No ano passado, vimos a importância do conteúdo visual enfatizado pelas mudanças que ocorreram em quase todas as redes sociais, incluindo Facebook, Twitter, Instagram e Pinterest. Ao mesmo tempo, vídeo e infográficos se tornaram ferramentas poderosas para marcas que desejam se comunicar mais facilmente com os seus leitores.

Para ajudá-lo a manter o ritmo com estas tendências, vamos dar uma olhada em algumas estatísticas que demonstram o impacto de conteúdo visual.

Uma pequena analise!

O SEO que vimos em 2015 é completamente diferente do que foi no início do SEO em 2011, e neste próximo ano teremos mais mudanças o Google promete melhorar as práticas do SEO e como nós executamos campanhas de SEO temos que estar atentos as novidades.

No ano passado eu escrevi sobre  MOBILE SEU SITE RESPONSIVO NO CELULAR, porque o Google informou que iria priorizar os sites responsivos o mesmo teriam mais relevância em 2015 (Veja o Documentação no Google), eu fiz uma comparação do que mudou nos últimos meses e o que podemos esperar para este ano.

A seguir estão as minhas previsões de SEO para 2016. Por favor, não se esqueça de adicionar as suas nos comentários abaixo!

1.Esqueça palavra chave e pense em termos chave isso é o novo SEO

Em um passado não muito distante, os termos de marketing de conteúdo e SEO eram frequentemente usados ​​alternadamente. Isto quer dizer alguns profissionais se preocupavam somente em escrever uma texto perfeito “Repetição de palavra nunca já mais!” e outro se preocupava mais com as técnicas “O importe é o robots que permite a indexação.” dada a enorme diferença entre os dois chequei achar que não existiria a possibilidade dos dois trabalharem juntos. No entanto ao longo de 2015 o SEO foi cada vez mais visto como um componente técnico do marketing digital, enquanto que o marketing de conteúdo foi o principal motor do rankings nas pesquisas Google.

previsoes-seo
  • Facebook
  • Google+

SEO

Acredito que isso ocorreu por causa do terceiro elemento UX (User Experience), as agencia de Marketing digital desenvolverão uma mistura de especialidades muito distintas, tais como SEO, Marketing de Conteúdo e UX (User Experience), que embora tenham pontos de contatos fundamentais, na maioria das vezes são tratados por diferentes pessoas.

SEO continuará a ser um subconjunto inestimável de marketing de conteúdo, lidando com a pesquisa de palavras-chave, meta tags, problemas de indexação e recuperação de grande penalidade, enquanto o marketing de conteúdo se tornará o principal influenciador de busca visibilidade. E o UX (User Experience) em analise contribui indicando o caminho através da analise da experiência com usuário com um determinado artigo ou matéria.

Aqui esta o ponto central o Google está atento a experiência do usuário e como ele se comporta ao ler o conteúdo para deixar claro não adianta simplesmente programar todas as técnicas de SEO e o usuário não interagir com o conteúdo ou ao contrario, escrever sem nenhuma técnica de SEO, por este motivo o UX vem ganhando destaque, com ele você consegue achar os pontos fortes e fracos do seu conteúdo e melhora-lo. O resultado é um conteúdo mais homogêneo que atenda todos os requesitos, as expectativa do leitor pela qualidade do conteúdo e a indexação do conteúdo pelos Robots.

Mas empresas que continuam a se concentrar em somente uma das ações sem ter um planejamento forte de conteúdo corre o risco de falhar e ver seus concorrentes ficarem a frente no mercado. A boa noticia é que ainda tem tempo para mudar seu foco para a criação e distribuição de conteúdo de alta qualidade, a fim de conseguir visibilidade significativa nos buscadores.

2. Os Sites terão que ser otimizados para a intenção do usuário e lembrando que a muito mais usuários móveis. O SEO que não for móvel irá falhar.

Até 2014, isso era uma coisa que não se pensava, poucos profissionais que se preocupavam em fazer SEO para Móbile, em 2015 o Google  tornou isso obrigatório para os profissionais da área, ficando cada vez mais óbvio que o Google está colocando uma grande importância na usabilidade móvel.  É claro que o Google está testando várias estratégias para indicar quais sites são otimizados para dispositivos móveis.

De acordo com um post no blog Bryson Meunier lá no ano de ​​2012, um representante do Google afirmou que ” Estamos experimentando maneiras de otimizar a experiência de busca por comunicações móveis, incluindo ajudar os usuários a identificar sites otimizados para smartphones,” bem como a adição de uma seção de usabilidade móvel em contas do Google para webmasters para que os usuários possam ver como seu site é executavel em dispositivos móveis. Sabemos também que á mais de um ano, o Google tem desqualificado sites que geram erros para usuários móveis por meio de penalizar o site ao mesmo tempo que ranqueia os que estão em conformidade. Para saber se seu site esta dentro da conformidade acesse o site e faça uma teste no site (Teste de compatibilidade com dispositivos móveis)

Espero ter ajudado, na verdade não é uma previsão e sim uma constatação, aqui na agencia Fullweb eu me preocupo muito com isso que relatei acima. Cada projeto aqui tem que atender estes três requisitos: 1º O conteúdo resolve algum problema, 2º foi feito todos ajuste de SEO e em 3º para finalizar envio para alguns amigos e cliente antes para analisar o UX, isso não garante sucesso completo mas minimiza os erro.

WordPress and WHMCS integration by i-Plugins

Deseja Aumentar as Visitas

Dicas Garantidas Para Aumentar as Visitas do Seu Blog ou Site

You have Successfully Subscribed!

Share This