(11) 4312-0122 Consultores de Seo e Adwords

Como os Tradicionais chefes podem encarar os seus jovens funcionários no jogo Marketing Digital

Explorando a desconexão digital entre os executivos tradicionais e empreendedores modernos

Qual é Diferenças entre o jovem executivo de ontem e hoje? Que jogo de marketing digital é esse?Não esta existe diferença. Mas o tempo é diferente e quem não se adequá fica para trás – Abílio Diniz. 

Vamos entender o jogo do marketing digital.

 

Há uma desconexão digital nas fileiras executivas; um vácuo de liderança criado por um descompasso entre conhecimento e autoridade.

Como tantas outras revoluções, o marketing digital tem tomado conta de baixo para cima. As crianças conseguem mexer com tecnologia mais que muitos adultos.

Os jovens executivos são nativos digitais mergulhados na prática desta cultura, jovens com vinte e trinta e poucos anos nasceram na era da web social. Com perspectivas  e maneiras de ver a vida diferente eles tendem a propor soluções diferentes para o mesmo problema. Os executivos tradicionais tende a ficar irritados com este indivíduo com pouca experiência de vida que ousa fazer tudo diferente, os dois vivem no mesmo universo, mas o hoje e o amanhã funcionam em, tempos diferentes.

Mas ok, não vamos consertar tudo, mas como melhorar este relacionamento?

Talvez o marketing digital não irá ter todas as respostas para a sua empresa, ou atender a você que é  jovem e pretende ocupar o cargo executivo, mas eu estou apostando que ele vai acelerar seus resultados. Ao contrário do movimento de código aberto, que foi inicialmente sobre o custo e trabalho corporativo, marketing digital é claramente impulsionado pela receita, levar o produto certo para pessoa certa.

Experiências digitais e engajamento dos consumidores aproximam o cliente das marcas, algo mais pessoal e de forma mais eficiente, tende a gerar mais conversões e transações, tanto on-line quanto off-line.

O ideal é unir a experiência de quem vivenciou toda esta transformação e a jovialidade de quem esta chegando com todo o gás.

Às vezes vamos encontrar jovens de 70 anos aberto a novas idéias, falando de todas as novidades que o Novo Marketing propõe e ao mesmo tempo velhos de 24 anos que enxergam a vida com olhar do século passado.

No passado quase nada era mensurado as informações chegavam propagadas pela mídia (jornal, revista, radio e Televisão) e o consumidor era um ser totalmente receptivo as informações, com poucas escolhas o resultado era o aumento das vendas e cada vez mais e desta forma não tem espaço para os pequenos, exemplo disso é que esponja de aço era chamada de Bombril, iogurte de Danone e lamina de barbear de Gillette, hoje vemos a interatividade que a internet nos dá e a possibilidade de indicar e receber indicação de produtos ao mesmo tempo em que reprovamos uma marca ou produto reclamando no Reclame Aqui por exemplo, com muitas opções o consumidor quer cada vez mais informações, não é por acaso que vimos blogueiras ganhando altos salários ao mesmo tempo que criam tendência, levantam e derrubam empresas, tudo isso porque com as técnicas do Marketing Digital tudo é mensurável.

Loops de feedback , segmentação, micro-targeting, e otimizações pode acontecer constante ou até mesmo em tempo real, são maneira de trabalhar o novo tempo.

A relação entre o investimento e o impacto torna-se correlacionados, somos responsáveis até o ultimo centavo investido e nossas ações dependem de uma variação no formato de campanha que pode sofrer varias alterações duração sua execução.

Tudo isso nos da uma transparência e o poder para transformar o negócio do cliente, ao mesmo tempo é potencialmente perigoso porque o cliente está atento as mudanças e cobram cada vez mais de sua marca favorita.

A diferença Digital

A diferença Digital

O que essas “agências de Marketing digital” fazem de diferente? Eles experimentam de forma agressiva. Eles contratam nativos digitais inteligentes e capacita-os.

Parecem então outros formatos de agências exemplo: Agencia de Conteúdo, agencia de performance, entre outras. Eles têm a humildade de admitir que eles não sabem tudo, a coragem de jogar fora o velho playbook, e a confiança para permitir métricas digitais para aumentar os resultados.

Gartner

prevê que até 2017, o orçamento em Marketing digital  irá exceder o CIO da. Por quê? Porque na maioria das vezes, é o Marketing digital , que é esperado para impulsionar essa transformação digital, que é profundamente dependente da tecnologia.

Então o que um chefe tradicional precisa fazer para entrar no jogo digital?

Aqui estão alguns lembretes rápidos e dicas de cortesia de Mike Brown no Bowery Capital:

    1. Obter idéias de toda a sua Organização – Obtenha idéias de todos na empresa para ajudar com seus esforços de marketing. Isso pode lhe render grandes oportunidades e solução nos seus diversos departamentos, ouvir a equipe de venda pode ser uma boa saída, conversar com a recepcionista ou a telefonista pode ser um início para identificar os medos e desejos do publico alvo. O departamento de marketing  geralmente conhece melhor o cliente, operações e serviços ao cliente falam com eles diariamente e pode te ajudar a gerar novas idéias. Estes escritórios oferecem mais “facilidade”, e as melhores vantagens.
    2. Inbound Marketing leva tempo, e raramente tem resultados rápidos. Os benefícios, no entanto, acumulam ao longo do tempo e não vão embora depois de você gastar seu dinheiro como fazem em uma campanha de mídia tradicional.
    3. Empregar uma estratégia “Shotgun” – não gastar muito tempo em “O que é que vamos criar”, mas apenas atingir o chão correndo e desenvolver um inventário rápido de posts de blogs, webinars, downloads digitais, etc. Eles vão testar e interagir rapidamente e descobrir o que funciona e o que não funciona dentro dos primeiro dois meses. Só então você pode restringir o que aproveitar nestes primeiros meses e trabalhar a partir de um ponto de vista de criação de conteúdo.

Como Laura McGarrity, VP de Estratégia de Marketing Digital em Mondo ” A nova era digital requer departamentos de marketing mais interativos com uma visão de futuro, atentos as curvas de crescimento da empresa e estar pronto para a demanda.”

A visão de Mondo, partilhada por muitos outros, é que os dados grandes continuará a influenciar a forma como os profissionais de marketing atingem os clientes, bem como a capacidade de analisar e interpretar esses dados, como vão ser otimizado e a partir dai como se dará o envolvimento do cliente em todos os canais.

Há uma abundância de informações disponíveis e ser capaz de analisar em tempo real, compreendendo as tendências atuais e mudanças no mercado é crucial para a vida do novo chefe.

É o Novo Chefe esta pronta para intensificar este desafio? Ou eles estão esperando os especialistas em marketing digital para ajudá-los a navegar por caminhos mais lucrativos.

Qual é o seu caso?