Se puder, remova os indivíduos negativos de sua vida. Eu reconheço que isso pode ser difícil porque pode ser seu parceiro de vida, um membro da família ou até mesmo alguém que você considera seu melhor amigo. Tente ajudá-los a mudar descobrindo que você está mudando sua atitude.

A maneira mais confiável de obter ajuda com a maneira positiva de pensar é descobrir tudo o que puder sobre as muitas técnicas que você pode usar para ajudar a levá-lo a uma vida melhor, mais gratificante e eufórica. Descubra um mentor e/ou alma gêmea. Obtenha o que deseja e mereça!

Lição #24 – Remova os limites da sua mente!

Saia da caixa

Se você não é rico, isso significa que você ainda mantém algumas crenças limitantes sobre dinheiro. Aqui vou identificar várias ótimas maneiras de testar suas crenças sobre dinheiro e compreender o que está bloqueando você do livre fluxo de dinheiro.

A hipótese que vou descrever exigirá que você a coloque em prática e, se você seguir com sinceridade os passos descritos, descobrirá as noções que não permitem que você fique rico.

Se alguns dos passos parecem desconfortáveis ​​para você (quando você os entretém ou quando os executa), isso significa que você tem uma forte resistência ao dinheiro. Você então precisará questionar por que é tão desconfortável e, dessa forma, poderá trazer à tona uma crença limitante.

Você também pode se livrar de crenças limitantes sobre dinheiro fazendo um dos testes abaixo que é menos confortável repetidamente, até se sentir confortável com isso. Dessa forma, você deixará sua antiga zona de conforto sem dinheiro e entrará em uma zona de conforto mais rica.

Você também pode pensar que alguns passos são simples de fazer, mas quando se trata de executá-los, você os achará difíceis. Isso também mostra que você tem um sentimento limitador sobre o dinheiro que está tão profundo dentro de você que você nem estava ciente disso. É ótimo detectar tais sentimentos e aboli-los.

Você pode primeiro fazer essa verificação ao visualizar e, quando tiver uma chance, colocá-la em prática. Suponha que você esteja em uma rua movimentada e um belo carro de luxo que vale mais do que algumas casas para bem ao seu lado.

Você pode ver como é brilhante e novo, é preto e uma janela do carro está aberta para que você possa ver o belo interior de couro branco. Como isso faz você se sentir? Quais são suas idéias sobre essa situação? Tente se tornar consciente assim que algum pensamento surgir e anote-o.

Se você carrega crenças limitantes sobre dinheiro, seus pensamentos seriam ao longo dos canais de:

– “Qual é o sentido de comprar um carro que é mais caro do que algumas casas?”
– “Este indivíduo que dirige este carro é um exibicionista.”
– “Provavelmente ele acha que todo mundo vai olhar para o carro dele, então vou desconsiderar.”
– ”
– “Esse é um carro bacana, mas eu nunca vou poder comprá-lo.”
– “Está fora do meu alcance.”
– “Eu teria que trabalhar toda a minha vida para comprar esse carro.”
– “Apenas indivíduos extremamente ricos podem comprar esses carros e eu nunca estarei entre eles.”

Se você não tiver crenças limitantes sobre dinheiro, terá pensamentos semelhantes a:

– “Que carro lindo! Tenho certeza de que no futuro poderei comprá-lo.”
– “Este é um dos meus carros favoritos!”
– “É tão bom que as pessoas possam comprar esses carros!”
– “Tenho certeza de que o dono deste carro fez tanto, que’
– “Eu confio que essa pessoa tem tudo o que ele quer.”
– “Tenho certeza de que terei esse carro na minha vida porque estou permitindo que ele entre completamente no meu mundo.” E se você estiver muito em sintonia com a fonte, você também pode pensar assim:
– “Eu posso muito bem comprar este carro.” (Não significa que você é capaz, mas se você continuar afirmando isso, você o fará no futuro.)
– “Eu posso sentir que este carro está entrando na minha vida.”
– “O dinheiro vem tão facilmente na minha vida que este carro seria uma manifestação casual apenas quando eu o especificasse.”

Tente visualizar tais situações e quando isso ocorrer em seu mundo real, tente se tornar consciente das visões imediatas que você tem quando tal situação acontece, e isso lhe dará uma compreensão capital sobre que tipo de crenças sobre dinheiro você tem!

Lição #25 – Comemore pequenas realizações!

Um monte de pequenas realizações faz grandes

Que tipo de pessoa você é? Vocês são aqueles cuja mente está sempre centrada em coisas maiores e, portanto, desconsideram as pequenas realizações que tiveram? Sim, é imaginável que cada pessoa diga que coisas maiores ainda estão por vir. É certo, mas nunca se esqueça que as grandes conquistas começaram a partir dos pequenos.

O sucesso é um processo inconsciente. Há um caminho e uma sucessão que devem ser percorridos. Sem atalho, todos seguimos os mesmos processos. O perigo começa quando os indivíduos tendem a realizar tudo em um piscar de olhos. É como se eles não quisessem ganhar seu sucesso, mas ao invés disso eles querem comprar o sucesso, o que não é concebível.

Por que precisamos apreciar as pequenas realizações?

Ultimamente encontrei alguns conhecidos meus. Conversamos sobre nossas realizações anteriores na vida. Surpreendentemente, todos nós estamos nos esforçando para ter sucesso. O que nos faz dar seguimento aos nossos objetivos e planos é sempre que olhamos para aquelas pequenas conquistas que tivemos antes. Podemos não ter alcançado o sucesso supremo que buscamos, mas se somarmos essas pequenas conquistas em nossa vida, ela parecerá realmente proeminente.

Tome nota disso; observe até mesmo o sucesso mais insignificante pelo qual você passa. Enquanto você estiver passando, isso o lembrará de que você está manobrando positivamente em direção aos seus objetivos. Sempre me lembro de um ditado que diz: “Pequenas ondulações criam um vasto oceano”. Ou seja, todo sucesso que tivermos, por menor que seja, ainda assim produzirá um impacto para que alcancemos um sucesso maior no futuro.

Adotar pequenas ações positivas e realizar pequenas conquistas ao longo do caminho dará confiança em si mesmo e em seus sonhos.

Não tenha medo do fracasso ou mesmo do sucesso.

Você tem que fazer um movimento e continuar batendo até atingir seu objetivo. A ação desenvolve impulso e impulso cria poder e atrai sucesso e dinheiro!

Lição #26 – Questione suas crenças!

Não fique estagnado… Questione suas crenças

Algumas pessoas acreditam que não têm chance de viver o tipo de vida que desejam. Talvez alguém no passado tenha dito a eles que eles nunca fariam nada por si mesmos. Então eles continuam aceitando esta mensagem. Algo em suas cabeças continua dizendo a eles que não vale a pena fazer muito esforço, porque eles nunca terão sucesso. Torna-se uma profecia auto-realizável.

Não seja vítima do pensamento de que algo deve ser verdade, porque é nisso que muitas pessoas acreditam. Por mais que muitos compartilhem uma noção, não é nem um pouco mais ou menos provável que seja verdade como resultado. O número de crentes não tem relação com o quão certo é. Houve um tempo em que quase todo mundo acreditava – na verdade, sabia por um fato visível – que o mundo é plano e o sol girava em torno dele diariamente. Adivinha? Isso não os tornava certos.

Questione suas crenças perpetuamente. É tão tentador se confortar em crenças quando a vida é difícil e o futuro é incerto. As crenças ajudam você a se sentir estável. Você se sentirá ansioso ao perceber que as ideias em que confia podem ser falsas; mas, se você estiver pensando com clareza, verá que uma crença real sempre resistirá ao exame mais minucioso. São as noções falsas e ultrapassadas que não vão – e elas devem ser removidas do seu caminho. Sempre vale a pena perguntar a si mesmo: “Isso é verdade? Como eu sei que é verdade? Ainda é confiável?” Crenças não examinadas não são melhores do que contos de fadas: ocasionalmente bonitas, ocasionalmente reconfortantes, frequentemente engraçadas e invariavelmente baseadas no que você quer que seja verdade, não no que é.

Em quantas das seguintes noções sobre dinheiro você acredita? Quantas das seguintes noções sobre dinheiro você disse ou acreditou em brincadeira? Se você tem alguma dessas noções ou simplesmente as declarou em tom de brincadeira – elas estão inconscientemente conduzindo seu relacionamento com o dinheiro.

– A maioria das pessoas ricas fica rica às custas dos infelizes.
– A maioria das pessoas ricas ficou rica executando algo ilegal.
– Dinheiro é a raiz de todo o mal.
– Ser rico é “ganhar dinheiro impiedoso”.
– Eu não mereço ser rico.
– Ser rico é ‘imoral’.
– Indivíduos pobres são mais verdadeiros do que pessoas ricas.
– Indivíduos pobres são mais religiosos.
– Indivíduos ricos são hostis e rudes.
– Muito rico.
– Eu trabalho o máximo que posso – se eu fosse rico eu já estaria.
– Meu pai não era rico – todos os ricos que conheço tiveram pais ricos.
– Todos os indivíduos ricos são extraordinários – muito originais, QI alto, talentosos.
– Alguns indivíduos têm sorte quando se trata de renda.
– É preciso dinheiro para ganhar dinheiro – Eu não tenho dinheiro, consequentemente, não posso ganhar dinheiro, exceto uma ocupação das 9 às 5.

O que você confia sobre dinheiro é regular tanto quanto dinheiro você ganha, bem como como você o ganha. Suas noções sobre dinheiro determinam se você obtém abundância infinita ou se lutará continuamente para sobreviver. Suas noções sobre o dinheiro moldam, se você produz dinheiro através da angústia ou tem um emprego sem saída que você detesta ou se o dinheiro virá até você com facilidade e sem esforço, simplesmente sendo um ímã para o dinheiro que vem até você.

Suas noções sobre dinheiro influenciam sua zona de conforto financeiro, que é com o que você se sente confortável em um nível subconsciente, no reino mais rico de suas emoções. Sua zona de conforto financeiro é parcialmente decidida por suas experiências anteriores com dinheiro, a menos que você esteja disposto a abandoná-las e se concentrar nisso agora, você está totalmente equipado para produzir qualquer quantia de dinheiro que desejar e se dar licença para experimentar a riqueza financeira. .

– Como sua vida seria diferente se você tivesse a noção de que o dinheiro chega até você tão facilmente quanto o ar que você respira?

– Como sua vida seria diferente se você pensasse que o dinheiro é apenas um tipo de energia na qual você vive e se move e que todo o dinheiro que você pode precisar virá até você se você estiver disposto a deixá-lo entrar em sua vida?

Se você teve problemas para responder a essas perguntas ou fez uma pausa – você decidiu que ter todo o dinheiro que deseja é desconfortável para você. O próximo passo é decidir que você mudará as crenças sobre dinheiro que o impedem de ter o que merece!

Lição #27 – De onde o dinheiro realmente vem!

A jornada é a recompensa As

pessoas estão começando a compreender que a jornada é a recompensa. Isso pode ser traduzido em um sentido é que as coisas que você realiza são cruciais, não o dinheiro. Ou seja, o dinheiro virá depois se você se concentrar atentamente no que precisa ser feito para se recuperar e ao mundo.

Por exemplo, quanto mais você inova e captura as ondas emergentes da sociedade, mais lucro virá na esteira de suas tentativas. Empresas do Vale do Silício como Apple e Google são lições. Eles só querem alterar o mundo por meio de produtos e serviços avançados e inovadores nos domínios do computador e da Internet. Como consequência, o dinheiro os segue em baldes! Eles estão coletando dinheiro infinito em mãos sem dívidas de longo prazo. Mostra o crescimento do poder de auto-multiplicação do dinheiro na sociedade.

O dinheiro é um poder de confiança.

Quanto mais confiança, mais ela se propaga. O sistema bancário é um exemplo quando eles emprestam dinheiro. Uma propagação desse poder de confiança é a disponibilidade de microcréditos para mulheres pobres na Ásia. O poder supremo do dinheiro vem através da confiança elementar. Quando nos conectamos com os reinos mais graves internos e, assim, nos afastamos do ego e da separação, possibilitamos a maior confiança. Ou seja, temos a confiança do divino em ação. No meio, muitos estágios e manifestações de confiança surgirão na sociedade. Aqueles que explorarem isso florescerão além de seus sonhos mais loucos.

O dinheiro vem para aqueles que não estão ligados a ele. O homem é em geral um escravo dela. Está principalmente nas mãos de forças das trevas, mas isso está mudando. Podemos superar o estado de coisas mudando nossa consciência, incluindo nossa relação e visão do dinheiro.

O dinheiro é um imenso poder social que o mundo sente falta. Se nos alinharmos com esse poder social emergente, nos alinharemos com as infinitas possibilidades de dinheiro.

É uma lei básica da vida que tudo – seja um objeto físico ou humano – responde a uma atenção maior.

O dinheiro não é exceção. A melhor maneira de dar atenção ao dinheiro é contabilizar com precisão e em tempo hábil. Manter contas de dinheiro precisas e atualizadas é um mecanismo poderoso para, de repente, atrair mais dinheiro.

– Um proprietário de uma pequena empresa equilibrou 8 meses de extratos bancários em um fim de semana e recebeu US $ 5.000 do nada no dia seguinte.

– Um indivíduo descobriu que uma máquina ociosa havia se tornado decrépita, então decidiu limpá-la e consertá-la. Dentro de alguns dias, um novo projeto de trabalho de repente se desenvolveu onde esta máquina era necessária. O projeto, usando aquela máquina, tornou-se uma enorme fonte de renda para o negócio.

Lição #28 – Por que o ‘não tão querido’ atrai riqueza!

Aprenda os segredos dos “maus”

Por que indivíduos não muito bons ou mesmo ruins são inundados com dinheiro e amenidades, muitas vezes vindo como uma poderosa resposta da vida. Em certo sentido, a vida não é moral – ou seja, simples bom para o bem, ruim para o mal – mas é “amoral” e neutra, o que inclui uma variedade de componentes para determinar se ela reagirá a favor de alguém. a vida reage não só à bondade, mas também à intensidade.

Indivíduos ricos geralmente são fortes, e a vida reage positivamente a essa força. A energia que eles descarregam supera a negativa, então a vida reage positivamente para eles. Por outro lado, se perderem sua força e vontade, provavelmente haverá uma queda usurária! Da mesma forma, se eles foram negativos, eles receberão a ira do carma de uma forma ou de outra em outros atributos da vida ou através da própria riqueza.

Entendemos que dinheiro e amenidades não são o objetivo da vida. Eles são os meios para coisas maiores. Se tudo o que os indivíduos não tão bons ou maus têm é lucro e consolo – isto é, eles são estéreis de verdadeira felicidade e realização – então eles terão obtido o que mereceram!

Além disso, esses indivíduos geralmente reconhecem os processos que atraem dinheiro; não apenas como ganhá-lo externamente, mas sentir semi ou subconscientemente as leis elusivas e ocultas que o governam e o atraem.

Reconhecemos que a vida reage ao seguir a ação da criação – ou seja, ter um sentido visual de uma coisa, vontade intensa de que ela aconteça, coordenar os detalhes e atuar em tempo hábil com habilidades elevadas. Pode-se ser um indivíduo bom ou ruim para seguir esse processo.

A Vida Universal é inerte e amoral e, portanto, reage a esses fatores inertes. Naturalmente, se eles trazem negativos, eles aparecerão em algum lugar, seja em um domínio diferente (por exemplo, com a família, ou reputação, ou respeito) ou através de problemas da própria riqueza. O carma é real.

Força, conhecer a ação de criação e realização, alta energia, motivação, habilidades, etc. atrai. Qualquer um pode tê-los – bons, ruins ou médios. No entanto, a verdadeira realização vem através da aceitação de fatos, integridade e outros valores elevados ao buscar dinheiro.

O indivíduo espiritual não visa possuir riquezas, recursos, etc., mas ir atrás deles para o interesse de outras pessoas, para que possam ser dispersos para o coletivo, para que os seres humanos possam usá-los para os propósitos mais elevados.

O dinheiro está nas mãos dos Asura (forças das trevas), e devemos recuperá-lo para o Divino através de nossa alta consciência. Se também trouxermos força, poder, energia, motivação e visão, obteremos resultados positivos impressionantes, que experimentaremos como profundo deleite e completa realização.

Lição #29 – Dinheiro e Circulação!

Tudo Precisa de Circulação para Sobreviver

Reter a aposta, ou de outra forma desviar dinheiro, impede o livre fluxo de vigor e, portanto, o livre fluxo de dinheiro. Por exemplo, vimos vários casos em que os indivíduos não estavam dispostos a pagar as contas que deviam até que incorressem em pagamentos de dinheiro devidos a eles. Reverter essa atitude mental pode trazer uma resposta repentina e confiante da vida.

Um codificador, que tinha pouco dinheiro em mãos, não estava disposto a preencher cheques para contas atuais vencidas até encontrar dinheiro que seus clientes lhe deviam. Ele estava pronto e esperando por vários dias para receber esse pagamento.

Ele então mudou de atitude e seguiu em frente e preencheu os cheques para o dinheiro que devia de qualquer maneira. Quando ele foi pegar sua correspondência 10 minutos depois, ficou surpreso ao se deparar com o cheque que desejava em sua caixa de correio.

Também vimos exemplos em que as pessoas não estavam dispostas a gastar seu dinheiro atual em mãos para necessidades cruciais. Mesmo quando tinham muito dinheiro em mãos, eles o acumulavam, muitas vezes por causa de algum medo infundado. Quando eles se inverteram, a vida respondeu de maneira exagerada.

O proprietário de um site estava hesitante em atualizar para um site melhor por causa do custo adicional, mesmo que ele tivesse os fundos solicitados. O provedor de hospedagem da web sugeriu o melhor site várias vezes no anterior.

Quando o proprietário do site finalmente superou sua relutância em gastar, ele descobriu, para sua surpresa, que o provedor de hospedagem da Web havia abruptamente, no dia anterior, começado a oferecer este site melhor e mais caro, a um custo literalmente igual ao seu site atual!

Havia um cavalheiro que hesitava em gastar dinheiro com um amigo merecedor. Quando ele alterou sua posição e fez isso, viu que o dinheiro voltou para ele na mesma quantia que gastara com seu amigo!

Lição #30 – Dinheiro e nossas decisões!

Dinheiro e vida são afetados por decisões!

Se movermos nossa consciência para uma camada superior, a vida responderá a essa tentativa. Quer se trate de um assunto pequeno ou grande, a boa sorte repentina chegará em resposta a qualquer movimento favorável.

Hoje eu tive meus olhos testados pela primeira vez em 7 anos na Lenscrafters. Como ir ao dentista, os indivíduos normalmente não antecipam esses eventos, a menos que sejam obrigados a fazê-lo – ou seja, quando a vida obriga a pessoa a mudar por dificuldade, dor ou outra compulsão.

Nesta ocasião, eu queria pagar pelo serviço entregue metade com cartão de crédito e metade com meu cartão de débito (ou seja, banco). Fundamentalmente, eu não queria aumentar meu cartão de cobrança mais do que o necessário. Como saiu, não consegui fazer esse acordo, pagando alternativamente $ 300 via crédito e os $ 100 restantes por débito.

Cerca de meia hora depois, depois de retornar ao meu escritório (com meus olhos ainda dilatados e, como resultado, minha visão ainda embaçada), fui ao extrato da minha conta American Express para ver se poderia fazer um pagamento de correção para compensar o valor adicional que paguei usando esse cartão de cobrança em Lenscrafters.

Lamentavelmente, quando tentei acessar a conta, ela não estava disponível. Tomei isso claramente como um sinal de que minha vontade de fazer um pagamento extra para compensar o uso excessivo do meu cartão de cobrança não era necessária; ou seja, chamado pela vida. E assim apaguei o assunto.

Mesmo assim, quando fui à minha caixa postal, encontrei uma carta estranha. Foi do estado que me deu a conhecer que eu tinha algumas receitas não reclamadas devido, o que exigia documentos de identificação adicionais de minha parte.

Como você deve ter adivinhado, o valor era quase o mesmo que o valor que eu queria pagar na minha conta de cartão de débito! A vida basicamente me compensou por minha ambição de sacar os pagamentos com cartão de débito “enviando-me o restante”. Acabou sendo o único assunto adicional relacionado a dinheiro que me chegou pelo correio ou de outra forma naquele dia.

Como vemos, a vida responderá a qualquer mudança de consciência para o positivo; mesmo a mais perniciosa das mudanças. Porque eu senti que era a coisa certa não sobrecarregar meu cartão de crédito e pagar metade da conta da Lenscrafters via cartão de débito, a própria vida fez a diferença.

Lição #31 – Seu nível de generosidade!

Qual é o seu nível de generosidade?

Sempre que você muda sua visão de si mesmo para os outros, os aumentos de energia e as condições para o sucesso se revelam na forma de respostas de vida confirmatórias repentinas e abundantes. Isso inclui um movimento de sua parte para longe da mesquinhez e da mão fechada, e em direção ao altruísmo. Mesmo o movimento mais humilde nessa direção pode atrair boa sorte repentina, incluindo a atração de mais dinheiro.

Um homem bastante acanhado decidiu pagar a viagem de seu conhecido, que estava passando por uma pequena dificuldade financeira. Era algo que ele normalmente não faria. No dia seguinte, ele recebeu um pagamento inesperado de uma fatura que ele não esperava chegar por um bom tempo. (Nesse caso, ele compreendeu a correlação entre a superação de seu aperto e a resposta positiva comparável da vida. Além disso, ele também observou a tendência de que a quantia que ele daria liberalmente a outro era quase exatamente igual à quantia que de repente recebia de volta. para ele depois!)

Boa vontade e generosidade também – Uma maneira associada de atrair boa sorte repentina é sentir boa vontade e gratidão para com outras pessoas. Um indivíduo interiormente enviou boa vontade e gratidão a diversos clientes e amigos. Em pouco tempo, houve uma avalanche de notícias benéficas deles em termos de vendas, dinheiro e outros tipos de boa sorte.

Boa vontade no trabalho

Uma ótima maneira diferente de atrair dinheiro é ter boa vontade com outras pessoas ao nosso redor, bem como com a situação e as condições ao nosso redor. Melhor ainda quando há boa vontade no trabalho. Isso provocará a maior reação para o dinheiro entrar. Inundações de dinheiro virão em sua vida se sua boa vontade fluir em inundações. Por exemplo, um instrutor contratado que coloca seu corpo e alma em uma aula, verá a partir de então, possivelmente no dia seguinte, uma súbita onda de boa sorte na forma de mais trabalho, mais receita, mais chances, etc.

Pense neste exemplo de um indivíduo que usou uma fórmula “interna” para projetar boa vontade e as respostas positivas que ele obteve da vida em relação à receita e ao sucesso. Em uma manhã recente, sentei-me concentrado para trazer à tona uma atitude de boa vontade para com determinados indivíduos e aspectos do trabalho ou da vida com os quais eu estava associado. Durante o dia, recebi uma série de notícias benéficas relacionadas com os próprios assuntos em que estava me concentrando, bem como sobre outros aspectos do trabalho que eu queria concluir, mas que havia deixado de lado por enquanto, pois estava além das minhas capacidades atuais para alcançar por falta de tempo.

Eu estava transmitindo boa vontade para uma empresa cliente com a qual estava trabalhando e rezando para que suas receitas aumentassem. Durante o dia, fecharam um pedido de bom tamanho que estava em questão.

Por que o dinheiro responde à boa vontade e à doação

Karmayogi frequentemente escreve que o dinheiro atinge aqueles com boa vontade que praticam a doação. Por quê? Para entender o porquê, temos que ter em mente que o dinheiro não é uma coisa, é uma força. Qual é o objetivo dessa força? O objetivo é promover relações mutuamente benéficas entre os seres humanos – para que os indivíduos possam trocar os frutos do trabalho. O dinheiro é um poder de interação e intercâmbio humano. Ele permite que um homem trabalhe duro no cultivo de alimentos e os troque pelo trabalho de outro indivíduo, fabricando produtos ou permitindo serviços.

O dinheiro é como a linguagem. Destina-se a ajudar a interação humana. Imagine um indivíduo que diz que não vai falar com ninguém porque quer guardar todas as suas palavras para si mesmo. De que serve a sua linguagem para ele então? O dinheiro é o mesmo. A linguagem amadurece e se torna valiosa somente se nos relacionarmos com os outros. Quanto mais tentamos nos relacionar e nos comunicar, mais útil é a linguagem e mais aptos nos tornamos em utilizá-la. A linguagem tem a capacidade de permitir que uma única pessoa se comunique com toda a humanidade. Nós não acumulamos linguagem. Não tentamos retirar a linguagem dos outros. Naturalmente, compreendemos que quanto mais as pessoas falam nossa língua, mais fácil é para nós nos comunicarmos. O mesmo acontece com o dinheiro.

Encare o dinheiro da mesma forma como um meio de comunicação e de relações positivas com outras pessoas. O dinheiro cresce quando nos relacionamos positivamente com os outros – não quando queremos pegar o que eles têm ou adquirir mais do que outras pessoas ou nos sentirmos superiores a eles – mas quando nos sentimos satisfeitos que todos ao nosso redor prosperam e quando tomamos iniciativa ativa para promover o sucesso daqueles que encontramos. Atos conscientes de boa vontade e auto-doação nos colocam em contato com o poder mundial do dinheiro e atraem a força do dinheiro para fluir para, em e através de nós, para o cosmos ao redor. Quanto mais sentimos o desejo de dá-lo, mais ele vem até nós.

Lição #32 – Os Ricos Não Jogam Pelas Nossas Regras!

  1. Ter muito dinheiro não o torna rico

Ser rico tem muito mais a ver com sua mentalidade e sua inteligência financeira do que com quanto de renda você tem.

Veja Richard Branson, por exemplo. O homem é um bilionário, mas se você tirasse toda essa renda dele, ele ainda teria todo o conhecimento. Ele ainda entenderia como começar um negócio, investir com sabedoria, etc. Aliás, se ele tivesse que começar do 0 hoje tenho certeza que ele teria muito dinheiro novamente em menos de 5 anos.

Assuma, porém, a ilustração oposta: e quanto a um indivíduo que ganha na loteria, mas não compreende como ser rico? É de se admirar que um em cada três ganhadores de loteria esteja falido em 5 anos? Apesar de terem toda a receita do mundo, ainda tinham a mentalidade e a inteligência financeira de uma pessoa pobre, então perderam com seu dinheiro. Eles não eram “ricos”.

Se você sabe como construir riqueza do que você é rico, independentemente de quanto dinheiro você tem. Um indivíduo que ganha $ 100.000 por ano e gasta $ 100.000 por ano não é rico. Eles estão pensando como os que não têm e permanecem presos na corrida dos ratos. Na verdade, um indivíduo que ganha $ 40.000 por ano e investe $ 20.000 é mais abundante.

  1. Quanto mais tempo você conseguir ficar sem trabalhar,

Conforme mencionado no ponto 1, os indivíduos ricos poupam e investem uma parte de sua renda. Em que eles investem? Fluxos de renda passiva que os pagam, independentemente de trabalharem ou não. Se você não tem economias, então não importa quanto você ganha anualmente; você não é rico. Se você parasse de trabalhar hoje, por quanto tempo você poderia continuar pagando pelo seu estilo de vida atual? Um mês de calendário? 6 meses? Doze meses?

Quanto mais tempo você pode ir, mais rico você é. E os indivíduos mais ricos são aqueles que são financeiramente livres. Isso significa que seus fluxos de renda passiva são suficientes para cobrir suas despesas. Com efeito, eles poderiam continuar para sempre em seu nível atual de vida sem trabalhar novamente.

  1. Pessoas ricas e pobres se concentram em diferentes tipos de dinheiro

De acordo com Robert Kiyosaki, existem 3 tipos de renda: (1) renda obtida de um emprego, (2) dinheiro de carteira de ações ou títulos e (3) dinheiro passivo de imóveis ou outros ativos de renda. Indivíduos pobres e de classe média concentram-se na renda auferida. Existem 2 problemas com isso.

Em primeiro lugar, você só é remunerado quando trabalha. E há uma quantidade fixa de horas no dia, o que significa que há um limite de quanto dinheiro você pode ganhar com a renda auferida. O segundo problema com a renda auferida é o que se chama de “50% de dinheiro”. Basicamente, o governo recebe 50% de cada dólar de renda que você ganha. A renda é retirada do seu salário antes mesmo de você recebê-la, e mais dinheiro é retirado quando você paga os impostos.

Indivíduos pobres e de classe média concentram-se na renda auferida e tentam ficar ricos trabalhando duas vezes mais. Indivíduos ricos, por outro lado, concentram-se nos outros dois tipos de dinheiro, renda de portfólio e renda passiva. Estes não dependem do número de horas em um dia, então eles crescem indefinidamente e são muito melhores em termos de impostos também. A maior taxa de imposto sobre ganhos de capital é de 15% e, no setor imobiliário, você pode pagar impostos zero ou adiar os impostos para sempre.

A coisa bonita sobre ganhar renda baseada em ativos é que não requer sua presença física como um trabalho. Emprego é trocar tempo por dinheiro com pouca alavancagem. Alavancagem é descrita como a vantagem mecânica ou poder obtido pelo uso de uma alavanca, o poder de ação. A alavancagem apenas compõe a força e a eficácia. A capacidade de ser pago pelo trabalho que você não faz é o resultado da alavancagem. Envolve um efeito multiplicador à medida que o ativo se desenvolve em valor.

Lição nº 33 – As pessoas mais ricas do mundo…

Estratégias Diferentes

Quem não quer ficar rico? É natural que o homem nunca se contente. Buscamos sempre algo mais e algo melhor. E se você estiver navegando em artigos sobre como ficar rico na Web, você perceberá que uma das estratégias mais comumente dadas para gerar mais renda é investir em imóveis, especialmente em casas de lançamento.

Para alguns, pode parecer fácil, mas mudar de casa requer muito planejamento e pesquisa – sem falar em dinheiro e comprometimento. Entrar no negócio pode ser fácil, mas permanecer lá por muito tempo pode ser difícil. Diante disso, é realmente crucial que você sempre tome decisões informadas. Se você tem planos de entrar no negócio, você precisa ter um planejamento detalhado, ou então, você pode perder todo o seu dinheiro suado para nada.

Ao fazer investimentos imobiliários, é realmente crucial que você conheça melhor seus vizinhos. Reserve um tempo para pesquisar os preços médios das propriedades em sua área. Quanto tempo um imóvel permanece no mercado? O que seu mercado exige? Antes de tomar qualquer ação, faça uma lista elaborada de tudo que precisa ser reformado. Obtenha estimativas para cada tarefa. Tenha sempre em mente que tudo sempre custa mais do que você pensa, portanto, se você não preferir acabar cortando seu orçamento e comprometendo a qualidade do trabalho ao longo do caminho, defina sempre suas estimativas no lado alto. Ao fazer um orçamento, você não considera apenas os custos de reforma. Você também leva em consideração os custos de manutenção da casa – hipotecas, contas de serviços públicos não pagas e assim por diante. Como investidor imobiliário, você deve ser capaz de comparar despesas com lucros. Como suas reformas se comparam às outras casas em sua área? O preço é competitivo o suficiente com as propriedades vizinhas?

A Internet é muito nova e toda a indústria de comércio online está apenas demonstrando práticas de marketing que funcionam e a inversão de sites é uma delas. Francamente, e isso pode parecer duro, mas a maioria das pessoas que administram negócios on-line tem sites muito inadequados. Muitos indivíduos que administram sites populares não estão capitalizando seu tráfego monetizando-o (isso pode ser por escolha ou ignorância). Obter lucro pode ser tão fácil quanto aplicar uma campanha inteligente do AdSense em um site popular depois de comprá-lo de um proprietário que deseja passar para outras coisas. Talvez um site de comércio eletrônico possa usar algum marketing de mecanismo de pesquisa ou algum ajuste fino para uma campanha do AdWords possa fazer o truque, ou melhor ainda, monetizar, otimizar, afiliar e vender para obter o máximo ganho – capitalize todos os truques de marketing à sua disposição .

Se você tem uma boa compreensão de SEO e do setor em que trabalha on-line, não deve ter problemas para encontrar sites otimizados ou talvez empresas de comércio eletrônico na Web completas para comprar. Adicionando conteúdo, alterando tags de título, estrutura de links e todas as outras boas práticas de marketing de mecanismos de busca, você pode começar a colher recompensas rapidamente. Sites com tráfego de qualidade, mas sem técnica de monetização, são grandes oportunidades prontas para você entrar, colocar alguns anúncios, usar suas habilidades de otimização do AdSense e crescer e começar a lucrar imediatamente. Alternativamente, você pode pesquisar sites que aumentem suas empresas existentes na web e comprar o tráfego direcionado para efetivamente “comprar clientes”.

Aqui está a coisa mais importante que você ouvirá sobre investir: Ficar rico é simples.

Não é fácil, mas simples.

E aqui está a segunda coisa mais importante que você já ouviu sobre investir: você não tem desculpa para não fazer isso.

São necessários apenas 3 ingredientes: rendimento, disciplina e tempo.

Provavelmente, você já tem 2 deles, renda e tempo. Tudo que você precisa fazer é adicionar o terceiro, disciplina. E armado com conhecimento, esse terceiro ingrediente chave pode ser muito mais fácil de encontrar. Claro, investir no mercado de ações tem risco. Há sempre a chance de o mercado não ir a lugar nenhum nos próximos vinte ou trinta anos e você não terminar melhor do que começou.

Aqui está a linha de fundo, goste ou não: O destino de sua aposentadoria, seu conforto na velhice, provavelmente pode residir em seu compromisso com os 3 conceitos apresentados no parágrafo acima. Para a grande maioria de nós, a criação de riqueza é um processo lento e constante – e poderoso. A tartaruga quase sempre vence a lebre… então certifique-se de levar seu tempo para estudar TODAS as informações.

Lição #34 – Regras de Investimento!

Uma sinopse de vendas curtas e longas

Em finanças, a venda a descoberto (também conhecida como shorting ou shorting) é o exercício de vender ativos, geralmente títulos, que foram emprestados de um terceiro (geralmente um corretor) com o objetivo de comprar ativos idênticos de volta em uma data posterior para retornar ao mercado. o credor. O vendedor a descoberto deseja lucrar com uma queda no preço dos ativos entre a venda e a recompra, pois o vendedor pagará menos para comprar os ativos do que o vendedor recebeu ao vendê-los. Por outro lado, o vendedor a descoberto receberá uma perda se o preço dos ativos subir. Os custos adicionais de venda a descoberto podem incluir uma taxa para emprestar os ativos e o pagamento de quaisquer dividendos pagos sobre os ativos emprestados. A operação a descoberto e a venda a descoberto também se referem à celebração de qualquer derivativo ou outro contrato sob o qual o investidor lucra com um declínio no valor de um ativo.

A posição curta pode ser contrastada com a prática mais estabelecida de “ficar comprada”, pela qual um investidor se beneficia de qualquer ganho no preço do ativo. Em finanças, uma posição longa em um título, como uma ação ou um título, ou equivalentemente ser longo em um título, significa que o detentor da posição possui o título e se beneficiará se o preço do título subir. A posição longa é a prática mais estabelecida de investimento e contrasta com a posição curta.

Uma posição longa em um contrato futuro ou derivativo similar significa que o detentor da posição se beneficiará se o preço do contrato futuro ou derivativo subir. Observe que é crucial considerar o valor da opção, não o valor do instrumento fundamental, pois o valor de uma opção de venda aumentará quando o valor do instrumento fundamental diminuir. Isso contrasta com a venda a descoberto.

Para se beneficiar de uma queda no preço de um título, um vendedor a descoberto pode tomar emprestado o título e vendê-lo, prevendo que será mais barato comprá-lo de volta no futuro. Quando o vendedor resolve que a hora está correta (ou quando o credor retira os títulos), o vendedor compra títulos equivalentes e os devolve ao credor. O método baseia-se no fato de que os títulos (ou os ativos adicionais vendidos a descoberto) são fungíveis; o termo “empréstimo” é utilizado no sentido de emprestar $ 10, onde a mesma ou diferente nota de $ 10 pode ser devolvida ao credor, assumindo que o valor da nota é o mesmo que era no momento da execução do contrato.

Um vendedor a descoberto geralmente toma emprestado por meio de um corretor, que geralmente mantém os títulos para outro investidor que possui os títulos; o próprio corretor raramente compra os títulos para emprestar ao vendedor a descoberto. O credor não perde o direito de vender os títulos enquanto eles foram emprestados, pois o corretor geralmente detêm um grande conjunto desses títulos para vários investidores que, como esses títulos são fungíveis, podem ser transferidos para qualquer comprador. Na maioria das condições de mercado, há uma oferta pronta de títulos a serem emprestados, mantidos por fundos de pensão, fundos mútuos e investidores adicionais.

O ato de recomprar os títulos que foram vendidos a descoberto é chamado de “cobrir a posição vendida” ou “cobrir a posição”. Uma posição curta pode ser coberta a qualquer momento antes que os títulos sejam trazidos de volta. Uma vez que a posição esteja coberta, o vendedor a descoberto não será afetado por quaisquer aumentos ou quedas subsequentes no preço dos títulos, pois ele já possui os títulos necessários para pagar o credor.

Em finanças, um contrato de futuros é um contrato padronizado entre duas partes para comprar ou vender um ativo cedido de quantidade e qualidade permutáveis ​​em uma data futura designada a um preço acordado hoje (o preço futuro). Os contratos são trocados em uma bolsa de futuros. Os contratos futuros não são títulos “diretos” como ações, títulos, direitos ou garantias. Ainda são títulos, mas, embora sejam um tipo de contrato derivativo. A parte que concorda em comprar o ativo fundamental no futuro assume uma posição comprada, e a parte que concorda em vender o ativo no futuro adquire uma posição vendida.

O preço é determinado pelo equilíbrio instantâneo entre as forças de oferta e demanda entre as ordens de compra e venda em disputa na bolsa no momento da compra ou venda do contrato. Por exemplo, nos mercados tradicionais de commodities, os agricultores frequentemente vendem contratos futuros para as colheitas e o gado que produzem para garantir um preço específico, facilitando o planejamento. Da mesma forma, os produtores de gado frequentemente compram futuros para cobrir seus custos de alimentação, para que possam planejar uma taxa fixa de alimentação.

Lição #35 – Investir e negociar!

Quais são as diferenças

Investir

Investir refere-se a comprar um ativo e mantê-lo por um longo tempo, na esperança de que ele ganhe valor. Muitas pessoas investem em imóveis. Eles compram um imóvel, moram nele ou alugam por algum tempo, e esperam que com o tempo valha mais a pena quando forem vendê-lo. No mundo das finanças, investir funciona da mesma maneira. O investidor compra um produto financeiro, como ações ou fundos, e os mantém por um tempo, esperando que ganhem valor durante esse período. Um plano de pensão é uma ilustração do investimento.

Como um todo, investir é colocar a receita em algo na esperança de obter mais dinheiro após um longo período de tempo. Os investimentos geralmente são mantidos por anos antes de serem descontados pelos ganhos. Quanto mais tempo o investimento for retido, maior será o potencial de ganho.

Os investidores estudarão as taxas de sucesso de longo prazo das empresas que escolherem para investir. Eles vão buscar fundos ou ações que tenham crescimento constante ao longo de vários anos. Eles tentarão comprar quando os preços estiverem baixos, mas não ficarão tão preocupados com quedas temporárias ou tempos de inatividade se a margem bruta geral de um determinado investimento parecer boa.

Negociação

A negociação envolve a utilização de dinheiro para comprar algo na tentativa de obter mais renda vendendo ou trocando rapidamente por outra coisa. Embora seja como investir no fato de que a receita está sendo utilizada para comprar algo de valor proporcional, é diferente porque o ativo é mantido apenas por alguns dias ou semanas antes de ser vendido e outra coisa ser comprada. Isso geralmente é feito com ações individuais ou outras commodities, não grandes fundos ou ativos tangíveis, como imóveis.

Os empresas comprarão ativos quando derem um mergulho repentino e depois os venderão rapidamente para obter lucro quando ganharem valor novamente. Os empresas não se preocupam com o histórico de sucesso de longo prazo da empresa na qual estão colocando receita, mas sim com as tendências de curto prazo.

O desvio é o tempo.

Muitos indivíduos que estão envolvidos na negociação consideram isso como um investimento. Na verdade, há pouca diferença entre as ações exigidas. Em ambos a receita é utilizada para comprar ativos, e esses ativos são vendidos em algum momento na esperança de estabelecer um lucro. A diferença está na quantidade de tempo que o investidor carrega o ativo. No investimento, é para o longo prazo. Na negociação, é uma compra temporária.

Esta é, naturalmente, uma definição geral. Alguns que estão envolvidos na negociação decidirão manter um ativo por um período de tempo mais longo se puderem lucrar, e alguns investidores venderão rapidamente se acharem que é melhor. No geral, porém, o objetivo é de longo prazo para os investidores e de curto prazo para os traders. Então, o que é mais benéfico? Tanto o investimento quanto a negociação têm suas vantagens, mas uma escolha provavelmente atrairá mais você do que a outra, com base em quão envolvido você deseja estar no crescimento de sua renda. A única maneira de decidir o que é melhor para você é conversar com seu profissional financeiro e pesar os possíveis retornos em relação ao nível de risco que você se sente confortável em considerar.

Lição #36 – Concentre-se no fluxo de caixa!

Keep It Fluid

Fluxo de caixa constante significa que seu negócio está funcionando sem problemas e é fundamental que você tenha capital de giro suficiente para garantir que todos sejam pagos em dia… inclusive você. Quando você está esperando o pagamento de um cliente, seu fluxo de caixa cessou.

É quando muitas vezes o factoring de faturas pode ser útil – quando uma empresa tem períodos de tempo em que não pode pagar todas as suas contas devido à espera de pagamento em uma conta, seu fluxo de caixa pode continuar e não parar quando você usa alguma estratégia.

Se você é uma pequena empresa, deve ter uma técnica para manter seu fluxo de caixa fluente – como faturas de factoring devidas a você. O que isso significa é que você essencialmente está pegando um ativo – suas contas a receber – e vendendo-as para um terceiro, chamado empresa de factoring, que lhe dará renda antecipadamente pelas faturas. Você recebe o capital necessário para cumprir suas responsabilidades. Isso é uma coisa certa que você pode fazer para manter seu fluxo de caixa em movimento.

Qualquer pessoa de pequena empresa precisa compreender o fluxo de caixa e certificar-se de que seus ativos são fluidos o suficiente para converter em dinheiro para cobrir as obrigações financeiras. Isso ajudará a manter sua empresa nos negócios, principalmente durante tempos econômicos difíceis.

Além disso, a fluidez dos ativos significa a capacidade de uma empresa de transformar ativos em dinheiro vivo. É uma parte crucial de qualquer prática de pequena empresa, porque o capital de giro é realmente crucial nas operações comerciais. O capital de giro e a liquidez permitem que os empresários cumpram suas responsabilidades e permaneçam no negócio. Um bom fluxo de caixa é vital para a sobrevivência de um negócio, grande ou pequeno.

Os ativos são o que agregam valor em dinheiro para sua empresa e podem ser estoque de produtos, maquinários, ferramentas ou até mesmo o prédio onde fica seu escritório. O reverso de um ativo é um passivo. É uma obrigação ou saída de fundos como um empréstimo que você está fazendo pagamentos, contas, aluguel, salários ou outra responsabilidade que lhe custa receita. Para cobrir o custo de seus passivos de negócios, você precisa transformar ativos em dinheiro vivo, e liquidez é quando você transforma um ativo em dinheiro vivo.

A liquidez também representa o grau em que um ativo pode ser trocado em uma transação comercial sem perder nenhum valor. O dinheiro é provavelmente seu ativo mais fluido, enquanto o estoque é outro ativo que você pode transformar em dinheiro. As faturas também são ativos, mas não tão líquidos.

Você pode transformar as faturas que lhe são devidas em dinheiro vivo enquanto aguarda o pagamento por meio de fatoração de fatura. Uma empresa de factoring vai ver o crédito de seus clientes e pode pagar a maior parte do que lhe é devido dentro de vinte e quatro a quarenta e oito horas. O factoring de faturas é uma estratégia de sobrevivência empresarial que existe há mais de 4.000 anos.

Bottom line… concentre-se no fluxo de caixa em vez de passivos!

Lição #37 – Ilumine-se!

Veja o copo meio cheio e não meio vazio. Quando coisas ruins acontecem, não se concentre apenas no negativo da situação. Fazer isso vai deixá-lo maluco! Veja o lado benéfico de tudo o que você considera prejudicial. Ver o bem de cada coisa prejudicial também o manterá de bom humor, pois você não estará vendo as coisas de maneira prejudicial, mas de maneira favorável. Pensar positivo é o ponto principal aqui.

Dar certo! Fazer exercícios aumenta os níveis de endorfina, libera a tensão e ajuda você a ficar em melhor forma, o que também ajuda você a se sentir melhor. Fazer exercício físico, manter-se positivo e não deixar que as pequenas coisas aconteçam o manterá de bom humor e proporcionará relacionamentos mais benéficos com todos.

Se eu lhe pedisse para dizer como é uma pessoa deprimida, você poderia fazê-lo? Deve ser fácil. Ombros curvados, postura caída, olhos olhando para baixo, franzindo a testa, sem energia e assim por diante. A anatomia é conectada dessa maneira. Quando você se sentir triste, você agirá/parecerá dessa maneira. Quando você age/olha dessa maneira, você se sentirá triste. Há uma associação neurológica física entre os 2.

Da mesma forma, temos uma associação entre felicidade e riso. Quando você está feliz, você se faz rir. Quando você ri, você fica satisfeito.

Em um experimento para examinar os efeitos do riso e do sorriso, indivíduos clinicamente deprimidos foram solicitados a sorrir (sem motivo para fazê-lo) por um determinado período de tempo diário. Isso durou semanas. No final do estudo, todos os envolvidos no estudo relataram sentir-se muito mais felizes como resultado disso do que jamais se sentiram em muitos anos de tratamento e remédios.

O que isso nos diz? Diz-nos que o quão felizes preferimos ser depende, em parte, da frequência com que decidimos rir.

Várias análises médicas foram feitas sobre as vantagens do riso. Na verdade, muitos médicos em todo o mundo incentivam os pacientes a alugar filmes divertidos, desenhos animados, ouvir piadas e assim por diante para ajudar em sua convalescença. O riso não é apenas uma demonstração externa de felicidade, mas dentro do corpo há coisas acontecendo da mesma forma. O riso ativa mudanças químicas e hormonais positivas no corpo. É assim que afeta a saúde.

Quando você ri, o que está fazendo é dizer a si mesmo que é capaz de lidar com a situação. Inconscientemente, é isso que você está dizendo à sua mente. Enquanto você está rindo, sua mente acredita: “Espere um minuto, estou rindo. Isso deve significar que posso lidar com isso. Acho que as coisas não são tão ruins assim”

O riso promove pensamentos e sentimentos favoráveis, e estes afetam o corpo. Eu sou um crente firme da frase ‘O que você pensa, você se torna’. Pensamentos prejudiciais e auto-imagem trazem doenças e doenças, enquanto o riso e os pensamentos favoráveis ​​renovam e curam o corpo. Com tantas vantagens e motivos para rir, cultive um estilo de vida repleto de sorrisos e gargalhadas. Pode ser difícil no começo, mas continue por um tempo e esse hábito será formado dentro de você. Então comece hoje e ria!

Lição #38 – Os Vencedores Estão Preparados!

Aqui estão 18 ideias rápidas para ajudá-lo a ficar calmo, sereno e sereno quando precisar.

  1. Adquira boas noites de sono se souber com antecedência o que está programado. Se você souber apenas algumas horas antes, tire uma soneca. A mente será muito mais rápida para lidar com o que vem em seu caminho se você estiver no seu melhor com o descanso.
  2. Coma leve e correto. Nenhuma refeição carnuda antes do evento, pois às vezes uma barriga cheia pode causar uma leve irritação. Não fique sem comida. Você não precisa sujar sua barriga com refluxo, ou náusea que ocasionalmente pode ser resultado de comida errada ou falta de comida.
  3. Fique bem. Corte o cabelo, corte, penteie ou o que você precisar para se sentir alegre. O olhar no espelho irá prepará-lo para qualquer coisa calma. Você precisa se impressionar consigo mesmo para que outras pessoas fiquem.
  4. Aprenda, desenvolva e saiba algo sobre seu assunto. Saber mostra em mais do que apenas palavras. Uma conversa de algo pertinente lhe dará reconhecimento de capital de seu principal interesse.
  5. Sustente sua posição. Dê a si mesmo uma ótima conversa consigo mesmo antes do tempo literal de influência.
  6. Tenha algumas boas notas em que confiar, caso o tempo seja mais prolongado do que o planejado. Não desanime antes de terminar de se posicionar.
  7. Não veja um relógio, celular ou qualquer dispositivo que lhe diga para sair. Pessoas seu tempo sem qualquer incômodo de outra data ou compromisso.
  8. Desligue a célula. Se isso tocar, deixe o correio de voz receber.
  9. Inspire e expire profundamente por alguns minutos antes do início real do evento
  10. Entenda que nada é permanente. Nem mesmo a perspectiva dessa atividade na qual você está trabalhando. Pode ser ótimo e pode não ser.
  11. Você ficará bem, independentemente do resultado com esse esforço.
  12. Faça um backup rápido, plano “B”, para que você possa, com um pouco de refrigério, passar para a próxima oportunidade. As coisas estarão frescas em seu cérebro e isso será um grande reforço se a primeira chance não for o grande resultado que você deseja.
  13. Não conte a muitas pessoas o que você está iniciando em sua vida. Conte a notícia depois que acontecer. Mesmo indivíduos bem-intencionados tendem a ligar ou aparecer em um horário incorreto ou dizer algo para causar nervosismo.
  14. Vista-se adequadamente, sem excesso de roupas e evite roupas de baixo, se possível. Conheça o local e o traje desejado e vista o que é costume para tal época.
  15. Diga a si mesmo “outras pessoas foram antes de mim e se saíram bem”. Simplesmente saber que outra pessoa passou com sucesso é uma grande vantagem para você saber.
  16. Sorria. Isso ajudará o fluxo de sucos de conforto a começar para você.
  17. Esteja preparado para o sucesso. Isso tem um efeito calmante já embutido nessa preparação.
  18. Permita-se admitir o mérito de seu sucesso quando alcançado.

Lição #39 – Visualização!

A menos que você seja real, não adianta

Como você está utilizando a visualização? Existem algumas probabilidades que eu posso sonhar. Um, aplicando uma habilidade ou técnica. Dois, a perseguição de um objetivo. Três, rivalidade, como esportes particulares e reuniões de negócios.

Se você é parecido com a maioria das pessoas, você se viu fazendo isso perfeitamente imediatamente. Você é bem-sucedido, ou parece equilibrado, recebe uma promoção, os caras ou garotas gostosas ao seu redor desmaiam e se apaixonam loucamente. Parece intocada, acaricia seu ego e, ocasionalmente, aumenta a motivação. Mas na maioria das vezes – para colocá-lo para fora – é uma perda de tempo.

Por quê? A consideração mais crucial é sempre o realismo. A preparação mental é uma extensão da preparação física. Você consegue imaginar os soldados das Forças Especiais do Exército dos EUA aprimorando suas habilidades de tiro jogando videogame? Não há realismo, e eles não vão tirar nada disso. E o paintball? Um pouco melhor, mas ao mesmo tempo irreal. Não, eles fazem isso o mais próximo possível dos fatos com segurança.

E é o mesmo com o condicionamento mental. Você tem que se colocar na posição como será na vida real. Se for uma habilidade de trabalho, por exemplo, visualize seus arredores, ferramentas e colegas de trabalho exatamente como serão. Se você estiver praticando esportes, imagine a arena ou a quadra como ela será no dia do jogo – até o clima, os espectadores, as roupas que você está vestindo e o equipamento que está usando. Certifique-se de incorporar todos os seus sentidos e certificar-se de que você está na cena – não apenas pensando nisso.

Como todo novato, a realidade me atingiu com força quando comecei a fazer sparring (“praticar” lutar com um oponente). Eu fui esmagado por qualquer um que tivesse mais experiência, mesmo os caras menos experientes. Minha estratégia desmoronou, eu não tinha defesa e muitas vezes ficava paralisado de medo.

Isso começou a mudar quando eu fundi o realismo na minha preparação mental. significava levar adiante minhas fraquezas e erros. Eu não forcei isso a acontecer – veio naturalmente uma vez que fiz tudo o mais realista possível. Mesmo que eu estivesse simplesmente sentado no meu sofá, senti a lona sob meus pés. Senti o cheiro de mofo do ginásio. Senti minha camisa apertada contra mim, pastosa de suor. Eu vi os músculos do meu companheiro de treino ondulando quando seu punho veio acenando para o meu rosto. Eu sabia que estava acertando quando meu corpo começou a endurecer e meu coração começou a bater rapidamente – e quando meu oponente mental me bateu como ele fez no mundo real.

Isso significava que eu falhei? Não, isso implicava que eu consegui. Daquele ponto em diante, eu poderia realmente começar a treinar. Gradualmente, comecei a melhorar minha defesa mentalmente. Meu medo diminuiu. Comecei a imaginar os ataques e contra-ataques corretos. Esses avanços, por virem em um cenário realista, passaram a ser levados para a vida real.

Agora, um complemento decente é pegar os sentimentos afetados. Você já sentiu isso antes no mundo real? Vamos supor que você jogue basquete. No mundo real, você não pode colocar a bola no aro com a frequência que gostaria, mas houve momentos em que você conseguiu. Como você se sentiu então? Majestoso, emocionado?

Tente relembrar esse sentimento. Agarre-o. Expanda-o se puder. Agora, segure esse sentimento enquanto você está ensaiando mentalmente – ele vai diminuir seu tempo de aprendizado. Como disse um atleta olímpico, em vez de estar mentalmente nas Olimpíadas, ele também sentiu – ele ESTAVA nas Olimpíadas!

Lição #40 – Visualização para estabelecer metas!

Vendo o objetivo

Deixe seu corpo o mais à vontade possível. Examine seu corpo mentalmente, descomprimindo cada músculo enquanto você continua. Se seus músculos estão tensos (e eles frequentemente estão, sem que percebamos), então eles estão removendo energia (não do tipo metafísico, simplesmente energia antiga que obtemos dos nutrientes) que poderíamos estar utilizando para o trabalho mental.

Muito foi escrito sobre como visualizar seus objetivos, mas aqui estão as informações que você precisa.

  1. Centre-se no positivo. Se você gostaria de ser rico, concentre-se em ser rico. Se o seu objetivo não é ser pobre, então você está, na realidade, centrando-se na falta, e a falta é o que você obterá. Parece senso comum agora, mas enquanto eu estava tentando emagrecer, tentei me motivar colocando fotos da minha barriga gordurosa pela casa.
  2. Não “deseje”, tenha-o de uma vez. Sinta e visualize-se como já tendo alcançado a meta agora. Por outro lado, se você “deseja” um objetivo, ainda está centrado na falta, e é isso que você também obterá. Se você vê a si mesmo como tendo isso no futuro, então você também nunca vai se agarrar, pois o futuro nunca chega. Considere isso – quando o futuro o fizer, não é mais o futuro, é hoje.
  3. Seja uniforme. Considere isso o máximo que puder ao longo do dia. Considere isso diariamente. Escreva-o em um cartão e leve-o no bolso, e toque nele em seu tempo livre. Se você realmente deseja o objetivo, porém, isso provavelmente virá por natureza. Por outro lado, ajudará enormemente se você estiver cheio de dúvidas.
  4. Seja preciso e específico. Não tenha um objetivo obscuro de ser rico ou bem-sucedido. Defina uma quantia específica de dinheiro ou um objetivo como estar nos campeonatos nacionais de basquete. Além disso, pode ser uma ideia benéfica se concentrar em um ou dois objetivos apenas ao mesmo tempo. Não ajuda a espalhar todas as suas energias.

A única regra que não consegui colocar solidamente para fazer um teste é se você deve sair no COMO. Vamos supor que você queira um milhão de dólares. Você deve se visualizar realizando as ações que trarão seu dinheiro, como diz Think and Grow Rich, ou isso é uma restrição irreal? Há quem diga que você deve deixar espaço para o imprevisto. Você pode ter um plano de 10 anos para ganhar seu milhão, mas e se conseguir um contrato de um ano? Vou deixar a opção para você.

Naturalmente, as outras regras de visualização também valem – torne a imagem o mais verdadeira e elaborada possível. Certifique-se de que você está nele. Mantenha a imagem em sua mente o máximo que puder – a partir daí, você construirá autoconfiança, expectativa e desejo.

Agora, e a credibilidade? Quando a realidade entra em jogo? Voltemos à meta milionária. E se você achar que não é realista? Você derruba suas vistas?

Em primeiro lugar, não tenha medo de definir suas metas altas, se você realmente quiser. Há um velho ditado: “Onde há vontade, há um caminho”. À medida que você carrega seu objetivo em sua mente de forma constante e consistente ao longo do tempo, você começará a construir fortes desejos, expectativas e autoconfiança. A partir daí, os planos começam a dar certo e você lentamente ganhará confiança e vontade própria para segui-los. Dentro da razão, não há objetivo que você não possa realizar, desde que esteja disposto a trabalhar. Naturalmente, há sempre a possibilidade de que não seja algo que você realmente queira. É provável que os pais, parceiros ou a sociedade incorporem objetivos que não desejamos de verdade.

Lição #41 – Resistência à fome!

Carregar adiante

Aqui está um pequeno mistério que encontrei ao escrever este livro. E se você se visualizar como tendo um milhão de dólares e desenvolver alguma resistência dentro de você? Pode ser uma sensação física, como um aperto no peito, ou pode ser uma pequena voz em sua psique dizendo: “Quem você está brincando?”

Não é simplesmente outra emoção que pode ser reconhecida e purgada, assim como o medo, a tristeza e a raiva? Aceite e abrace esse sentimento, e deixe-o escapar de você. Ame-o e veja-o diminuir.

Você está limpando as barricadas internas para o seu sucesso. Com desejo e autoconfiança adequados, como mencionado anteriormente, você está fazendo a mesma coisa, mas por que não acelerar com os dois ao mesmo tempo?

Aqui está um resumo rápido do processo de purga. Evoque a sensação de resistência. Bem-vindo a esse sentimento. Deixe-se sentir ao máximo. Não brinque com isso – ou sua mente começará a dizer mentiras como “Isso nunca vai funcionar”, o que torna mais difícil.

Abrace-o e sinta-o imediatamente – como é? Cadê? Minha resistência parece uma tensão no rosto e no peito, por exemplo. Diga a si mesmo que é exatamente isso que você gostaria de sentir. E simplesmente sente-se lá com ele. Deixe levar o tempo que quiser. Não force ou recuse – apenas deixe-o estar lá. Ele vai desaparecer mais cedo ou mais tarde.

Para aprofundar esse processo, tente uma estratégia chamada fluxo de consciência. Pegue um pedaço de papel e coloque seu objetivo no topo. Em seguida, coloque o que vier à mente embaixo dele. Muito disso será lixo – “Eu apaguei ao lavar a roupa”, por exemplo -, mas também surgirão muitos medos fundamentais. Certa vez, tive o objetivo de me tornar extremamente rico – e esse exercício trouxe à tona várias obstruções ocultas. Terei que ficar de olho em amigos falsos? Serei vítima de estresse extra? Não terei tempo para mim?

Evoque seus sentimentos em torno deles e limpe-os também!

Lição #42 – Assertividade com Autocompaixão!

Plano de ação de dentro para fora

Vamos começar. O nível emocional de assertividade começa com o cultivo da auto-aceitação, compaixão e amor pela meditação. Reconheço que, para muitos indivíduos, esta é a última coisa que gostariam de ouvir.

O exercício mais potente que encontrei para isso é uma meditação de Amor e Compaixão. Na verdade, esta meditação foi inicialmente reservada apenas para alunos avançados em muitos mosteiros. Mudou a vida de muita gente. Além disso, você deve se lembrar de não degenerar em egoísmo.

Isso garante o contrário – assim como a taça de champanhe superior e as empilhadas para uma fonte, depois de um tempo, você naturalmente começará a transbordar e tocar outras pessoas. Pode levar semanas, ou até meses, mas não há outra maneira. Tem que acontecer.

Isso pode parecer senso comum, mas conheço muitos indivíduos que são tão abnegados que correm para o chão por outras pessoas. As mães, por exemplo, muitas vezes arruínam a própria saúde e não têm tempo para si mesmas por causa de seu amor capital pela família. Mas eles ignoram que eles próprios fazem parte da família e merecem cuidado e ternura como os outros.

Se você é uma mãe ou outra doadora altruísta que se sente indignada com isso, lembre-se de que, cuidando de si mesma, poderá amar seus filhos com mais eficiência. A chave é descobrir um equilíbrio.

Aqui está uma técnica chamada aterramento, embora seja apenas senso comum que alguém tenha dado uma estrutura. Existem 2 maneiras de usar isso para construir assertividade. A primeira é evocar mentalmente uma situação difícil, quando você está sozinho em casa, e então exercitar o aterramento. Lentamente, com a experiência, você será capaz de se ancorar enquanto isso acontece.

  1. Pausa.
    2. Conscientize-se do seu corpo.
    3. Quais partes do seu corpo estão tensas?
    4. Quais são seus sentidos físicos?
    5. O que você está sentindo emocionalmente agora?
    6. O que você está considerando agora?
    7. O que exatamente está causando o problema – a conduta da outra pessoa, o ambiente ou qualquer outra coisa?

Se isso ajudar, respire profundamente e afrouxe todas as áreas de estresse. Pode ajudar a desconectar-se e observar suas sensações físicas para eliminar qualquer negatividade.

Agora você se soltou e conseguiu controlar o estado das coisas. É hora de ir mais fundo. É aqui que você começa a desenvolver sua perspectiva de primeira pessoa para a assertividade. Faça a si mesmo estas perguntas:

  1. “Qual parte de mim está sendo desafiada? Opiniões, valores, identidade pessoal ou outros?”
    2. “O que devo privar agora?”
    3. “O que é crucial para mim agora?”
    4. “O que estou fazendo agora que me proíbe de obtê-lo?”
    5. “O que posso fazer para me ajudar a conseguir isso?”

Por último, faça uma escolha e acompanhe-a. Tome uma atitude. Você quer se afirmar ou quer colocar o outro à sua frente? Não posso dizer o que é correto ou incorreto – depende de seus valores e do estado de coisas em que você se encontra.

Acredito que com amor e compaixão suficientes por todas as partes afetadas, a ação que você tomar será a melhor que você puder para – é por isso que a meditação é recomendada também!

Lição #43 – Às vezes você tem que dizer ‘não’!

Como dizer não bem

Ocasionalmente, depois de explorar a assertividade como parte de um plano de ação para o sucesso, às vezes a melhor coisa a fazer é dizer não ou ir embora. Para indivíduos que têm uma primeira perspectiva fraca, no entanto, isso pode ser cansativo. Acredito que isso decorre de uma necessidade profundamente enraizada de aprovação.

Como você diria não sem ferir os sentimentos da outra pessoa? Você ficará surpreso com o quão empáticos as pessoas podem ser, se você for educado, mas firme. As decepções fazem parte da vida, e a maioria das pessoas não vai entender isso da maneira errada. Dizer não não significa que você não os ama.

Se eles não gostam de você porque você está defendendo seus próprios direitos (e não por egoísmo), eles são alguém com quem você deveria estar por perto? Eles podem ser imaturos, usando você, ou talvez eles simplesmente não estejam acostumados com seu poder pessoal repentino. Afinal, eles provavelmente não sabem que você está trabalhando em um plano de ação e podem precisar de algum tempo para se acostumar com o novo você.

Conceba isso. Você está ocupado no trabalho e sua melhor amiga chega e pede uma hora do seu tempo para ajudá-la. Você pode amá-los e ainda dizer…

“Não, simpatizo com sua situação, mas prefiro terminar meu trabalho.”
“Mas você é tão egoísta!”
“Eu entendo como você pode se sentir assim, mas eu realmente prefiro terminar meu trabalho. Eu tenho um prazo a cumprir.
“Você ^@$^$@$! Se você não me ajudar, eu vou ser demitido!”
“Sinto muito, eu realmente estou. Mas se eu não completar isso, vou perder MEU emprego.”

Você pode ver como responder dessa maneira pode ser o mais útil aqui? Ela é sua melhor amiga, mas você também é sua melhor amiga.

Este exemplo pode não ser a maneira como você decide lidar com isso – é assim que eu teria respondido.

Como você lidaria com um desentendimento entre seus dois melhores amigos? Comprometer, talvez, ou priorizar? Ocasionalmente, você precisaria dizer a eles para recuar. Mas isso cabe a você escolher.

Mais uma vez, se a necessidade de aceitação está na raiz de sua falta de assertividade, a meditação o ajudará enormemente. Ninguém pode lhe dar aceitação, mas você, aceitação e assertividade são necessários para um bom plano de ação de sucesso.

Lição #44 – Especifique sua visão!

Você precisa de um projeto

Entre os melhores exemplos do que pode acontecer quando você produz um plano de ação sólido está o do Dr. Martin Luther King Jr. Quando ele anunciou: “Eu tenho um sonho”, o que se seguiu foi uma visão que alterou uma terra . O Dr. King esboçou distintamente sua visão. Essa visão se manifestou porque os indivíduos agiram.

Uma declaração de visão é produzida a partir das crenças, valores e princípios que você tem sobre seu sucesso e o que deseja alcançar. Centra-se no caminho que pretende percorrer e descreve o futuro que deseja ver.

Lembre-se desta forma: enquanto seu plano de ação é o plano para o seu sucesso, a declaração de visão é o plano para a realização desse plano.

Uma declaração de visão precisa ser verdadeira e crível. É uma descrição em palavras que ajuda todas as pessoas conectadas a ela a compreender seu propósito, inclusive você. Deve funcionar como um guia para a ação e estar alinhado com seus valores e com o que você deseja realizar. Em poucas palavras, uma declaração de visão deve desafiar e inspirar um indivíduo a alcançar sua missão.

Uma declaração de missão explica o “o quê” e o “porquê” do seu plano de ação e o que você está tentando fazer. Ele diz aos indivíduos, ou apenas a você, por que você está se movendo em direção a uma meta e o que espera alcançar.

Uma declaração de missão descreve seu desejo para você e qualquer outra pessoa que possa estar envolvida. Tem uma função básica:

Uma declaração de missão típica contém 3 componentes:

  1. O propósito de seu plano de ação ou meta.
    2. O que seu objetivo irá realizar.
    3. Os valores que você mantém.

Um bom plano de ação sempre terá o benefício de uma boa declaração de missão. Pense exatamente no que você está tentando realizar e por quê.

Lição #45 – Revise e Modifique!

Finalizando

Todo mundo tem a capacidade de se tornar abundantemente bem-sucedido. Alguns dos indivíduos mais bem-sucedidos do mundo atribuem seu sucesso à elaboração de planos de ação para o sucesso de uma forma ou de outra.

Planos de ação de sucesso são roteiros potenciais para alcançar esse sucesso. Como em todos os roteiros, às vezes há desvios, reviravoltas ou construção de estradas imprevistas, mas, no final, levam ao destino traçado.

Criar um plano de ação de sucesso não é difícil. Leva um pouco de tempo, pensamento e planejamento. Uma vez que todo o planejamento tenha ocorrido e todas as ferramentas tenham sido aprendidas e usadas, há algumas etapas para finalizar tudo.

Modificar

Modifique o plano de ação de sucesso conforme necessário. A coisa maravilhosa sobre os planos de ação é que eles podem ser alterados e adicionados. Um desvio imprevisto e/ou construção de estradas em seu roteiro ou plano é motivo para modificar o plano de ação de sucesso. Por exemplo, o objetivo de um atleta de correr 8 km no parque dia após dia se desvia ao ouvir a previsão de uma perigosa tempestade de neve. Ao invés de correr no parque, o atleta terá que utilizar um meio de exercício menos adequado, a bicicleta estacionária. O atleta segue na direção certa, mas precisou fazer um desvio temporário para cumprir a meta.

Análise

Revise o plano de ação de sucesso. O melhor plano de ação de sucesso no cosmos é inútil se não for reexaminado. Revise o plano de ação de sucesso com a frequência necessária para atingir a meta desejada.

Lição #46 – Estabelecendo Metas Diárias!

Descarte ou faça isso

A maneira mais eficaz de clicar em uma tarefa é se livrar dela. Se não precisa ser feito, tire-o da sua lista de tarefas.

Um dogma central de muitos sistemas de gerenciamento de tempo e produtividade pessoal é que você precisa gastar mais tempo fazendo as atividades que são mais cruciais para alcançar seus objetivos e menos tempo fazendo as coisas mais insignificantes. Você deve investir a maior parte do seu tempo a cada semana fazendo o que faz de melhor e deixar que outras pessoas façam o que fazem de melhor. Atribuir algumas de suas tarefas a outras pessoas (talvez mais qualificadas) pode liberar seu tempo e energia para acompanhar suas metas de maior prioridade. Por exemplo, você pode optar por contratar um contador em vez de preparar seus impostos você mesmo, liberando assim algumas horas do seu tempo e talvez reduzindo o estresse. Naturalmente, cada um de nós precisa calcular o valor de seu tempo versus o custo econômico de contratar alguém para fazer trabalhos de jardinagem, reparos domésticos e assim por diante.

Definindo metas diárias.

Sem um foco claro, é muito fácil ceder às distrações. Defina metas para todos os dias com antecedência. Decida o que você fará; então faça.

Muitas vezes discutimos nossos objetivos como se não fossem nada além de sonhos. Na verdade, podemos atingir metas diariamente. As metas diárias contribuem para as metas semanais. Metas semanais somam-se às metas mensais. Metas mensais adicionam – você adivinhou – metas anuais. Com alguma previsão e planejamento, nossos objetivos podem ser algo que realizamos dia após dia. Veja como começar.

Chegue a uma lista de objetivos todos os dias. Mesmo que você preveja um dia lento, ainda é uma ideia benéfica definir metas para si mesmo. Quanto mais cedo você adquirir o hábito de estabelecer metas diárias, mais cedo adquirirá o hábito de cumpri-las.

Mantenha suas listas de metas diárias em um só lugar. Você pode usar um caderno espiral, um PDA ou o programa de calendário do seu computador. Manter suas metas em um só lugar permite que você veja as listas de dias e semanas passadas, o que torna simples para você ver o quão sistematicamente você está atingindo suas metas.

Seja honesto sobre seus objetivos diários. Uma meta como “Ganhar $ 2.000 antes das 17h” é indefinida e irreal, mas uma meta como “Rede com 4 clientes” é totalmente alcançável – e pode ajudá-lo a trabalhar para atingir esses $ 2.000.

Imagine suas metas diárias como os “blocos de construção” de suas metas semanais e mensais. Por exemplo, se você preferir enviar material de marketing para 10 clientes em potencial até o final da semana, tenha como meta enviar material para 2 clientes em potencial por dia útil.

Lição #47 – Ciclos de Produtividade!

Timing – Temido primeiro

Para derrubar a procrastinação, aprenda a realizar sua tarefa mais desagradável logo de manhã, em vez de detê-la até o final do dia. Este pequeno triunfo dará o tom para um dia realmente produtivo.

Considere por que você procrastina: você tem medo de ser reprovado na tarefa? Você é um perfeccionista e só está disposto a começar a trabalhar depois que cada pequeno elemento estiver no lugar? Você é facilmente perturbado? Divida um projeto grande e difícil em várias partes menores. Encare cada peça individualmente. Defina prazos para conclusão.

Tente atribuir prazos modestos a si mesmo – por exemplo, comprometa-se a ler um determinado número de páginas na próxima hora. Trabalhe em pequenos blocos de tempo ao invés de longos trechos. Tente trabalhar em jorros de uma a duas horas, deixando-se fazer uma pequena pausa após cada alongamento. Acabe com as distrações ou vá para um lugar onde você possa se concentrar. Desligue a TV, a campainha do telefone, o rádio e qualquer outra coisa que possa impedi-lo de sua tarefa.

Ciclos Apex de Produtividade

Identifique seus ciclos apex de produtividade e programe seus trabalhos mais importantes para esses momentos. Trabalhe em tarefas menores durante seus horários fora de pico.

Qual horário do dia você é mais produtivo? Essa pergunta foi feita em uma enquete. Portanto, embora pareça não haver uma hora fixa do dia que seja a mais produtiva para todos, a pesquisa recente de 181 indivíduos forneceu algumas informações sobre quem faz mais e quando. Aqui, então, estão alguns insights sobre as horas mais produtivas das pessoas.

No total dos resultados, trinta e seis por cento dos avaliados disseram que a manhã entre nove e onze era a hora mais produtiva.

Em 2º lugar ficou o início da manhã, quando trinta e um por cento dos que responderam disseram que sua produtividade estava no auge.

O horário mais baixo para produtividade foi entre doze e duas da tarde, com apenas 6% dos entrevistados afirmando que esse era seu horário mais produtivo. Apenas nove por cento disseram que a noite entre 19h30 e 10h foi a mais produtiva.

Então, o que tudo isso significa para você e como você pode empregá-lo em sua vida diária? Aqui estão as 2 sugestões sobre como encontrar e aproveitar sua hora mais produtiva do dia.

Comece localizando seus tempos de energia. Você é um madrugador que assume sua lista de tarefas matinais com todo o entusiasmo de um urso comendo mel? Talvez você seja uma coruja da noite e passe pelos seus projetos mais urgentes às 23h? De qualquer forma, conhecer e capitalizar seus padrões naturais de energia – seus tempos de energia – o ajudará a ser mais produtivo, utilizando esses tempos para enfrentar os projetos que você considera mais ambiciosos.

Lição nº 48 – Sem comunicação e postagens de milhas!

Sem Tempos de Comunicação

Divida blocos de tempo ininterruptos para trabalho não acompanhado onde você deve se concentrar. Agende trabalhos leves e intermináveis ​​para seus períodos de comunicação aberta e projetos mais ambiciosos para seus períodos sem comunicação.

1º, reduza as interrupções

Você não pode realmente começar a adicionar atividades mais produtivas ao seu horário de trabalho até que você se liberte das interrupções que prejudicam a produtividade. Experimente estas estratégias.

  1. Resolva os problemas antes que eles ocorram. Comece analisando as interrupções. Existem perdas de tempo frequentes que poderiam ser evitadas com um planejamento um pouco mais antecipado?
  2. Grupo como atividades. Se possível, peça às pessoas para reagendar sua comunicação com você durante o mesmo período. Dessa forma, você pode ter várias horas produtivas antes de ser interrompido. Da mesma forma, tente bloquear horários específicos do seu dia para retornar as ligações. A menos que seja uma emergência real – que são poucas, um cliente não terá problemas em receber uma mensagem que diz “Ligo de volta entre 11 e meio-dia esta manhã”. E agrupar todos os meus retornos de chamadas permite que eu me concentre em outras coisas, em vez de largar tudo constantemente para responder a uma chamada.
  3. Interrupções de cronograma. Horas específicas apropriadas durante o dia – em torno do almoço, por exemplo – quando você está disponível para responder a perguntas de colegas, conversar com amigos ou conversar com seus filhos. Aplique isso até mesmo à sua família, a menos que seja uma emergência.

Micro-Mileposts

Ao iniciar uma tarefa, nomeie o alvo que você deve alcançar antes de poder parar de trabalhar. Por exemplo, ao trabalhar em um livro, você pode decidir não se levantar antes de escrever pelo menos mil palavras. Acerte seu alvo, independentemente do quê.

Você é capaz de pensar no estabelecimento de metas como um processo que o ajuda a decidir precisamente o que você quer e, em seguida, fazer sistematicamente o que você precisa fazer para obtê-lo.

É um processo que ajuda você a concentrar seu tempo e energia em seus objetivos mais importantes, produzir estratégias e planos para alcançá-los, agir e fazer os ajustes necessários até alcançá-los.

Lição #49 – Acordar Cedo e Enquadrar o Tempo!

Usando períodos de tempo

Dê a si mesmo um período fixo de tempo, como meia hora, para fazer um estrago em um trabalho. Não se preocupe com o quão longe você chegar. Basta colocar no tempo.

O enquadramento de tempo é uma técnica fácil de gerenciamento de tempo que uso com frequência. Vamos supor que você tenha um prazo fixo para um novo produto que precisa lançar, como um novo e-book. Você deve ter uma nova versão pronta até uma data específica. Portanto, você provavelmente usará o enquadramento de tempo para o seu ciclo de desenvolvimento, o que significa que você fará o melhor trabalho possível dentro do tempo disponível. O material novo que você pode implementar é totalmente determinado pelo prazo. Afastar-se do cronograma claramente não é uma opção, portanto, se você ficar para trás, deverá cortar recursos.

Em termos de gerenciamento de seus próprios empreendimentos, o enquadramento do tempo pode ser uma estratégia útil.

Primeiro, digamos que você gostaria de fazer algo, mas há uma chance de que isso acabe levando muito mais tempo do que vale a pena, pois é o tipo de tarefa em que você pode exibir disposições perfeccionistas. Então você se dá uma determinada quantidade de tempo, que você não vai passar, e você simplesmente faz o melhor trabalho que pode dentro desse tempo.

A segunda maneira é quando tenho uma tarefa ou projeto que quero terminar, mas realmente não sei por onde começar, ou parece que vai demorar um pouco até que eu possa completar uma tarefa significativa. Ou talvez seja algo que eu ache realmente chato e tenha uma inclinação para me distrair. Então eu uso o enquadramento do tempo apenas para me comprometer a trabalhar no trabalho por um determinado período de tempo para fazer um arranhão nele. Eu geralmente utilizo um período na faixa de trinta e cento e vinte minutos. Expulso qualquer preocupação em atingir um determinado marco dentro desse tempo – apenas me comprometo a dedicar o tempo, não importa o quão longe eu chegue.

Um efeito colateral desta última técnica é que muitas vezes acabo trabalhando por muito mais tempo do que originalmente designei. Se eu me comprometer a trabalhar em uma tarefa chata por apenas meia hora, é fácil continuar porque me dei licença para parar depois de apenas meia hora. Mas uma vez que superei essa inércia e agora estou centrado no trabalho, noventa minutos podem passar antes que eu sinta o desejo de desistir.

Acorde Cedo

Levante-se cedo pela manhã, por exemplo, às 5h, e vá diretamente para o trabalho em sua tarefa mais importante. Você costuma fazer mais coisas antes das 8h do que a maioria das pessoas faz em um dia.

As diferentes maneiras pelas quais você pode começar a acordar cedo diariamente.

Método Um –

Redução Gradual Dormir é como um vício e, como qualquer vício, você é capaz de se afastar gradualmente dele. Se você tem um sono pesado, pode querer começar a levantar-se gradualmente cada vez mais cedo, até atingir seu tempo alvo.

Esta técnica tem a vantagem de que você não terá que se relacionar logo de manhã cedo. No entanto, descobri que muitas pessoas não são tão bem-sucedidas com essa técnica, pois é muito lenta e dá muito tempo para você abandonar a pista.

No entanto, descobri que algumas outras pessoas realmente gostam dessa abordagem. A mudança gradual é mais suave e muitas vezes os leva a alguma mudança espontânea, onde eles sentem que estão prontos para começar muito cedo.

Método Dois –

Mudança Rápida Se suas razões são benéficas o suficiente e sua vontade é forte o suficiente, a melhor maneira de acordar cedo é começar amanhã. Acerte o relógio para a hora correta e levante-se independentemente do que acontecer. Sua mente tentará todos os tipos de jogos com você, mas você deve descartá-la e permanecer forte e no comando.

Descobri que esta é a melhor técnica. Depois de duas semanas voltou ao normal. Depois de um mês eu não conseguia dormir depois das 5 da manhã, mesmo quando eu queria. Tornou-se hábito.

Pessoalmente, acredito que esta é a melhor maneira de acordar cedo. Prometa a si mesmo que vai se levantar em um determinado momento e então faça isso. Não mude por nada, não importa o quê.

Lição #50 – Estimulando e Limpando a Desordem!

Acelere-se e limpe-

se Deliberadamente, acelere o ritmo e tente se mover um pouco mais rápido do que o normal. Fale mais rápido. Ande mais rápido. Digite mais rápido. Leia mais rápido. Termine mais cedo.

Melhore a qualidade do seu sono. Quando seu sono é otimizado, você pode realmente dormir menos, mas ter mais energia do que antes, quando dormia mais. Comece reduzindo a quantidade de cafeína que você ingere durante o dia, principalmente à noite. Lembre-se, a cafeína não está presente apenas no café, mas também no refrigerante, chá e chocolate, para citar alguns. Além disso, vá para a cama apenas quando realmente precisar, e não apenas por causa de um horário.

Seja mais ativo. Você já reparou que os momentos em que você está mais cansado são os momentos em que você não tem motivos para estar? Você sabe o que estou discutindo. Você acabou de acordar de uma longa soneca e, desde então, tudo o que você tem feito é deitar no ônibus, mas ainda assim, tudo o que você quer fazer é descansar e dormir.

É um pouco paradoxal, mas quando seu nível de atividade é muito baixo, o mesmo acontece com seu nível de energia. Comece a se mover. Se o exercício é um pouco demais para você, o mínimo que você pode fazer é alongar. Da mesma forma, suba as escadas em vez de pegar o elevador, caminhe esses poucos metros até o mercado em vez de dirigir até ele, brinque com seu cachorro ou seus filhos. Algumas mudanças em sua dieta podem aumentar muito seu nível de energia. Você provavelmente deve começar dobrando a quantidade de água que bebe todos os dias. Além disso, em vez de começar o dia com café e um muffin, que tal um pouco de cereal e suco de laranja?

Organize seus pensamentos. Se você tem muitas coisas em mente e prefere não começar a pensar em todas as coisas que tem que fazer, é hora de anotá-las. Escreva tudo o que vier à sua mente, coisas a fazer, coisas a considerar, coisas que o incomodam. Você provavelmente perceberia em breve, que as coisas não são tão ruins quanto você pensava. Reconheça seu diálogo interno. Você fala consigo mesmo como um pai fala com uma criança? Você é adulto agora. É hora de mudar a maneira como você considera tarefas e responsabilidades. Em vez de pensar “VOCÊ tem que fazer isso”, pense “Eu desejo fazer isso porque…” e dê a si mesmo uma boa razão para isso.

Elimine a Desordem

Reduza o estresse cultivando um espaço de trabalho relaxante e livre de desordem.

A primeira vez que você vê seu espaço de trabalho diariamente, deve se sentir bem com isso. Deve ser atraente para você. Na verdade, deve ser o seu lugar favorito em todo o prédio, casa ou campus. Se você estiver em seu espaço de trabalho agora, por favor, saia por um minuto e depois entre novamente prestando muita atenção às suas sensações. Qual é a primeira reação emocional que você pode detectar? Você se sente tenso? Dominado? Blase? Apático? Focado? Pacífico? Essa é uma emoção que você experimenta com frequência enquanto trabalha?

Agora escolha a emoção que você quer sentir e experimente diferentes elementos visuais para ver como eles mudam seus sentimentos. Experimente móveis novos, fotos, pôsteres, espelhos, flores, quinquilharias, brinquedos, estátuas, tapetes, obras de arte, cristais, etc. produzir o tipo certo de humor.

Lição # 51 – Procrastinação de busto em 60 segundos!

Acabe com a procrastinação

Acabe com a procrastinação agindo instantaneamente após definir uma meta, mesmo que a ação não seja perfeitamente planejada. Você é capaz de sempre corrigir o curso ao longo do caminho.

Entre as coisas mais importantes que você pode fazer por si mesmo é se organizar. Faça listas, faça um curso de organização ou compre um organizador. Faça o que funciona para você. Um aviso: siga o princípio KISS (Keep it Simple, Stupid). Se o seu sistema de organização estiver muito perplexo, isso se tornará apenas mais uma tarefa a ser evitada.

1) Faça uma lista do que precisa ser executado. Isso pode ser listado em nenhuma ordem específica e lhe dará um controle sobre o que você precisa alcançar.

2) Priorize estes. Minha maneira de organizar isso é por prazos. Eu organizo-os em ordem de quando eles são devidos. Você também pode decidir classificá-los de acordo com a importância de realizá-los. Por exemplo, pagar suas contas em dia pode ser mais significativo para você do que limpar seus armários. Faça isso primeiro.

3) Arranje um calendário com espaço para fazer anotações. Faça páginas com datas para planejamento de longo prazo e também mantenha uma lista separada para transferir metas de curto prazo.

4) Pegue o que está no topo da sua lista de prioridades e verifique quanto tempo levará para alcançá-lo. Se for uma tarefa rápida, deixe-a para ser feita no dia atual. Se demorar mais tempo, divida-o em tarefas menores para serem distribuídas por vários dias. Escreva isso em seu calendário com datas específicas para alcançar cada um. Inclua também no seu calendário o prazo para a conclusão desta tarefa.

5) Continue preenchendo seu calendário até que você tenha um tempo reservado para fazer cada item enquanto ainda cumpre seus prazos. Seja deliberado para não reservar em excesso e permitir bastante tempo para atrasos. Isso permitirá que você se sinta confiante de que pode conseguir tudo o que precisa no tempo que tem. Agora você pode relaxar e trabalhar em um item de cada vez sem sentir que precisa fazer tudo de uma vez.

Decisões de 60 segundos

Depois de obter as informações necessárias para tomar uma decisão, comece um cronômetro e dê a si mesmo apenas 60 segundos para tomar a decisão real. Reserve um minuto inteiro para vacilar e adivinhar tudo o que quiser, mas saia do outro lado com uma escolha clara. Uma vez que sua decisão seja alcançada, tome algum tipo de ação para colocá-la em movimento.

Quando vemos as escolhas como sendo mais do que apenas caminhos – como declarações originárias de auto-expressão – decisões particulares tornam-se muito mais fáceis de tomar. Você pode dizer a si mesmo: “Esse caminho não será simples, mas sei que esse é o caminho certo a seguir, porque é quem eu sou”. Ou você pode resolver: “independentemente de como eu tente representar isso para mim mesmo, sei que no fundo não sou quem eu sou. Isso simplesmente não sou eu”.

É muito importante separar essa etapa de avaliação do ato de convocar a coragem para agir com base nesse conhecimento. Não há problema em reconhecer que você está em um lugar que não quer estar, mesmo quando não tem a capacidade de fazer algo a respeito agora. A coragem de agir vem depois.

Lição #52 – Responsabilidade e Visualize!

Responsabilidade

Conte a outras pessoas sobre seus compromissos, pois elas ajudarão a responsabilizá-lo.

Reserve um tempo para considerar se manter a promessa em questão é executável. Ser realista e não ir muito além do que você é capaz irá ajudá-lo a cumprir sua promessa com sucesso. Observe os passos necessários para manter sua promessa. Estes podem ser passos óbvios e necessários, ou passos como lembrar-se de trazer frutas para o trabalho para que você possa suplementar alimentos saudáveis ​​com nicotina quando estiver tentando parar de fumar. Mantenha um registro de seu progresso. É mais provável que você mantenha sua promessa quando a anota. Faça anotações sobre seu progresso. Se partes do plano não estiverem funcionando, faça alterações. Comunique quaisquer problemas que você tenha. Desta forma, você pode obter assistência, se necessário.

Visualizar

Visualize seu objetivo como já alcançado. Coloque-se em um estado de realmente estar lá. Torne-o real em sua mente e logo você o verá em sua realidade.

Descubra um lugar tranquilo e confortável onde você não será distraído por alguns minutos. Feche os olhos e conte regressivamente de sete a um, deixando-se relaxar à medida que avança. Quando você chegar ao número 1, encontre-se andando em um caminho. Pode ser na floresta, através de um campo, ao longo da praia, onde quer que seja o SEU local de relaxamento mágico. Saiba que este decididamente é o SEU caminho. No final do caminho está a matéria que você deseja visualizar. Pode ser uma nova casa, um novo emprego, um novo relacionamento ou algo no reino intangível, como melhores habilidades de escuta.

Quando você vir essa visualização, absorva os detalhes. Realmente aproveite isso, envolva todos os seus sentidos e envolva suas emoções na experiência. Grande chave: sinta e mantenha a alegria do que você está visualizando. E então deixe ir. Envie sua petição para o universo. Considere seu pedido flutuando em um balão, atraindo magneticamente para você as ferramentas necessárias para que a visualização se materialize.

Preste atenção às pistas que surgem em sua vida – pessoas que você conhece, artigos que lê, conversas que ouve – isso o levará mais perto da criação. Procure um “aperto de ferro”. É difícil que as coisas fluam para você se você está segurando seu desejo com tanta força que as avenidas não se tornam evidentes. A maior chave de todas: observe a desconexão entre o que você visualizou e o que você realmente sente depois, logo após ou à medida que o dia avança.

Seu ego negativo pode surgir com comentários maliciosos como: “Ah, isso não é possível para mim ter uma boa casa”. “Quem você pensa que é?” “Você não merece isso.” “Esse não é o seu caminho, é muito bom.” Pegue essas crenças, ouça os sussurros e anote-as. Pergunte a si mesmo o que você teria que fazer para alterar essa crença limitante. Anote a crença obsoleta e queime-a em um local seguro. Anote a nova crença e exiba onde você possa vê-la. Volte para a visualização novamente.

Lição #53 – Recompense-se com um plano de um mês!

Recompensa e Plano

Dê a si mesmo recompensas frequentes por suas realizações. Veja um filme, reserve uma massagem profissional ou passe um dia em um parque de diversões.

É importante recompensar a si mesmo quando você realiza ou alcança seus objetivos. Isso irá inspirá-lo a fazer mais e ir além para alcançar seus principais objetivos na vida.

Quando você tiver completado ou alcançado um de seus objetivos, trate-se, você não precisa gastar muito dinheiro. Basta ser criativo. Você pode se deliciar com um banho de espuma com velas e vinho ou sentar com um bom livro.

Considere todas as pequenas coisas que você poderia fazer para se recompensar por qualquer esforço feito para completar seus objetivos. Faça uma lista do que você gostaria e faça algo por si mesmo. Não precisa custar dinheiro. Participe daquele workshop de artes e ofícios que você sempre quis fazer. Ou comece a meditar; há possibilidades perpétuas para você enriquecer ainda mais sua vida.

Certifique-se de aplicar este sistema de recompensa depois de realizar cada um de seus objetivos.

Plano de um mês

Identifique um novo hábito que você gostaria de desenvolver e comprometa-se a aderir a ele por apenas trinta dias. Um compromisso temporário é muito mais fácil de manter do que um permanente.

Digamos que você queira começar um novo hábito como um programa de exercícios ou abandonar um mau hábito como chupar cigarros. Todos nós sabemos que seguir em frente e manter o novo hábito por algumas semanas é a parte mais difícil. Depois de dominar a inércia, é muito mais fácil continuar.

No entanto, muitas vezes nos desencorajamos pensando mentalmente na mudança como algo permanente – antes mesmo de começarmos. Parece muito avassalador pensar em fazer uma grande mudança e ficar com ela diariamente pelo resto de sua vida quando você ainda está acostumado a fazer o oposto. Quanto mais você considera a mudança como algo permanente, mais você fica parado.

Mas e se você pensasse em fazer a mudança apenas temporariamente – digamos, por trinta dias – e depois estivesse livre para voltar aos seus velhos hábitos? Isso já não parece tão difícil. Exercite-se diariamente por apenas trinta dias, depois pare. Mantenha uma escrivaninha bem organizada por trinta dias, e depois desista. Leia uma hora por dia durante trinta dias e depois volte a assistir televisão.

Ainda exige um pouco de disciplina e compromisso, mas não tanto quanto fazer uma mudança duradoura. Qualquer privação percebida é apenas temporária. Você é capaz de contar os dias para a liberdade. E por pelo menos trinta dias, você ganhará alguma vantagem.

Agora, se você realmente completar um teste de 30 dias, o que vai acontecer? 1º, você irá longe o suficiente para instituí-lo como um hábito, e será mais fácil sustentá-lo do que era iniciá-lo. Em segundo lugar, você quebrará o vício de seu antigo hábito durante esse período. Terceiro, você terá trinta dias de sucesso atrás de você, o que lhe dará mais confiança de que você pode continuar. E quarto, você ganhará trinta dias de resultados, o que lhe dará um feedback prático sobre o que você pode esperar se continuar, colocando-o em um lugar melhor para tomar decisões informadas a longo prazo.

Lição nº 54 – Atribuir e expandir!

Convença alguém a fazer isso por você!

Ser capaz de delegar de forma eficaz é essencial para o sucesso do seu negócio ou para o funcionamento da sua casa. Quando você percebe que não pode fazer tudo de forma exclusiva, é hora de começar a delegar. Espere até ver o quanto mais pode ser feito com a ajuda de outras pessoas.

Faça uma lista de todos os trabalhos que precisam ser realizados. Uma lista irá ajudá-lo a ver o quanto precisa ser feito. Agrupe os trabalhos pela data de conclusão exigida. Comece com os trabalhos que precisam ser feitos primeiro e termine com os trabalhos que não precisam ser feitos imediatamente. Avalie as habilidades das pessoas que estão ajudando no projeto.

Compreender os conjuntos de habilidades de todos é crucial para delegar de forma eficaz. Atribua tarefas com base em habilidades e interesses. Dar empregos aos indivíduos que eles gostam produz melhores resultados. Seja claro sobre o que você quer que seja feito. Transmita verbalmente e por escrito as tarefas a serem concluídas. Dê detalhes se for essencial. Quando aplicável, permita ao indivíduo alguma liberdade na forma como termina as tarefas. Elogie um trabalho bem feito. Este incentivo é crucial para a motivação em projetos futuros.

Além disso, ofereça críticas quando necessário, mas em particular.

Expanda seus interesses

Inscreva-se em artes marciais, comece um blog ou junte-se a um grupo de improvisação. Você frequentemente encontrará ideias em um campo que podem impulsionar sua execução em outro.

Existem algumas maneiras básicas de se motivar a tentar aprender coisas novas para expandir um:

No caso de aprender e expandir seus hobbies e interesses, você pode querer verificar o que deseja desse hobby ou dessa educação. Você quer ser um médico; você quer ajudar as pessoas? Que tal se tornar um atleta profissional ou um atleta olímpico? E não há vergonha em querer ganhar milhões de dólares se esse for o seu objetivo. Depois de saber qual resultado final você deseja, é mais fácil definir metas e se motivar para realizá-las.

Existem muitas fontes para encontrar e determinar como expandir seus interesses e quais etapas você precisa fazer para chegar lá. Encontrar os professores, escolas e mentores certos é muito importante.

Naturalmente, a TV e a Internet também podem ser boas fontes de aprendizado e expansão de interesses. A Net oferece uma extensão de conhecimento e oportunidade de crescimento e aprendizado. E, embora grande parte da TV não tenha cérebro, há definitivamente programas educativos e instigantes. Ambos são uma questão de apenas buscar as coisas que você está interessado em aprender.

Lição nº 55 – Adivinhe e otimize!

Vá com seu palpite do intestino. É provável que esteja certo.

A mente faz perguntas. Se você está nervoso com um estado de coisas e se ouve fazendo perguntas que começam com; E se? Como? Mas? E porque? Então você sabe que sua mente está assumindo o controle. Respire fundo e pergunte a si mesmo: “O que eu temo que aconteça?” Então esteja disposto a que o inesperado aconteça.

Frequentemente, se você estiver disposto a enfrentar o que quer que aconteça, o resultado não será tão severo quanto sua mente criou para ser. Na verdade, você pode ficar satisfeito com o resultado. Não há ansiedade com o Gut. Nenhum componente emocional. As respostas são sempre pragmáticas.

Não é necessário encontrar um quarto calmo, meditar, cantar, ficar de cabeça para baixo, fazer uma caminhada no fogo ou converter-se a um vegetariano para entrar na voz do seu intestino. Uma vez que você esteja aberto à mensagem do Gut, obter orientação torna-se fácil. Requer apenas disposição para deixar de lado o medo e a dúvida da mente e confiar nessa voz interior.

Ocasionalmente esta mensagem está gritando dentro de você, mas você está nublado. Você tapa os ouvidos e fecha os olhos, não quer largar hábitos anteriores. Mesmo que eles não tenham funcionado, eles são confortáveis. Confiar no seu intestino o levará ao lugar que você deveria estar.

Otimizar

Descubra os processos que você utiliza com mais frequência e anote-os passo a passo. Reelabore-os em papel para maior eficiência. Em seguida, aplique e teste seus processos aprimorados. Ocasionalmente, não conseguimos ver o que está bem à nossa frente até examiná-lo ao microscópio.

Seja qual for o seu objetivo (perder peso, correr 5 km, ganhar força muscular), crie uma imagem mental de si mesmo já tendo conseguido. Como você se parecerá, sentirá e se moverá quando atingir esse objetivo? Viver como se você já estivesse lá torna a realização de sua visão algo em que você se concentra diariamente.

Compreender quem você é como indivíduo e por que você faz as escolhas que faz é crucial. Não trabalhe contra suas tendências naturais – trabalhe com elas! Se você é um caminhante, não tente se forçar a se tornar um corredor de longa distância. Se você é uma borboleta social, faça uma nova aula de fitness com um amigo, ou se você prefere exercícios solo, examine um novo DVD de Pilates em casa.

Pequenas coisas podem fazer grandes mudanças na vida. Tente substituir metade do seu JO de manhã habitual por água gaseificada ou experimente o seu sanduíche habitual com uma fatia de pão a menos e mais alface alternativamente hoje. Troque seu programa de televisão favorito por meia hora por um livro que você estava esperando para ler. Ofereça-se para levar os filhos da sua amiga à tarde para que ela tenha algumas horas de “eu” e então ela pode retribuir o favor. Com o tempo, esses pequenos passos podem produzir grandes resultados.

Quando você sabe que tem sido bom para si mesmo, trate-se! Encontre uma recompensa que o inspire – um novo par de tênis ou roupa de treino, um novo CD de música para sua caminhada ou mime seus pés com uma pedicure por todos os seus esforços. Você pode se surpreender – essa estrela de ouro, tapinha nas costas, ajuda muito a manter a motivação.

Todos nós precisamos de um impulso de vez em quando e, ocasionalmente, a melhor maneira de obtê-lo é fazendo MENOS, não MAIS. Resista à tentação de ultrapassar seus limites e tente ir para o outro lado. Examine uma aula de ioga, mime-se com uma massagem ou simplesmente sente-se quieto e concentre-se em sua respiração por 10 minutos hoje.